29

Em PHP, quando possuo um array com valores duplicados, é possível obter apenas valores únicos através da função array_unique.

Exemplo:

$array = ['a', 'b', 'b', 'c', 'c'];

array_unique($array); // ['a', 'b', 'c']

Porém eu precisei fazer algo parecido em JavaScript, mas não encontrei uma função que fizesse isso nativamente.

Qual é o meio mais simples em JavaScript de se obter os valores únicos de um array?

Vou deixar esse array de exemplo:

var array = ['a', 'b', 'b', 'c', 'c'];

console.log(array);

26

A solução que mais gosto é criar uma função para usar junto com filter() que é usado justamente para determinar quais elementos devem ser considerados em uma avaliação. Ela usa um estilo funcional de programação onde interessa o que faz e não como faz.

function unique(value, index, self) { 
    return self.indexOf(value) === index;
}

var array = ['a', 'b', 'b', 'c', 'c'];
var unique = array.filter(unique);
console.log(unique);

Fonte.

Coloquei no GitHub para referência futura.

filter() é uma função que varre todos elementos do array e manda para uma função de callback definida pelo programador. Nessa função faz uma comparação se é a primeira ocorrência do valor e só se for é que a filter() irá considerar como parte do novo array.

O indexOf() dá a posição da primeira ocorrência. Se ela bater com o índice atual do elemento pesquisado, é um valor que interessa no critério adotado. Se não bater significa que já é pelo menos uma segunda ocorrência desse valor, o que não interessa.

Isso deve funcionar na maioria dos navegadores usados atualmente, só não funciona nos que já são considerados muito antigos.

  • 2
    Sucinto, eficiente e fácil de se interpretar +1. :D – Guilherme Lautert 1/09/16 às 13:17
  • 1
    Tem um problema no algoritmo, por conta do indexOf se você passar [NaN] o valor NaN é perdido no filtro, já que o indexOf possui um problema onde NaN retorna sempre -1. – Gabriel Katakura 1/09/16 às 13:39
  • 1
    @GabrielKatakura é, pode ter esse problema que precisa ser tratado. Pode ser que tenha outros, em JS não é fácil fechar todos casos sem tratar um monte de exceção. Acredito que é uma boa ressalva para todos os algoritmos postados que usam técnica semelhante ou que possui suas próprias deficiências. – Maniero 1/09/16 às 13:42
  • 2
    @bigown 90% dos algoritmos que eu vejo de uma implementação unique possuem esse problema no JS, isso é normal, já que o próprio indexOf cai na clássica pegadinha do NaN !== NaN – Gabriel Katakura 1/09/16 às 13:45
19
+100

Aqui ficam 4 variantes:

const array = ['a', 'b', 'b', 'c', 'c'];

usando JavaScript do futuro

const unique = [...new Set(array)];

Como o @stderr referiu na resposta dele já estão planeados (ainda não lançados oficialmente) dois conceitos que podem ser usados para o fim da pergunta. Um deles o Set, que é uma maneira nova de organizar iteráveis. O outro é a sintaxe spread que permite representar/converter iteráveis, mais ou menos como uma indicação para escrever o objeto "por extenso". Neste caso combinando os dois, dá o que se pede na pergunta.

Esta solução resolve ainda o problema que o Gabriel referiu e que existe na solução com .filter(). (exemplo: http://www.es6fiddle.net/iskjh2q8/)

Usando .filter:

const unique = array.filter((el, i, arr) => arr.indexOf(el) == i);
console.log(unique); // ["a", "b", "c"]

O método .filter está disponivel nativamente para arrays e aceita uma função (callback). Essa função recebe 3 argumentos: o elemento a ser iterado, o index (posição) que está a ser iterada, e a array original. Usando arr.indexOf(el) == i garantimos que apenas a primeira vez que cada duplicado aparece resolve como true, limpando assim os outros elementos.

Usando .reduce e um verificador ternário.

const unique = array.reduce(
    (arr, el) => arr.concat(arr.includes(el) ? [] : [el]), []
);
console.log(unique); // ["a", "b", "c"]

Neste caso com o .reduce podemos ir juntando elementos a uma array inicializada no segundo argumento do método reduce. Ele itera todas as posições da array e com o ternário verificamos se o elemento já existe na nova array que está a ser criada dentro do reduce.

Usando um objeto para evitar duplicar chaves

(só util quando usamos Primitivos)

const unique = ((obj, arr) => {
    arr.forEach(el => obj[el] = true);
    return Object.keys(obj);
})({}, array);
console.log(unique); // ["a", "b", "c"]

Neste caso vamos populando um objeto com chaves formadas pelos elementos da array inicial. Uma vez que objetos só permitem chaves únicas, quando a iteração estiver completa podemos retornar Object.keys(obj) que dá uma nova array com essas chaves únicas.

16

ES6+

A partir do ES6 também pode-se usar o Set

The Set object lets you store unique values of any type, whether primitive values or object references.

Veja um exemplo:

var valores = ['a', 'b', 'b', 'c', 'c', 1, 2, 2, 3];

var unique = new Set(valores);

alert([...unique]);

  • 3
    Set e spread... +1 – Sergio 1/09/16 às 13:19
  • 2
    Boa indicação do Set (+1) – Allan Andrade 1/09/16 às 14:31
  • 2
    Tiraste essa de python :P – Miguel 1/09/16 às 17:19
  • julia também usa sets, qualquer linguagem que leva ao pó da letra a definição de conjuntos vai ter. – pmargreff 24/09/16 às 2:25
8

Utilizando array.filter

function array_unique(array){
    return array.filter(function(el, index, arr) {
        return index == arr.indexOf(el);
    });
}

var array = ['a', 'b', 'b', 'c', 'c'];

console.log('Array original:');
console.log( array);
console.log('Array após utilização de array_unique:');
console.log( array_unique(array));

5

Bem simples, percorre o array e vai colocando os items em um array temporario, e verifica se o item existe ou não no array temporario.

function array_unique(array){
	var unique = [];
	for(var i in array){
		if(unique.indexOf(array[i])==-1){
			unique.push(array[i]);
		}
	}
	
	return unique;
}

var array = ['a', 'b', 'b', 'c', 'c'];
console.log(array_unique(array));

4

Outra solução seria.

Array.prototype.getUnique = function(){
   var u = {}, a = [];
   for(var i = 0, l = this.length; i < l; ++i){
      if(u.hasOwnProperty(this[i])) {
         continue;
      }
      a.push(this[i]);
      u[this[i]] = 1;
   }
   return a;
}

var array = ['a', 'b', 'b', 'c', 'c'];
array.getUnique();

Fonte: SOEN

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.