2

Quando estava aprendendo Java, eu tinha uma Class que tinha uma propriedade do tipo Enum, e, em um certo momento, eu queria saber se o que estava vindo em um Método era igual a uma constante da Enum, algo assim:

public void teste( TipoAlteracaoValor valor ) {
        if( valor.equals(TipoAlteracaoValor.ALTERACAO_VALOR) ) {
            System.out.println( "é Alteração ");
        }
        //Deveria ser assim:
        if( TipoAlteracaoValor.ALTERACAO_VALOR.equals(valor)) {
            System.out.println("é Alteração" );
        }
    }

Mas me disseram que isso é errado de se fazer, o certo é comparar a Constante do Enum com o valor que estiver vindo pelo parâmetro. Porém não me lembro... qual é a razão técnica de ser usar essa comparação?

2

O problema com valor.equals(TipoAlteracaoValor.ALTERACAO_VALOR) é que se o parâmetro valor for nulo, então você receberá uma exceção NullPointerException por tentar acessar o método equals num objeto nulo.

A outra forma resolve o problema porque a "constante" TipoAlteracaoValor.ALTERACAO_VALOR nunca será nula e, caso o parâmetro valor seja também não há problemas, simplesmente o if não vai ser executado.

Porém, posso dizer que a melhor forma de comparar Enums em Java não é nenhuma das duas apresentadas.

Você pode simplesmente usar o operador ==, como com tipos primitivos.

O == quando aplicado a objetos verifica se os mesmos são a mesma instância. E isso é justamente a vantagem do Enum. Cada "constante" do Enum é na verdade uma instância única do mesmo.

Considere o código:

public void teste( TipoAlteracaoValor valor ) {
    if( valor == TipoAlteracaoValor.ALTERACAO_VALOR ) {
        System.out.println( "é Alteração ");
    }
}

Além de mais legível ele não incorre no problema com null.


Fontes sobre o assunto (em Inglês):

3

Ao comparar como abaixo, você poderá tomar um NullPointerException. Imagine o que aconteceria se a variável valor estivesse nula:

    if( valor.equals(TipoAlteracaoValor.ALTERACAO_VALOR) ) {
        System.out.println( "é Alteração ");
    }

Ao comparar o enum com o objeto que chegou, você evita tomar erro caso o atributo esteja NULL:

    if( TipoAlteracaoValor.ALTERACAO_VALOR.equals(valor)) {
        System.out.println("é Alteração" );
    }

Tanto faz se valor está null ou não, você não terá exceção.

Só isso mesmo. [=

  • Nada que uma checagem adicional valor != null não resolva (com a desvantagem de você ter que fazer essa checagem adicional :) – Piovezan 22/05/14 às 22:49
  • Uhum. Eu ainda assim prefiro o sem a checagem, é um if a menos. :3 – uaiHebert 22/05/14 às 23:19

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.