2

É que as vezes penso não haver a necessidade de uso do this, mas como apenas comecei a aprender Java, quero que alguém me responda quando é que realmente será necessário a utilização do operador this?

5

4 situações:

  • Referenciar uma variável de instância da classe de forma não ambígua

    É possível mas costuma-se recomendar evitar usar onde não é ambíguo. Então se uma variável de instância da classe não conflita com um nome de variável ou parâmetro do método, é comum evitar o uso. Ele é considerado como existente implicitamente.

  • Usar como argumento de um método que vai chamar quando deseja passar o próprio objeto atual

    Isso é útil quando você não tem uma variável específica para passar como argumento, a intenção é passar o próprio objeto, qual é o nome do objeto atual da classe? this. Mais abaixo explico porque essa é a variável.

  • Acessar uma instância dentro de uma classe interna:

    public class Externa {
        private int x;
        public class Interna {
            private int x;
            public int exemplo() {
                return Externa.this.x;
            }
        }
    }
    
  • Chamar um construtor do próprio objeto

    Há problemas em chamar construtores dentro dos construtores. Essa é uma forma de indicar que o que está chamando é o construtor. Há um tratamento especial. Essa chamada deve ser a primeira linha do construtor, não pode haver outro código antes. Mais em detalhes em O que faz o this() sozinho no construtor?

Note que o this nos dois primeiros casos funcionam praticamente como uma variável. O que muita gente não sabe é que o método é só uma função como outra qualquer que tem um parâmetro oculto chamado this. É apenas um açúcar sintático. Essa variável pode ser usada de formas variadas. Então:

class Tipo {
    private int variavel;
    public void exemplo(int x) {
        variavel = x;
    }
}

No fundo é isso:

class Tipo {
    private int variavel;
    public void exemplo(Tipo this, int x) {
        this.variavel = x;
    }
}

E esse é um exemplo da primeira utilização descrita. Falo com mais detalhes em C# (é a mesma coisa).

A terceira forma é muito semelhante a esse caso.

A segunda forma seria:

class Tipo {
    public void exemplo(Tipo this, int x) { //já escrito sem o açúcar sintático
        metodoDeOutraClasse(this, x); //passa o objeto atual e o parâmetro x
    }
}

Obviamente que nesse caso a assinatura do método seria algo assim metodoDeOutraClasse(Tipo objeto). Esse me´todo muito provavelmente pertence a outra classe, não faria sentido na mesma.

No quarto caso o this funciona de forma especial pela linguagem. Ele usa essa convenção de nome para indicar que está chamando um construtor.

class Tipo {
    public Tipo(int x) {
        System.out.println(x);
    }
    public Tipo() {
        this(1);
    }
}
5

O único caso em que você precisa usar o this é quando tem uma variável de escopo (ou parâmetro) com o mesmo nome de um atributo (ou variável de classe) e precisa diferenciá-los.

Um exemplo comum

public class Cliente {
    private String nome;

    public void setNome(String nome){
        this.nome = nome;

        //perceba que nome se refere ao parâmetro e this.nome se refere ao atributo
    }
}

Fora isso, você nunca será "obrigado" a usá-lo. Isso fica um sujeito ao estilo que cada você usa para codificar.

2

Explicando de uma maneira menos formal, o this se refere ao objeto atual. Por exemplo: você tem um objeto bola com uma propriedade cor, pode acessar a propriedade cor com this.cor

Já o método this() com ou sem parâmetros se refere ao construtor da sua classe. Este só pode ser usado dentro de outro construtor.

Exemplo retirado desse site.

Se criarmos um método que receba um argumento chamado ligado que queremos atribuir para o atributo da classe, que também se chama ligado, devemos diferenciar ambos mostrando a quem cada um pertence. Como this se refere ao contexto empregado, então o usamos para identificar que ligado será o atributo da classe e ligado sem o this se refere ao parâmetro do método. O que resultaria nisto:

public class TV {
    //atributos
    int tamanho;
    int canal;
    boolean ligada;

    // método contrutor com parâmetro
    TV(boolean ligada) {
        this.ligada = ligada;
        /**
         * Onde this.ligada é o atributo
         * e ligada é o valor do parâmetro
         */
    }
}
1

Uma forma fácil de entender é:

Quando você tem duas variáveis em escopos diferentes: uma local (em um método) e outra global(na classe). Quando você precisa referenciar a global você usa o this, ex: this.var.

O pessoal deu um bom exemplo com os métodos. Usamos bastante nos métodos getters e setters.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy