6

Eu sempre usei os blocos try, catch e finally quando programava em Java, e quando mudei para C# notei que alguns códigos trocam o try/catch por using.

Exemplo:

using (FileStream fs = new FileStream("abc.txt", FileMode.Create))
{
    // Algum código...
}
8

Sim, o mais adequado é fazer com o using mesmo. Esse código equivale a isto:

{
    FileStream fs = new FileStream("abc.txt", FileMode.Create);
    try {
       // Algum código...
    } finally {
        if (fs != null)
            ((IDisposable)fs).Dispose();
    }
}

Equivale mais ou menos ao try-resource do Java.

Em alguns casos pode ser mais adequado fazer manualmente, por exemplo quando precisa de um catch específico para esse recurso, ou precisar fazer algo além do dispose() no bloco do finally. Nesses casos é importante fazer a disposição de forma adequada no finally, conforme mostrado acima.

Note que o using nada tem a ver com try-catch, como perguntado, e sim com try-finally.

  • O using é como se fosse um try automático, qualquer instancia que pertença a interface idisposable ele fecha automaticamente no final, vejo que é só uma forma de programar mais rápido e limpo. – Vinicius Fernandes 7/08/16 às 3:20
  • Isso mesmo, é açúcar sintático. – Maniero 7/08/16 às 3:22
2

Você troca apenas o try/finally por using. Onde houver try/catch continua sendo da mesma maneira, pois o using não trata exceção, ele apenas garante que um objeto só irá existir dentro de um escopo - using {...} - definido.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.