2

Normalmente utilizamos arquivos para salvar dados utilizando linguagem C (eu pelo menos). É possível conectar um banco de dados relacional a alguma aplicação feita em C? Se sim, é preciso alguma biblioteca para isso e como é feita essa conexão? Preferencialmente MySQL.

  • 1
    Sim, só isso que quer saber? – Maniero 21/09/16 às 17:43
  • Gostaria de saber como fazer a conexão. – Felipe Paetzold 21/09/16 às 17:44
  • Em qual banco de dados? – Maniero 21/09/16 às 17:44
  • Qualquer banco relacional, preferencialmente mySql – Felipe Paetzold 21/09/16 às 17:44
  • 1
    De uma olhada neste artigo. – gato 21/09/16 às 17:49

2 Respostas 2

7

Porque não teria como?

Linguagens de programação são apenas mecanismos para se comunicar com o computador. O que faz a comunicação com bancos de dados são códigos geralmente organizados em bibliotecas. Cada banco de dados fornece sua maneira de fazer isso. Muitos banco de dados são escritos em C então é bem direto. Em outras linguagens que costuma ter alguma camada de adaptação.

Exemplo no MySQL:

#include <my_global.h>
#include <mysql.h>

int main() {
    MYSQL *con = mysql_init(NULL);
    if (con == NULL) {
        fprintf(stderr, "%s\n", mysql_error(con));
        exit(1);
    }
    if (mysql_real_connect(con, "localhost", "root", "root_pswd", NULL, 0, NULL, 0) == NULL) {
        fprintf(stderr, "%s\n", mysql_error(con));
        mysql_close(con);
        exit(1);
    }
    if (mysql_query(con, "CREATE DATABASE testdb")) {
        fprintf(stderr, "%s\n", mysql_error(con));
        mysql_close(con);
        exit(1);
    }
    mysql_close(con);
}

Coloquei no GitHub para referência futura.

Documentação.

Download.

2

Sim tem como, o Postgresql mesmo usa muitas funções em C e possui uma library pra isso. Basta add #include

Você vai precisar descobrir onde se encontra o arquivo libpq-fe.h, depois, ao compilar o programa, passamos o diretório acima dentro da opção -I do gcc: gcc -o programa -I/usr/include/pgsql programa.c -lpq

Isso supondo que a sua biblioteca está em /usr/include/pgsql. Altere para o diretório onde se encontra a sua. Talvez seja necessário utilizar a opção -L e o diretório, ao invés da opção -I.

Maiores detalhes em: fonte viva o linux

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.