2

Estou estudando javascript e estou vendo alguns frameworks que são bem famosos, ainda não escolhi nenhum, mas já li sobre alguns, daí fiquei com dúvida:

  • Qual a diferença entre AngularJS e Angular 2?
  • Será que posso aprender o Angular 2 sem conhecer o AngularJS?
  • 3
    Seria interessante você editar a pergunta, de forma que ela não fique opinativa, me parece interessante, mas precisa ser alterada para não ser fechada. – user28595 16/11/16 às 21:30
  • 1
    @MauroAlexandre pior que muita gente aqui que usa jQuery nem faz idéia do que é JS, inclusive nem imagina que o jQuery é dispensável em quase todas as situações. Isso é mais comum do que pode parecer. – Bacco 16/11/16 às 22:05
  • 1
    Essa situação que o Bacco falou é abominável. A pessoa não tem ideia do que ele está usando, de como funciona, porque usa aquilo, e acha que programa. pt.stackoverflow.com/q/46983/101 – Maniero 16/11/16 às 22:15
  • 1
    Então cara, não precisa não aprender o angular para ir para o angular 2, existem algumas "correções" assim podemos chamar que foram feitas no 2, que o diferenciam bastante na hora de utilizar. Se quer uma dica, na hora que for aprender, utiliza o style-guide que o John Papa fez, são boas práticas na hora de utilizar e deixam o seu código mais limpo. github.com/johnpapa/angular-styleguide/tree/master/a2 O tutorial do angular 2, já está no site oficial, e é bem bom pra começar, da uma olhada lá. angular.io/docs/ts/latest/tutorial – Marcos Alberto Cosmoski Filho 16/11/16 às 22:32
  • 2
    Acho que o nosso papel aqui é "pegar pesado" no sentido de deixar claro o que é o que, que é pras pessoas se conscientizarem de onde elas estão, como maneira de criar melhores profissionais, e até mesmo "melhores hobbystas". Ficar passando a mão na cabeça de cara que acha que já ta pronto pode parecer legal num primeiro momento, como um "incentivo" pra pessoa. Mas isso é um deserviço para todo mundo que vem dali pra frente. Toda cadeia de pessoas que aquela pessoa atende é prejudicada por isso. E esse é um problema cada vez pior. Tem mais lixo do que qualquer coisa no mercado. – Bacco 16/11/16 às 22:49