5

Ao realizar uma alocação dinâmica de um vetor ou matriz em C, o ponteiro referente a essa alocação muda de endereço ao sair da função, sendo que antes ele estava apontando para o endereço inicial da área alocada e logo após o término da respectiva função ele aponta para o endereço 1. Como mostrado a seguir, o ponteiro é passado como parâmetro pela função para efetuar a manipulação posterior dos dados alocados.

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

void aloca(int *vetorInt, int tamanho);

int main (void) {
    int *vetor;

    aloca(vetor, 2);
    printf("END. NA MAIN: %d", vetor);
}

void aloca(int *vetorInt, int tamanho) {
    //Inicializa o ponteiro com NULL para nao ter problema
    vetorInt = NULL;
    //Aloca n espaços
    vetorInt = (int *) malloc(tamanho * sizeof(int));

    //Verifica se foi alocado e exibe o endereço para qual o ponteiro aponta
    if (vetorInt != NULL) {
        printf("*** VETOR ALOCADO.\nENDERECO NA FUNCAO: %d ***\n", vetorInt);
        getchar();
    } else {
        printf("*** NAO ALOCADO ***\n");
        getchar();
    }
}

Ao rodar o código verifico que o endereço foi alterado e no fim perco o acesso a esse vetor, não podendo realizar a desalocação de memória ou manipulação de dados. Por que isso acontece? Qual a solução?

6

Esse é um problema clássico em C. O que ocorre é que o ponteiro vetorInt é local ao escopo da função aloca (da mesma forma que o inteiro tamanho também é). Você modifica o valor dele dentro da função, mas o mesmo é perdido ao sair dela, pois a variável vetorInt deixa de existir.

Existem duas formas de solucionar isso:

  • Faça a função devolver o endereço alocado, e faça vetor recebê-lo no main.

  • Mude o parâmetro da variável na função para um ponteiro de ponteiro: int **vetorInt. Assim é necessário passar o endereço do ponteiro no main (&vetor). Dentro da função, também é necessário se referir à variável como *vetorInt. Como pode ver, este método é um pouco mais confuso, principalmente para iniciantes.

  • 1
    As duas soluções realmente são bem funcionais, embora a segunda seja mais complexa por levar em consideração indireção múltipla, que muitas pessoas não compreendem bem, logo a primeira solução se torna mais prática pra um propósito mais geral. Grato! – Pedro Augusto 9/11/16 às 19:47
4

Idealmente é melhor alocar no lugar que vai usar, assim fica mais fácil rastrear o que precisa liberar, mas se quiser fazer assim mesmo o mais adequado é retornar o ponteiro e não passar como parâmetro, que complica a sintaxe. Tirei o que era desnecessário.

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

int *aloca(int *vetorInt, int tamanho) {
    vetorInt = malloc(tamanho * sizeof(int));
    if (vetorInt != NULL) {
        printf("*** VETOR ALOCADO.\nENDERECO NA FUNCAO: %d ***\n", vetorInt);
    } else {
        printf("*** NAO ALOCADO ***\n");
    }
    return vetorInt;
}

int main (void) {
    int *vetor = aloca(vetor, 2);
    printf("END. NA MAIN: %d", vetor);
}

Veja funcionando no ideone e no CodingGrround.

  • Realmente o ideal é alocar no escopo em que for utilizado, porém a função com a qual estou lidando é bem mais complexa e irei utilizá-la várias vezes ao longo do software, por isso passei para uma função para não precisar reescrevê-la várias vezes. Mesmo assim, obrigado! – Pedro Augusto 9/11/16 às 19:45
  • Alias C tem uma função chamada aloca() está pedindo para ter problemas :) – Maniero 9/11/16 às 19:48

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.