2

Estou usando off() em um elemento para desabilitar a sua funcionalidade e preciso habilitá-lo novamente com on(). Mas não está funcionando quando on() é executado...

Aqui está o código, estou tentando prevenir que um formulário seja enviado 2 vezes quando é clicado num botão:

$("#meuBotao").click(function (e) {
    $(this).off("click");
    $.ajax({
    url: "/page",
    type: "POST",
    complete: function() {
                    $(this).on("click");
    },
                ...

O que eu estou fazendo de errado? Eu tentei com on() e off(), e com bind() e unbind() também (que estão deprecated para as versões antigas agora, mas deveria funciona ainda assim).

3

Pelo que eu entendi você quer desabilitar o botão enquanto o AJAX está rodando para o usuário não conseguir disparar várias requisições, correto? Neste caso poderia ser feito assim:

 $("#meuBotao").on('click',function(){
    var el = $(this);
    el.prop('disabled',true); //desabilita o botão
    $.ajax({
    url: "/page",
    type: "POST",
    complete: function(){
        el.prop('disabled',false); //habilita botão novamente
    },
    //...

Note que eu criei uma nova variavel el para manusear o elemento $(this), de forma que ele funcione corretamente mesmo dentro de outros escopos (como no caso da funcão disparada no complete do AJAX).

Eu também troquei .click() por .on('click') pelo fato de este segundo ser mais recomendado por vários motivos.

  • 1
    Neste caso não faz nenhuma diferença usar click ou on. – bfavaretto 26/05/14 às 4:48
  • @bfavaretto Na verdade, dando uma de chato, tem sim, é comprovado que e método .on() é mais performático, portanto, mesmo sem aproveitar completamente as funcionalidades desse método, ainda é vantajoso usá-lo. – Kazzkiq 26/05/14 às 13:31
  • 1
    O próprio teste que você linkou mostra que isso não é verdade. Só existe diferença de performance entre usar delegação ou não. – bfavaretto 26/05/14 às 13:35
  • Acho que usar .on ou .click neste caso é irrelevante e não creio ser mais recomendado aqui. O .on como linkou é usado para delegar eventos, que não se aplica aqui. – Sergio 26/05/14 às 22:01
  • @Sergio o .on não se limita somente ao uso com delegação de eventos, na verdade o uso dele no lugar de antigos delegadores é até incentivado no próprio blog do jQuery. – Kazzkiq 26/05/14 às 22:21
2

O principal problema aqui é que o this dentro da função ajax não é o mesmo que o this fora da função. O escopo é diferente... Isso tem solução fácil, que é criar uma variável intermédia que aponta para o mesmo objeto:

$("#meuBotao").click(function (e) {
    $(this).off("click");
    var self = this; // assim guardamos o apontador no "self"
    $.ajax({
        url: "/page",
        type: "POST",
        complete: function() {
            $(self).on("click"); // aqui usa o "self". Já agora, aqui falta a função a correr quando o click fôr gerado
        },
            ...

À parte desse detalhe existem outras maneiras mais usadas para impedir cliques, em vez de remover e adicionar eventos. Uma delas é criar uma flag/bandeira como propriedade no elemento ou uma variável que guarda a informação de se o elemento pode ser clicado ou não.

Um exemplo disto seria:

$("#meuBotao").click(function (e) {
    if (!$(this).data('clicavel')) return false;
    $(this).data('clicavel', false);
    var self = this; // assim guardamos o apontador no "self"
    $.ajax({
    url: "/page",
    type: "POST",
    complete: function() {
          $(self).data('clicavel', true);
    },
                ...

Pode inclusive fazer o mesmo adicionando CSS pointer-events: none; numa classe, ou diretamente no elemento. Pode ver mais ideias nesta resposta: https://pt.stackoverflow.com/a/2353/129

Nota: no seu código $(this).on("click"); falta o segundo parâmetro da função que indica que código correr quando o click for recebido...

  • 1
    Muito obrigado! – user1695700 25/05/14 às 21:25

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.