26

Realizei alguns testes usando Boolean e boolean e aparentemente retornou o mesmo resultado. Vejam abaixo:

Boolean bool  = true;
boolean bool2 = true;

if(bool)
    Log.wtf(TAG, "Funciona!");    

if(bool2)
    Log.wtf(TAG, "Funciona também!");

O Boolean (com B maiúsculo) sendo uma classe, neste caso acima NÃO necessitou ser instanciada antes utilizá-la. Existe alguma diferença entre Boolean e boolean? O que pode influenciar na minha aplicação no momento da declaração dos mesmo?

  • 1
    Sei que Boolean pode receber null enquanto boolean não, e pode usar apenas Boolean nos Generics, por exemplo Convert<Boolean>()... – Marco Giovanni 24/10/16 às 13:59
  • 3
    Pergunta similar e resposta similar : int e Integer - Java – Guilherme Lautert 24/10/16 às 14:00
  • Eu costumo dizer que Boolean sem o devido preparo mental é um pedido para NPE inesperado e inexplicável – Jefferson Quesado 19/09/17 às 1:14

2 Respostas 2

33

boolean é um tipo primitivo, ou seja é um número que ocupa 1 byte (ainda que não seja especificado que tenha esse tamanho) e é considerado um tipo por valor, ou seja, seu valor é sua própria identidade, ele existe em si só. A comparação de valores é direta.

O valor padrão dele é false (que seria um 0).

Ele pode ser convertido implicitamente para um texto ("false" ou "true") ou um número (0 ou 1) pode ser usado para representar falso ou verdadeiro no tipo, onde for necessário.

Boolean é uma classe que encapsula um boolean e é um tipo por referência, portanto o seu valor de fato é um ponteiro que aponta para um objeto cujo valor é o booleano. Obviamente a classe deriva Object e tem todas características de um objeto como outro qualquer.

É uma forma de passar o dado por referência em parâmetros de métodos ou usar onde precisa de uma indireção.

O valor padrão dele null. Ele tem 3 estados possíveis e o fato de precisar do estado null é um motivo para usá-lo.

A comparação se dá pelo método equals(), se usar o operador == vai comparar os ponteiros dos objetos, mesmo tendo o mesmo valor. A não ser que use booleanValue() que pega o primitivo dentro do objeto, mas aí a comparação não é com o objeto e sim com primitivos extraídos das classes.

O compilador faz um truque para o boxing parecer transparente, mas ele está criando uma nova instância no heap.

Boolean x = true; //na verdade é traduzido para o abaixo
Boolean x = Boolean.valueOf(true);

Imagine que além do espaço ocupado pelo ponteiro (4 ou 8 bytes) ele ainda armazena um objeto que pode ocupar 20 bytes ou mais dependendo da arquitetura. Tudo isso por causa de um único bit.

A indireção além de ter um custo maior de alocação e cópia gera mais cache miss no acesso que precisa ocorrer em duas etapas: acessa o valor (endereço do ponteiro) e depois o valor do objeto.

A preferência é sempre usar o tipo primitivo, é mais rápido e ocupa menos memória. Dada a ineficiência a opção pela classe só se for realmente necessário ter uma referência (em outras linguagens é possível ter uma referência sem criar esse problema todo, mas não em Java). Um exemplo de necessidade na versão atual é o uso com generics (isso possivelmente mudará em Java 15 ou superior).

ArrayList<Boolean> = lista = new ArrayList<>(); //válido
ArrayList<boolean> = lista = new ArrayList<>(); //inválido

Veja sobre isso em Qual a diferença entre "generics" (Java/C#) e "template" (C++) e Quais as diferenças entre Tipos Genéricos em C# e em Java?.

Com métodos:

void metodo(boolean x) {x = false;} //quando terminar o método, não muda nada no argumento
void metodo(Boolean x) {x = false;} //quando terminar o método, o argumento valerá false

Rumores :) É ideal usar tipos primitivos em Java?

Para efeito de comparação C# consegue todos os 3 principais efeitos relatados com o tipo primitivo: uso como tipo genérico, pode ser passado explicitamente por referência sem fazer boxing e tem a opção anulável bool? que ainda é um tipo por valor ocupando apenas 2 bytes no total (poderia ser 1 se houvesse otimização).

22
  • Boolean com letra maiúscula no começo é uma classe, é o mesmo que java.lang.Boolean

  • boolean é um tipo primitivo de comparação de dois valores, true ou false.

Você pode usar ambas com mesmo objetivo, a diferença é que a classe tem métodos para converter para string por exemplo, ou converter de string (ou fazer um parse)

Métodos da classe java.lang.Boolean

  • bool booleanValue() o valor de retorno deste método é um booleano primitivo.

  • static int compare(boolean x, boolean y) compara dois valores booleanos.

  • int compareTo(Boolean b) compara o valor da classe atual com outra classe.

  • boolean equals(Object obj) retorna true se e somente se o argumento não é nulo e é um objeto booleano que representa o mesmo valor booleano como este objeto.

  • static boolean getBoolean(String name) Retorna true se e somente se a propriedade do sistema nomeado pelo argumento existe e é igual à string "true".

  • int hashCode() retorna uma hash para o objeto atual.

  • static boolean parseBoolean(String s) faz um parse da string para booleano.

  • String toString() retorna a String que representa o objeto.

  • static String toString(boolean b) retorna a String que representa o valor do argumento.

  • static Boolean valueOf(boolean b) retorna a instancia java.lang.Boolean que representa o valor booleano específico.

  • static Boolean valueOf(String s) retorna o java.lang.Boolean representado pela String no argumento

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.