3

Tenho esse timer simples que funciona normal. Porém quando altero a data do computador Retroativa o timer para de executar. Alguém sabe me explicar o porque??

Eu preciso saber se o usuário alterou a data do computador para bloquear lançamentos retroativos no sistema.

Timer timer = new Timer();
timer.schedule(
        new TimerTask() {
            @Override
            public void run() {
                System.out.println(Funcao.dataAtual("dd/MM/yyyy"));
            }
        }, 0, 1000);
4
  • Qual é o pacote desta classe Timer? Pergunto isso porque já vi mais de uma classe com esse nome. 10/08/16 às 13:00
  • Você está usando java.util.Timer, correto? Não parece ser a javax.swing.Timer. 10/08/16 às 13:05
  • Oi, obrigada por responder. Estou usando os pacotes import java.util.Timer; import java.util.TimerTask; 10/08/16 às 13:11
  • Vale lembrar que mudar a data e a hora deveriam ser tarefas administrativas. Se for uma questão de evitar fraudes, não há nada que um usuário dedicado com poderes de administrador não vá conseguir burlar. 10/08/16 às 15:40
2

Olhando no código-fonte da classe java.util.Timer, esses trechos de código podem ser localizados:

public void schedule(TimerTask task, long delay, long period) {
    if (delay < 0)
        throw new IllegalArgumentException("Negative delay.");
    if (period <= 0)
        throw new IllegalArgumentException("Non-positive period.");
    sched(task, System.currentTimeMillis()+delay, -period);
}
private void sched(TimerTask task, long time, long period) {
    // [um monte de código] ...
            task.nextExecutionTime = time;
            task.period = period;
            task.state = TimerTask.SCHEDULED;
    // [mais um monte de código] ...
}

Na classe TimerThread (que acompanha a classe Timer, mas não é uma classe pública), é possível localizar-se o seguinte dentro do método mainLoop():

                    currentTime = System.currentTimeMillis();
                    executionTime = task.nextExecutionTime;
                    if (taskFired = (executionTime<=currentTime)) {

Ou seja, o método schedule olha para o relógio (usando o método System.currentTimeMillis()), calcula um tempo no futuro e chama o método sched, que utiliza o tempo calculado para definir quando a task será executada. No método mainLoop() ele pega a hora do relógio de novo (por meio do mesmo método) e verifica se já passou da hora marcada para rodar a task.

Isso significa que alterar a data do relógio interfere com a classe java.util.Timer. Alterar a data para trás irá adiar as execução das tarefas da classe Timer. Alterar a data para frente fará elas executarem antes da hora ou até mesmo imediatamente.

O ideal seria bolar uma solução com base no método System.nanoTime(), o que significa abandonar a classe java.util.Timer. O método nanoTime() não sofre desse problema, pois ele conta quanto tempo passou desde algum ponto arbitrário de tempo definido quando a JVM é iniciada (pelo menos é isso o que diz a documentação, mas eu não confiaria nisso antes de testar).

1

O java.util.Timer é dependente da data e hora do sistema operacional. Se acontecer de você voltar a hora, acredito eu que de acordo com este bug, ele vai simplesmente parar de funcionar. Uma opção viável é usar algo como o scheduleAtFixedRate do java.util.concurrent.ScheduledThreadPoolExecturor, que, por ser baseado no System.nanoTime, não é baseado na data e hora do SO:

import java.util.concurrent.Executors;
import java.util.concurrent.ScheduledFuture;
import java.util.concurrent.ScheduledThreadPoolExecutor;
import java.util.concurrent.TimeUnit;

public class Q146466 {
    public static void main(String[] args) {
        ScheduledThreadPoolExecutor sch = (ScheduledThreadPoolExecutor) 
                Executors.newScheduledThreadPool(5); // Pool de agendamento com 5 threads

        Runnable periodicTask = new Runnable(){
            @Override
            public void run() {
                // ...
            }
        };

        // Cria agendamento de tarefa para um intervalo de 5 segundos
        ScheduledFuture<?> periodicFuture = sch.scheduleAtFixedRate(periodicTask, 5, 5, TimeUnit.SECONDS);
    }
}

Maiores detalhes aqui e aqui.

0

Obrigada pelo esclarecimento Victor T. :D

consegui resolver com Thread.

O funcionamento fica igual do timer e ainda melhor pois não interfere no processo atual.. Segue exemplo

Thread thread = new Thread(() -> {
            while (true) {                
                try {
                    Thread.sleep(1000);
                    System.out.println("DataAtual: " + Funcao.dataAtual("dd/MM/yyyy"));
                } catch (InterruptedException ex) {
                    Logger.getLogger(MenuController.class.getName()).log(Level.SEVERE, null, ex);
                }
            }
        });
        thread.start();

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.