0

ATUALIZADO

Ao executar o make com a opção -j para usar multicore ou seja colocar cada target solicitando em um core, ele não respeita a ordem sendo que executa as duas simultaneamente.

Por exemplo

make Objeto1 Objeto2 -j4

Ele irá executar o Objeto1 e as targets associadas a ele simulteamente Objeto2 e as targets associadas a ele, se por algum motivo uma das targets interferir no produto que será usada pelas demais em execução terei um conflito.

No momento o que tenho tido como problema esta ligado a target clean, que as vezes limpa um objeto que foi criado.

O uso de chamadas sequências como make Objeto1 && make Objeto2 não me deixa aproveitar o recurso para uso dos múltiplos cores do processador, o que seria a mesma coisa que chamar o comando make sem a chave -j4, ou seja seria o mesmo que chamar make Objeto1 Objeto2

1 Resposta 1

0

Rode o make sequencialmente:

make -j4 clean; make -j4 all

Update:

Pode-se fazer alguma coisa assim:

all: clean real_all
    @echo ended all

clean:
    @echo cleaning...

real_all: target1 target2 ...
    @echo ended real_all

target1: ...
    ...
    @echo ended target1

target2: ...
    ...
    @echo ended target2

Eu acho isso gambiarra, acho melhor rodar sequencialmente como mostrei acima.

2
  • Bem talvez não tenha sido feliz no exemplo, mas a ideia é que seja apenas digitando um make e gerenciando internamente as dependências. Vou elaborar melhor a pergunta. – Delfino 9/10/16 às 0:18
  • X, tentei melhorar a explanação do problema, Sua proposta ainda não resolve minha situação. Já tenho uma target clean_all que limpa e compila em seguida. – Delfino 11/10/16 às 8:16

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.