1

Se eu acessar uma página como por exemplo http://localhost/?cor=azul

Utilizando o seguinte GET:

<?php echo  ($_GET["cor"]) ; ?>

Será imprimido o nome Azul.

É possível fazer com que ao invés de aparecer o nome "Azul", seja puxado um include?


Exemplo: Se a pessoa digitar: http://localhost/?cor=Verde

Ao invés de ser imprimido só a palavra "Verde", será imprimido uma <div> que está dentro arquivo que foi puxado para o include, exemplo (verde.php):

<div>A cor selecionada foi <b>verde</b> </div>

A pergunta é simples, é possível fazer um GET puxar um include?

0

2 Respostas 2

5

Sim é possível, nos meus projetos eu utilizo assim:

$page = $_GET['page'];
if (file_exists($page.".php")) {
    include($page.".php");
} else if (file_exists($path_paginas . "/".$page.".html")) {
    echo stripslashes(file_get_contents($path_paginas . "/".$page.".html"));
} else {
    include("principal.php");
}
2

É possível sim, só que você deve tomar cuidado, esse método não é recomendado pela comunidade.

Você pode fazer do seguinte modo:

function view($params = array()){
    /**
    * @params[0] retorna nome do arquivo
    * @params[1] retorna extensão do arquivo
    */

    if(file_exists($params[0].$params[1])){
        require_once($params[0].$params[1]);
    }else{
        require_once("404.php");
    }
}

view( array( $_GET["arquivo"], ".html" ) ); //executa função

Seguindo esse modelo de exemplo, você pode criar algo um pouco mais completinho. Hoje em dia existes vários métodos padronizados para se trabalhar com esse tipo de sistema, mas como é para conhecimento, siga-o.

2
  • O principal problema do seu método, é que o arquivo incluído estará dentro do escopo da função, e todas variáveis globais que precisem ser utilizadas terão que ser declaradas como global, em termos de segurança o meu também faz a verificação se o arquivo existe antes de dar o include, mas se quiser algo mais robusto, basta criar um array com todas as opções permitidas, mas pessoalmente acho desnecessário, já que o fileexists não confirma arquivos remotos... – Jader A. Wagner 21/10/16 às 13:41
  • Sim. Isso é verdadeiro. Porém em geral o problema mesmo está no fato dele querer fazer assim. Como ele não explicou para o que queria, fiz esse exemplo à mostra. – Mauro Alexandre 21/10/16 às 13:43

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.