4

Alguns exemplos na net com ArrayInterator usa-se das seguintes formas:

$arr = array("Banana", "Abacaxi", "Abacate", "Morango");    

// loop through the object
foreach (new ArrayIterator($arr) as $key => $value) {
    echo $key . ": " . $value . "<br>";
}

ou

$arr = array("Banana", "Abacaxi", "Abacate", "Morango");

$iter = new ArrayIterator($arr);

// loop through the object
foreach ($iter as $key => $value) {
    echo $key . ": " . $value . "<br>";
}

Geralmente uso assim:

$arr = array("Banana", "Abacaxi", "Abacate", "Morango");

// loop through the object
foreach ($arr as $key => $value) {
    echo $key . ": " . $value . "<br>";
}

Qual a real diferença de performance quando se usa ArrayIterator, não seria mais uma classe a ser instanciada?

A maioria dos exemplos só fala que é uma forma moderna de se programar em OOP, mas não explica, se vai impactar no uso de memória.

  • 1
    Essa questão sobre consumo de memória/performance depende da finalidade do uso e de como utiliza os recursos. Nessa outra pergunta pode ver como o mal uso influencia na performance. E como o uso correto, dentro de um contexto apropriado, pode resultar numa melhor performance quando trabalha-se com OOP pt.stackoverflow.com/questions/149808/… – Daniel Omine 24/09/16 às 7:20
  • @DanielOmine Blz, vou da uma olhada, mas gostaria de entender melhor o uso desta, vou da mais uma pesquisada! Obrigado. – Williams 25/09/16 às 0:27
1

Em teste de exaustão para verificar a criação de instâncias e posições de memória com o código:

Observação: Teste retirado desse link do site php.net com modificação para criar instâncias da classe ArrayIterator.

<?php
echo "<p>".phpversion()."</p>";

for($size = 1000; $size < 50000000; $size *= 2)
{        

    echo "<p>" . "Testing size: $size" . "</p>";

    for($s = microtime(true), $container = Array(), $i = 0; $i < $size; $i++)
        $container[$i] = NULL;
    echo "<p>Array(): " . (microtime(true) - $s) . "</p>";        

    for($s = microtime(true), $container = new ArrayIterator(), $i = 0; $i < $size; $i++)
        $container[$i] = NULL;
    echo "<p>ArrayInterator(): " . (microtime(true) - $s) . "</p>";


    echo "==========================================<br />";
}

verifiquei que os resultados são minimalistas em um modo geral, sendo esse teste realizado com PHP versão 5.6.22 e código retirado do próprio site php.net, deu um certa vitória ao tipo primitivo do PHP, o array(), mas, com uma diferença muito pequena:

PHP versão 5.6.22

Testing size: 1000

Array(): 0.00023007392883301

ArrayInterator(): 0.00017189979553223

========================================== Testing size: 2000

Array(): 0.00038886070251465

ArrayInterator(): 0.00034308433532715

========================================== Testing size: 4000

Array(): 0.00078988075256348

ArrayInterator(): 0.00084090232849121

========================================== Testing size: 8000

Array(): 0.0017249584197998

ArrayInterator(): 0.0018649101257324

========================================== Testing size: 16000

Array(): 0.0036230087280273

ArrayInterator(): 0.0040380954742432

========================================== Testing size: 32000

Array(): 0.0067539215087891

ArrayInterator(): 0.0051989555358887

========================================== Testing size: 64000

Array(): 0.0097739696502686

ArrayInterator(): 0.011684894561768

========================================== Testing size: 128000

Array(): 0.021622180938721

ArrayInterator(): 0.023998975753784

========================================== Testing size: 256000

Array(): 0.043958902359009

ArrayInterator(): 0.047860860824585

========================================== Testing size: 512000

Array(): 0.088205814361572

ArrayInterator(): 0.097460985183716

========================================== Testing size: 1024000

Array(): 0.1791729927063

ArrayInterator(): 0.20163583755493

========================================== Testing size: 2048000

Particularmente, não vi diferenças, claro que uma instância e mais custosa do que um tipo primitivo. Se precisar de um código mais elaborado e sabe usar a classe ArrayIterator (saber trabalhar com Orientação Objeto principalmente), pode usar sem medo que isso não vai ser o problema do seu código em relação a desempenho, mas sim um conjunto de fatores:

  • gargalo em banco, falta de chaves, índices, etc.
  • código mau elaborados, repetição, etc.
  • uso indevido das classes e falta de conhecimento em POO.
  • códigos desnecessários e irrelevantes para resolver um determinado problema.

Existe, uma classe que pode ser utilizado nas versão >=5.3.0 e 7 do PHP a classe SplFixedArray, pois ela limita o número de itens desse array, tendo uma desvantagem que seus índices só aceitam números inteiros e sua vantagem é sobre a execução ser mais rápida (desempenho).

Então, se precisar criar um array com índices de números inteiros, essa classe SplFixedArray seria a mais ideal, por ter um desempenho melhor.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.