3

Gostaria de compilar a implementação de uma classe afim de apenas gerar um código objeto da mesma. Esta é a implementação da classe:

#include <iostream>
#include "gradebook.h"

using namespace std;

GradeBook::GradeBook(string name_course_param)
{
    setCourseName(name_course_param);
}

void GradeBook::setCourseName(string name_course_param)
{
    courseName = name_course_param;
}

string GradeBook::getCourseName()
{
    return courseName;
}

void GradeBook::displayMessage()
{
    cout << "Welcome to the grade book for\n" << getCourseName()
      << "!" << endl;
}

Sei que preciso da interface, como vocês já podem ver já estou a utilizando através da inclusão do header file gradebook.h. O que preciso saber é como gerar o código objeto dessa classe, GradeBook, para deixar disponível para a utilização do usuário da mesma através do gradebook.h. Como fazer isso pelo g++?

  • Você não sabe como fazer o compilador gerar o objeto? Ou é outra dúvida? – Maniero 17/09/16 às 20:19
  • Como fazer o compilador gerar o objeto @bigown – user53564 17/09/16 às 20:21
  • Se eu não fiz a pergunta corretamente, faça a edição dela por favor, sou iniciante e talvez não tenha entendido corretamente o funcionamento da seperação da interface e implementação de uma classe @bigown – user53564 17/09/16 às 20:23
  • Só queria ter certeza, você foi prudente em por o máximo de informação possível, até mais do que precisava (mas ainda não sabia), por isso eu queria ter certeza do que estava perguntando. – Maniero 17/09/16 às 20:32
2

g++ -c xxx.cpp

Este comando gera o arquivo xxx.o.

Para compilar, usar g++ -o yyy main.cpp xxx.o. Este comando compila main.cpp e link-edita com xxx.o, criando o executável yyy.

  • 1
    Muito obrigaodo pela atenção, observei que você editou a resposta e deu tudo certo @JoséX. – user53564 17/09/16 às 20:30
  • não sei se você está lembrado mais você já havia me ajudado antes com outra pergunta, é muito legal saber que você está sempre disposto a ajudar – user53564 17/09/16 às 20:33
  • @vanfilho o -o que ele havia colocado na primeira versão da resposta dele é para mudar o nome do arquivo de saída. Ex,: g++ -o lib.o -c main.cpp compilará o mail.cpp mas gerará um objeto lib.o. Sem o -c não daria certo porque só mudaria o nome do arquivo, mas não geraria o arquivo objeto, seria um executável normal. – Maniero 17/09/16 às 20:38
  • @vanfilho A separação da interface de uma classe (na verdade,o nome técnico é declaração) e de sua implementação (o nome técnico é definição) é apenas uma convenção, não é um requisito da linguagem C++. Da mesma maneira, um arquivo arquivo fonte pode ter quantas classes, ou funções, etc, o programador quiser. É tudo uma questão de organização do arquivos fonte de uma aplicação. – zentrunix 17/09/16 às 20:40
  • @JoséX. Agora que já tenho o código objeto como de fato poderei disponibilizá-lo para que o cliente da classe utilize ele? – user53564 17/09/16 às 20:42
2

Para gerar o objeto tipicamente usa-se:

g++ -c main.cpp

Onde -c evita linkar o executável e gera um objeto.

Para C funciona igual, é só chamar gcc.

Documentação.

Talvez vá querer usa a libtool para administrar esses objetos de forma melhor.

  • Obrigado pela ajuda também @bigown – user53564 17/09/16 às 20:31
  • Essa comunidade de programadores C++ é muito legal mesmo, muito obrigado pela dica da libtool @bigown, vou experimentar, qualquer dúvida venho aqui. – user53564 17/09/16 às 20:35

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy