27

Quando devo usar um arquivo JavaScript ou jQuery, com arquivo min e jspuro, tipo:

<script src="~/Scripts/jquery-1.10.2.min.js"></script>
<script src="//code.jquery.com/ui/1.10.4/jquery-ui.js"></script>
  • Algumas das respostas responde sua questão @pnet? Caso positivo não se esqueça de marcar a resposta como aceita. – gmsantos 25/07/15 às 17:06
27

Tomou-se como convenção, nomear arquivos javascript minificados, com a terminação .min.js.

Diferenças

A diferença entre o arquivo minificado e o não minificado é o tamanho do arquivo... a funcionalidade não muda (ou pelo menos não deveria mudar, se isso ocorrer é um bug).

Os arquivos jquery-1.10.2.min.js e jquery-1.10.2.js devem possuir a mesma funcionalidade.

O arquivo não minificado .js é usado para desenvolvimento e para debug, pois ele é legível para seres humanos.

O arquivo minificado .min.js é usado para produção, pois é menor que aquele usado para desenvolvimento, e portanto vai economizar na quantidade de banda utilizada pelo servidor.

Como funciona

A minificação consta de uma série de transformações no arquivo javascript original:

  • redução do tamanho dos nomes de variáveis

  • remoção de comentários e espaços desnecessários

  • remoção de caracteres não significativos (e.g. alguns ; ao final de statements são opcionais)

  • substituição de instruções equivalentes, um exemplo que eu acho interessante, está nesta questão que eu levantei sobre o operador && como substituto de um operador ternário, ou então como substituto de um if inteiro, dependendo do caso: O que significa o operador && em entre strings?; o operador || também pode ser usado em redução de tamanho de operações, como explico em uma outra resposta: Existe no javascript um operador de coalescência nula? Tal como o operador ?? do C#

  • cópia do corpo de funções para o local da chamada, quando isso valer a pena (e.g. quando uma função é chamada apenas em um lugar do código)

Ferramentas

Se algum dia você precisar minificar os seus próprios arquivos javascript, pode usar uma dessas ferramentas:

Referências

These functions must meet these general requirements:

  • it is not recursive
  • the function does not contain another function -- these may be intentional to to limit the scope of closures.
  • function is called only once OR the size of the inline function is smaller than the call itself.
  • the function name is not referenced in any other manner
8

Arquivos .min vêm do inglês minified, que, em tradução literal, significa minificado, ou, de forma menos técnica e mais coloquial, compactado.

Esses tipos de arquivos comumente têm suas variáveis e nomenclaturas abreviadas porque o seu destino não são olhos humanos, mas sim idiomas maquinários. Isso significa que, $variavel ou nomeDeFuncao() podem se tornar, respectivamente, $v e f(). Essa prática, quando usada em um arquivo grande e com bastante demanda, faz com que ele seja menos consumidor de recursos – o arquivo fica mais leve, a banda para consumi-lo será menor e a leitura será feita com mais velocidade.

O ideal é que utilizemos arquivos .min quando fizermos o deploy da nossa aplicação. Em outras palavras, quando disponibilizamos a nossa aplicação para o mundo é que nós compactamos os arquivos .js – os .css também podem ser minificados. Como eu disse, a linguagem de um arquivo compactado fica mais maquinária e não tem como foco o olho humano, portanto, quando nós disponibilizarmos uma aplicação, a necessidade é que a máquina faça uma leitura (ou download, como preferir) mais rápida e o objetivo não é a edição ou modificação do código, mesmo que terceiros tenham acesso à ele.

Arquivos sem o sufixo .min são geralmente para desenvolvimento. Isso porque, na maioria das vezes, o seu código é limpo e ele está na forma no qual foi escrito: às vezes com comentários e documentação. Lembrando que, nem sempre um arquivo sem o sufixo em questão significa que ele não está compactado.

Portanto, não se preocupe. Se você escrever JavaScript, faça-o do seu jeito – com comentários, documentação e variáveis com nomes "temporários", porque no fim das contas, quando a sua aplicação for para produção, isso não vai fazer diferença se o arquivo for compactado.

Mas atenção, tenha sempre boas práticas em mente – não é porque você tem o poder da minificação que deve escrever o que quiser. Acostume-se com o jeito certo que quando isso virar hábito, você será um expert.

Para minificação, os meus preferidos são:

E não se esqueça que linguagens como ruby (com rails) e C#/MVC (com .NET) tem a capacidade de fazer isso nativamente com os seus compressores internos.

  • 1
    +1 pra você por mencionar que algumas plataformas (tal como o .Net) possuem ferramentas para fazer isso de forma automática, e sobre recomendar manter boas práticas. – Miguel Angelo 7/05/14 às 17:43
3

O arquivo file.min.js, possui as mesmas informações do outro, porém de forma minificada, como assim? Para evitar ficar carregando arquivos de java script ou css pesado para a página, no minifier(arquivo min) são removidas tabulações, espaços em branco, afim de diminuir o tamanho do arquivo e melhorar o desempenho e velocidade da página durante o carregamento, pois o arquivo fica mais leve.

2

De uma forma geral um aqrquivo .min.js é ideal que seja utilizado no ambiente de produção, por se tratar de um arquivo minificado, ou seja, todas as identações são removidos para reduzir o tamanho físico do arquivo, fazendo com que o mesmo seja carregado mais rápidamente, enquanto o arquivo não minificado conta com todas as identações para melhorrar a leitura do arquivo em um ambiente de desenvolvimento.

Eu posso utilizar um arquivo não minificado no ambiente de produção?

Com certeza pode, porém em alguns casos o tempo de requisição de um arquivo não minificado chega a ser 3 a 4 vezes maior que o arquivo minificado.

Como minificar um arquivo javascript?

Uma das feramentas mais utilizada para validação e minificação de arquivos .js hoje é o grunt.
Outra possibilidade de minificação de arquivos é o ant, porém recomendo estudar um pouco sobre estas e outras ferramentas para fazer a melhor escolha para a sua realidade.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.