1

Eu preciso criar um array no formato:

//$arr = ['id' => 1, 'razao_social' => 'Teste'] // saida esperada
// iteração
foreach($prestadores as $prestador){
    // logica separando apenas alguns prestadores
    if ($cont($outro_sql) > 1) {
        $dados = array_add($dados,'id',$prestador->id);
        $dados = array_add($dados,'razao_social',$prestador->razao_social);
    }
}

Até aqui tudo bem, porém o resultado do array dd($dados) tem como saída o array, mas apenas com o último registro.

Eu preciso que o array seja montado com todos os registros.

Veja, eu sei que o $prestador já é um array, mas eu preciso montar um lógica de acesso ao BD acessando outras tabelas, onde apenas alguns registros irão compor este novo array.

2

Sugiro aprender o básico da linguagem antes de fazer qualquer coisa mais complexa.

Aqui você testa uma condição dentro de um loop, sendo que ela não vai mudar, então ou vai adicionar tudo, ou não vai adicionar nada:

if ($cont($outro_sql) > 1) {

Se a condição é fixa, é o caso de testar fora do loop em vez de ficar repetindo o teste à toda. Se era para depender do registro corrente, precisa corrigir a lógica. Pode ser que você esteja chamando uma função variável também, aí até faria algum sentido, mas em vista do resto do código sugiro analisar se é isso mesmo que quer. Me parece estranha a construção.

Já neste trecho você está sobreescrevendo continuamente a variável $dados:

    $dados = array_add($dados,'id',$prestador->id);
    $dados = array_add($dados,'razao_social',$prestador->razao_social);

Outra coisa é querer armazenar resultado de array_add (seria o caso de array_push), que retorna o último valor. Quando se usa array_push normalmente não precisa se fazer atribuições.

A não ser, é claro, que você tenha escrito uma função array_add que devolva o array adicionado nele mesmo, mas aí realmente seria sofrido você determinar como fazer o "par" do id e razao_social corretos.

Provavelmente (é o que deu pra entender conforme o exemplo no comment do código) seria o caso de fazer algo assim:

    $dados[] = array(
      'id' => $prestador->id,
      'razao_social' = $prestador->razao_social
    );

Ou isto:

    array_push( $dados,
       array( 'id' => $prestador->id, 'razao_social' => $prestador->razao_social )
    );

Ou ainda isto, para ilustrar de outra maneira:

    $dados = array();

    $par = array();
    $par['id'] = $prestador->id;
    $par['razao_social'] = $prestador->razao_social;

    array_push( $dados, $par );

Quando você atribui um valor usando índice vazio ([]), o PHP adiciona um elemento ao final do array

Sugeriria uma leitura mais aprofundada no manual para compreender os elementos básicos da linguagem, e fazer pequenos exercícios até dominar cada conceito:

http://php.net/manual/pt_BR/index.php

  • Bacco obrigado pela ajuda e conselho. Para constar e li o manual e não estava conseguindo montar a lógica, por isso usei esta ferramenta. Não faria se eu tivesse conseguido. Valeu, funcionou. – Marcelo Gomes 14/11/16 às 22:21
  • @MarceloGomes dê uma lidinha em especial na parte de arrays, PHP tem várias especificidades. É meio chato ler documentação, mas se for lendo e fazendo pequenos testes avulsos, ajuda a absorver os conceitos. Um problema muito comum é tentar entender a função usando em código mais complexo, confunde. Sempre que precisar dominar um conceito novo, teste ele separado. Crie um script pra teste, e experimente variações nele para observar os efeitos, o manual serve como apoio, mas experimentar o uso é sempre interessante. No seu caso, note que não é um simples array, mas sim um array de outros arrays. – Bacco 14/11/16 às 22:23
  • Note que isto que eu estou recomendando, de testar coisas em separado, eu faço normalmente hoje, mesmo conhecendo PHP faz pelo menos uns 15 anos. Nunca é demais resolver os problemas em separado e juntar na aplicação final. Você acaba isolando bastante os problemas, e fazendo um código naturalmente mais enxuto e organizado ao dividir em partes o problema. – Bacco 14/11/16 às 22:27
  • De qualquer forma, se tiver dúvidas sobre este mesmo assunto, pode deixar comentário aqui que eu complemento a resposta quando puder, e se tiver novas dúvidas, abra novas perguntas. Estamos aqui pra isso. As recomendações são no sentido de você ganhar autonomia, mas sempre que tentar algo e não tiver sucesso, não tenha receio em perguntar. – Bacco 14/11/16 às 22:30
  • Bacco, obrigado por compartilhar sua experiência. Valeu mesmo. Abraços. – Marcelo Gomes 15/11/16 às 0:34

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.