0

Eu tenho esse erro:

ps_files_cleanup_dir: opendir(/var/lib/php5) failed: Permission denied.

A correção normal é a definir

session.gc_probability = 0

Mas em CentOS, o correto é que o session.gc_probability seja 1. Se alguém tiver conhecimento sobre, o que pode acontecer se eu alterar para 0 em um servidor CentOS?

Mas a pergunta principal é como descobrir se há realmente um CRON realizando o trabalho (o que não deveria acontecer) e caso alguém saiba, como desativar esse CRON.

0

Algumas distribuições *nix, principalmente as baseadas em Debian, a diretiva session.gc_maxlifetime é ignorada quando setada em tempo de execução.

Isso acontece porque tais distribuições linux desabilitam o coletor de lixo do PHP setando session.gc_probability=0.

Para realizar a coleta de lixo, o próprio Sistema Operacional cria um CRONJOB, normalmente rodando a cada 30 minutos. Esse CRONJOB faz a tarefa de coleta do lixo. Para identificar o local e quais sessões devem ser limpas, o script do CRONJOB faz uma leitura do "php.ini". Especificamente, buscam pela diretiva session.gc_maxlifetime. Os mais antigos buscam por session.gc_probability.

Pela internet, encontrará muitas postagens indicando session.gc_probability=0 como solução para evitar o erro descrito na pergunta. Porém, isso não funciona em sistemas mais recentes. Antigamente o script buscava por essa diretiva porém, os atuais ignoram e buscam por session.gc_maxlifetime. Por isso também é comum ver muitos usuários que dizem que não funciona desativar com session.gc_probability=0.

Para uma solução mais eficiente, ajuste o session.save_path para um outro local e desative o CRONJOB criado automaticamente pelo SO.

Nesse caso, se o folder escolhido não tiver uma limpeza regular, o lixo acumulará. Você deve criar o seu próprio script e rodá-lo em CRONJOB ou habilitar o próprio coletor do PHP session.gc_probability=1.

Para listar os agendamentos do usuário com o qual está logado: crontab -l. Entre como root e execute esse comando para ver os agendamentos. Então apenas desabilite o agendamento específico: https://stackoverflow.com/questions/14011065/enable-disable-tasks-in-crontab-by-bash-shell

Mas em CentOS, o correto é que o session.gc_probability seja 1. Se alguém tiver conhecimento sobre, o que pode acontecer se eu alterar para 0 em um servidor CentOS?

Não necessariamente. Pode setar como zero. Aí nesse caso deve criar o seu próprio coletor, tal como explicado acima.

  • Muito obrigado. Você saberia informar se é possível desativar o CRON pelo painel de controle (Plesk)? Existe alguma forma de checar se o coletor de lixo está configurado corretamente pelo Plesk? – Jonatan Haas 23/11/16 às 3:46
  • Plesk? Não vi mencionar Plesk na pergunta. Mas enfim, é possível desde que consiga logar-se no Plesk como root. Basta entrar no Scheduled Tasks que verá algo assim: i.stack.imgur.com/c5f8n.png Aquela bolinha verde em baixo do S é onde ativa ou desativa. – Daniel Omine 23/11/16 às 3:54

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.