4

Ex:

$stmt = $db->prepare("SELECT * FROM BD");
$stmt->execute();

Por que não funciona se eu instanciar o método execute da mesma instância? já que o valor já foi passado para o método prepare? ex:

$db->prepare("SELECT * FROM DB");
$db->execute();

2 Respostas 2

4

O $db que é seu variável da classe PDO tem o método prepare, que é responsável em preparar um comando de execução (SQL) e que o mesmo retorna um PDOStatement e nele tem o método execute, ou seja, $db não possui esse método execute mas, possui um método que retornar um PDOStatement que tem o execute.

No $db você pode utilizar diretamente o PDO::query, que também retornar um PDOStatement já executado sendo esse com retorno de dados e PDO::exec, que executa comandos de Insert, Update e Delete que retornar a quantidade de linhas afetadas.

//select
$db->query("SELECT * FROM BD");

//insert, update e delete
$rowsafetados = $db->exec("INSERT INTO BD ...");

Porque isso tudo acontece?

Há separação de responsabilidade entras as classes (POO) e cada classe tem sua própria responsabilidade, $db conexão e métodos rápido, e PDOStatement que usa a $db como conexão para seus métodos.

  • opcionalmente ele pode encadear as chamadas $result = $db->prepare("SELECT * FROM BD")->execute(); – HwapX 3/05/14 às 16:09
  • até vai funcionar, mas, o problema que ai não vai ser retornado um PDOStatement, ele vai retornar um bool como descrito no site PHP.net (php.net/manual/pt_BR/pdostatement.execute.php), talvez para alguns casos funcione bem mas, o melhor é utilizar um PDOStatement – user6026 3/05/14 às 16:20
  • tem razão, deveria ser fetch ou fetchAll. – HwapX 3/05/14 às 16:24
2

Porque $db é uma instância da classe PDO e ela representa uma conexão com o banco de dados. Já $stmt por sua vez é um instância da classe PDOStatement, que em termos simples representa uma única query.

Basta pensar um pouco: $db não pode ser executada porque ela é uma conexão, executar uma conexão seria o ato de conectar-se, mas você já está conectado. Então $stmt representa uma query, e é ela quem você executa.

Ainda sim a classe PDO possui uma função PDO::exec que permite você realizar queries rapidamente, porém sem a possibilidade de buscar resultados, tendo como retorno apenas a quantidade de linhas modificadas.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.