4

Venho notado isso há muito tempo em Javascript.

Se eu escrevo um determinado código onde a variável não está definida em qualquer escopo, uma exceção é lançada:

console.log(preco)

Resultado:

Uncaught ReferenceError: preco is not defined

Mas se eu tentar acessar uma propriedade não definida, nenhum erro é lançado, mas apenas undefined é retornado:

  var obj = {};

  console.log(obj.id); // undefined
  console.log(window.preco); // undefined

Por que o JavaScript se comporta dessa forma?

3

Por causa da natureza das duas.

A variável é algo mais concreto na linguagem, ela deve existir no código, tem como verificar e saber se existe ou não.

A propriedade de um objeto parece uma variável, mas não é, é só uma chave em um array associativo. Não tem como o interpretador do JS ter certeza se existe ou não, pode existir uma hora, não existir em outra. Os objetos em JS são abertos para modificação dinâmica em sua estrutura a qualquer tempo.

obj.id

na verdade é

obj["id"]

Claro que poderia existir uma forma que detecte o problema e gerar um erro, mas resolverem ser consistentes com o mecanismo da tabela usada no array associativo que justamente é considerar que o elemento que não existe é apenas indefinido e não gerar um erro. O jeito de saber se uma chave existe é justamente comparar com undefined.

Então se acessar o elemento na tabela, não ocorre erro algum, mesmo que ele não exista, é só uma chave inexistente naquele momento. Linguagens de tipagem dinâmica tem essa vantagem de ser flexível e a desvantagem de ser menos robusta e exigir que o programador se preocupe em fazer certo, testando antes de usar, seja por testes unitários, ou por teste no código mesmo, se ele pode se virar se der um erro.

var obj = {
    a : 1
};
console.log(obj.a);
console.log(obj.b);
if (obj.b == undefined) {
    console.log("propriedade não existe");
}
obj.b = 2;
console.log(obj.b);
for (var chave in obj) {
  console.log(chave + " = " + obj[chave]);
}

1

Uma variável não declarada não está listada no VariableEnvironment.

No seu exemplo:

console.log(preco)

Isso significa que o identificador preco não é resolvido para nenhum objeto armazenado no VariableEnvironment; uma exceção indicando a não-definição é gerada ( $ident is not defined).

Uma variável declarada porém não inicializada recebe o valor padrão undefined, que é ao mesmo tempo uma propriedade do objeto global e um dos tipos primitivos do javascript. No seu exemplo:

var obj = {};
console.log(obj.id);

A propriedade id (que nada mais é do que uma chave que aponta para um membro da coleção de propriedades do objeto obj) não aponta para nenhum objeto.

Entretanto, a coleção procurada não é VariableEnvironment, mas sim apenas a coleção de propriedades: O valor retornado é o global undefined.

0

Não sei exatamente o motivo de funcionar assim, mas o que eu notei é que a excepção de uma variável indefinida nos ajuda à descobrir se ela existe ou não, seja global ou local.

try {
    aa
} catch(e) {
    // não existe
}

Já para propriedades de objetos isso dificulta a detecção da presença de uma propriedade em navegadores antigos (tipo MsIE6), mas graças ao operador in isso torna possível, com uma exceção.

De qualquer forma, não faria sentido uma propriedade inexistente lançar uma excepção, talvez queriam evitar problemas com expressões:

!!b

Só de uma excepção ser lançada, a execução desse bloco para, há não ser que haja um try/catch/finally para proteger a excepção.

Atualmente, para descobrirmos se a propriedade de um objeto existe precisamos de um método nativo ou operador, a propriedade pode ser undefined, qualquer tipo de valor. Object#hasOwnProperty resolve isso, o operador in fará o mesmo, só que profundamente, vai verificar se a propriedade específica existe nas propriedades dos construtores, também.

Aviso¹: o nome de todas as propriedades de um objeto/função são convertidos para string;
Aviso²: ambos funções e objetos podem guardar propriedades em sí mesmo;
Aviso³: todos valores numéricos, strings, objetos, funções e booleans podem ser indexados . ou [...], menos null e undefined

var a = {
    b: undefined
}

// Diz que a.b não existe
typeof a.b !== 'undefined'

// Diz que a.b existe
a in 'b'

// Diz que a.b existe
a.hasOwnProperty('b')

E essa é a maneira mais usada para checar se uma propriedade existe:

// Se a.b for um valor verdadeiro,
// diz sim
!!a.b

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.