1

Bem, estou trabalhando em um projeto na faculdade e tive alguns problemas sobre o uso do git na hora de sincronizar um repositório. Mais precisamente, eu recebi as seguintes instruções de uso:

  • A branch Master é a principal e jamais deverá receber um push/pull request de teste/desnecessário/irresponsável.
  • Antes de mais nada, atualize o repositório. Lembrando que o seu fork não está automaticamente sincronizado com o projeto.
  • Sempre atualize o seu repositório antes de começar a codar e sempre mantenha o seu código o mais atualizado possível para evitar conflitos.

Eu segui alguns tutoriais na internet de sincronização como por exemplo o que o próprio github disponibiliza (para os interessados: https://help.github.com/articles/syncing-a-fork/#platform-linux), mas quase todos estão em inglês, o que dificulta até certo ponto o meu entendimento (até com as traduções acaba ficando um pouco difícil de entender ) e poucos explicam realmente como eu faço para sincronizar o MEU repositório que foi "forkado" com o repositório PRINCIPAL do projeto. Alguém pode me ajudar ou me dar algum caminho para seguir? Vale ressaltar que eu uso o Linux. Desde já, agradeço. :)

  • Para manter o seu projeto atualizado, basta clonar o repositório do git na sua maquina, ele traz o status atual do projeto atualizado.... Toda vez que você ligar a sua maquina, e for começar alterar o projeto, sincronize, isso puxa todas as atualizações, branchs criadas e commits realizados por outras pessoas no repositório. Caso algum dia por alguma razão veja que existem muitos arquivos diferentes no seu ambiente de trabalho, arquivos com alterações que nao foram suas, basta remover da sua maquina a pasta, e clonar o repositório do git novamente. – MarceloBoni 26/11/16 às 1:24
  • Só mais uma dica: Os comandos do git são os mesmos tanto pra linux, quanto pra 'windows', eu uso a versão gráfica do windows e nunca tive nenhum problema, pessoas que vem do universo Linux veem mais facilidade em trabalhar com a versão Git shell, que esta disponível em ambos os ambientes também. – MarceloBoni 26/11/16 às 1:29
  • Então, nós estamos trabalhando com repositórios diferentes, e eu tenho sempre que sincronizar o MEU repositório com o repositório PRINCIPAL de onde eu "forkei". Ao meu ver, ficar deletando e clonando o repositório acaba sendo visto como "gambiarra", já que existem processos que foram criados justamente para facilitar a solução desse problema. Eu quero justamente saber quais comandos ou procedimentos eu devo tomar para "otimizar" a minha produção. – Oak 26/11/16 às 1:33
  • fork no meu entendimento trabalhando com a ferramenta, são justamente os branchs que se diferem do branch Master, apos você fazer todos os commits, e der um push ou publish, voce deve dar um merge no branch para que sua branch seja incluida no branch master, caso o dono do repositório, ou você mesmo venha a desconsiderar o branch, basta remover o mesmo que nao afeta em nada o estado do branch master – MarceloBoni 26/11/16 às 1:34
  • A intenção não é essa, de ficar deletando e clonando hausahsuh o ideal é só dar um sync que o projeto na sua maquina estará atualizado, contanto que esteja com uma conexão da internet, ele já baixa os arquivos que não tiverem na sua maquina, essa artimanha de remover da maquina e clonar novamente, é so caso veja que tem alguma coisa errada (Tipo 3 pessoas trabalhando no mesmo projeto, ter um ambiente de homologação, um de produção, e o github pra controle de versionamento, as vezes se a equipe não se comunica, pode ocorrer) – MarceloBoni 26/11/16 às 1:40
4

Eu estou supondo que vc já instalou o GIT na sua máquina local e já tem uma ideia de como ele funciona. Se vc já fez o fork, agora deve clonar o projeto pra sua máquina. Tem um botão verde no canto superior direito do projeto que vc clica e ele copia o link: inserir a descrição da imagem aqui

Em seguida, entre no diretório onde o projeto vai ficar, digite o comando: git clone seguido do link copiado do projeto: inserir a descrição da imagem aqui

A seguir, entre no diretório criado (no caso Spoon-Knife) e as operações são basicamente essas:

Para atualizar o seu repositório local:

  1. git fetch: recupera as alterações feitas no servidor remoto;

  2. git pull: baixa todas as alterações remotas para o seu repositório local;

Para enviar suas alterações locais para o repositório remoto:

  1. git add -A

  2. git commit -a -m "Descrição" -m "Detalhamento do commit"

Todas essas informações estão aqui. Tutorial bacana aqui.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.