3

Num sistema de login, quero que o usuário digite o "usuário" ou o "email" que está contido na DB.

Isso funciona perfeitamente:

DBRead('usuarios', "WHERE usuario = '$user' OR email ='$user' AND senha = '$password'");

Porém, odeio repetir código. Existe uma forma mais lógica de realizar essa verificação?

Algo como:

WHERE usuario or email = '$user'
2
  • 1
    Isso não é exatamente repetir código, você stá fazendo duas coisas diferentes. Eu sei que algumas pessoas tem obsessão por escrever o mínimo de código possível, eu mesmo já fui assim, isso não leva a nada, na verdade chega prejudicar bastante. Leia: pt.stackoverflow.com/q/120931/101. Frequentemente esse tipo de código leva a problema no código. De fato esse código é bem inseguro, isso deveria ser sua preocupação. Até tem como fazer o que deseja.
    – Maniero
    6/11/2016 às 14:35
  • @bigown Obrigado pela dica! Não é que eu queira escrever menos código, apenas gosto de trabalhar usando uma lógica (acho que me possibilita aprender mais sobre tudo) xD Abraço.
    – bonifacio
    6/11/2016 às 14:52

2 Respostas 2

4

Tanto para pesquisar se um campo tem vários valores quanto pesquisar se um valor se encontra em vários diferentes pode usar o IN. Veja dois exemplos:

SELECT ... WHERE id IN (1,5,6,9); -- retorna linhas onde o ID é um, cinco, seis ou nove

e, para pesquisar um valor em mais de um campo:

SELECT ... WHERE "xis" IN (principal, reserva, outros); -- retorna linhas em que ao menos
                                                        -- um dos três campos listados
                                                        -- seja a string "xis"

Ficando assim no seu caso:

WHERE '$user' IN ( usuario, email ) AND senha = '$password'

Veja funcionando no SQL Fiddle.

O IN começa a ficar vantajoso em vários parâmetros, por exemplo em IN ( usuario, email, inscricao, cpf ) se um dia precisar disso em alguma aplicação. O ganho em velocidade/processamento é mínimo (economiza basicamente a transmissão e alocação de valores repetidos), mas a facilidade de manutenção e legibilidade aumenta um bocado.


Notar que você está com uma porta aberta para SQL Injection se não sanitizar os parâmetros, e armazenar senhas diretamente no DB não se faz em situações reais.

1
  • 1
    Perfeito! Funcionou de boa. Sobre SQL Injection: Minha função tem um Escape.
    – bonifacio
    6/11/2016 às 14:47
2

Esse é o jeito que se faz. Não tem atalho.
Mas sugiro delimitar entre parênteses para evitar inconsistência:

DBRead('usuarios', "WHERE (usuario = '$user' OR email ='$user') AND senha = '$password'");

Obviamente, desconsiderando o uso de VIEW ou funções customizadas.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.