2

Estou começando a estudar Casos de Uso e me surgiu a seguinte dúvida:

inserir a descrição da imagem aqui

Dificuldade de abstração: Confundo muitas vezes ao criar vários casos de uso mas que na verdade precisaria somente de um, pois esse representaria todos. Existem algumas dicas para que se possa saber sobre o que é e o que não é um caso de uso? No exemplo acima, o caso de uso "3. Efetuar Pagamento" faria parte do caso de uso "2. Fazer Pedido"? Caso faça parte, os detalhes em relação às formas de pagamento (casos de uso 4,5 e 6) deveria estar na especificação do caso de uso "2. Fazer Pedido" demonstrando o passo-a-passo?

Muito obrigado!

  • 1
    "No exemplo acima, o caso de uso "3. Efetuar Pagamento" faria parte do caso de uso "2. Fazer Pedido"?" Raphael, acredito que sim, visto que seria necessário sempre realizar um pedido antes de pagá-lo. – Antonio Alexandre 16/12/16 às 18:23
2

Existem algumas dicas para que se possa saber sobre o que é e o que não é um caso de uso?

Caso de uso são usados para identificar e registrar os requisitos funcionais do sistema. Os Diagramas de casos de uso auxiliam a comunicação entre os analistas e o sistema, descrevendo o cenário com as funcionalidades.

O diagrama de Caso de Uso é representado por:

  • atores;
  • casos de uso;
  • relacionamentos entre estes elementos.

Estes relacionamentos podem ser:

  • associações entre atores e casos de uso;
  • generalizações entre os atores;
  • generalizações, extends e includes entre os casos de uso.


No exemplo acima, o caso de uso "3. Efetuar Pagamento" faria parte do caso de uso "2. Fazer Pedido"?

No seu diagrama, 3 faz parte de 2. Está certo o include. É para isso que ele serve.

Para você entender melhor, no site da UFCG tem essa explicação:

  • Include: Um relacionamento include de um caso de uso A para um caso de uso B indica que B é essencial para o comportamento de A. Pode ser dito também que B is_part_of A.

  • Extend: Um relacionamento extend de um caso de uso B para um caso de uso A indica que o caso de uso B pode ser acrescentado para descrever o comportamento de A (não é essencial). A extensão é inserida em um ponto de extensão do caso de uso A. Ponto de extensão em um caso de uso é uma indicação de que outros casos de uso poderão ser adicionados a ele. Quando o caso de uso for invocado, ele verificará se suas extensões devem ou não serem invocadas. Quando se especifica B extends A, a semântica é:

    • Dois casos de uso são definidos: A e A extended by B;
    • B é uma variação de A. Contém eventos adicionais, para certas condições;
    • Tem que ser especificado onde B é inserido em A.

Utilidade do caso de uso

Apesar de simples eles são úteis desde a comunicação com o cliente até a geração dos casos de testes. Isso porque,não exigem conhecimento técnico e o cliente pode entender o diagrama sem esforço. Além disso, novos casos de usos geram novos requisitos e a junção de todos os cenários são usadas para sugerir os testes para cada cenário.

Referências:

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.