6

1 - Costumava útilizar desta forma:

$(document).off('evento', 'elemento', nomeFuncao);
$(document).on('evento', 'elemento', nomeFuncao);

2 - Mas recentemente utilizei assim e funcionou da mesma forma.

$(document).off().on('evento', 'elemento', function() {});

No segundo exemplo eu não utilizei nenhum tipo de identificador para o método off. Mas mesmo assim ele removeu apenas o evento correto do obj document.

Gostaria de saber se a segunda forma de utilização está correta também. Ou se é uma prática ruim?

  • Off não conheço e nunca usei, e eu utilizo On é um Bind. Exemplo $('div#botao').on('click', function() { alert(1); }); ou $('div#botao').bind('click', function() { alert(2); }); ... veja o teste: codepen.io/KingRider/pen/OXoVVB – KingRider 1/08/16 às 18:04
  • Sim. Mas a partir da versão 1.7 do jQuery ele recomenda a útilização do método ON para adicionar manipuladores de eventos ao document. O método BIND deve ser usado apenas em verões anteriores a 1.7 do jQuery. Referencia: api.jquery.com/bind – alan 1/08/16 às 18:09
  • Entendo, e pesquisei sobre off() é igual unbind(), mas tem problema sua versão anterior? e porque não utiliza javascript puro rss – KingRider 1/08/16 às 18:15
  • Pelo que eu li na documentação. bind() e unbind() foram substituidos pelos métodos on e off a partir da versão 1.7 do jQuery. Com relação ao porque eu não fiz com javascript puro, é porque eu não sei como fazer a mesma coisa com javascript puro. Eu acho bem prático e simples com jQuery. Mas se você acha que é mais simples com javascript, eu ficaria feliz se você pudesse me mostrar um exemplo. ;) – alan 1/08/16 às 18:25
  • Vish!! Eu usava javascript pure até angular mais pratico kkkk, bind é igual addEventListener de javascript puro, nada fácil e vários tipo de elemento e objeto. – KingRider 1/08/16 às 18:37
1

O .off() é utilizado principalmente para impedir duplicação de uma mesma ação, veja o exemplo, SEM .off():

function button(e){

  if($(e).hasClass('comOff')){
    $(e).off();
  }
  
  $(e).on('click', function() {
        button($(this));
        alert($(this).text());
  });

}


button('.semOff');
button('.comOff');
<script src="https://ajax.googleapis.com/ajax/libs/jquery/2.1.1/jquery.min.js"></script>
<button class="semOff">SEM OFF</button>
<br>
<hr>
<button class="comOff">COM OFF</button>

Neste exemplo, que não é um dos melhores, quando clica em "SEM OFF" mais de uma vez irá exibir mais de um alerta. Isso ocorre porque a ação anterior não foi desligada, assim irá adicionada mais uma. Quando utiliza o .off() você irá remover qualquer .on() que foi adicionado anteriormente.

Quando você utiliza: $(document).off(), significa que TODOS os .on() aplicados no document serão removidos, quando você especifica $(document).off('evento', 'elemento', nomeFuncao); você apenas esse será removido!

Essa é a diferença.

Particularmente prefiro por usar $('div button.salvar').on('click', [...]) por exemplo, ao invés de usar o document.

  • Eu não sei ao certo se existe alguma diferença entre adicionar no document ou diretamente no elemento. Mas eu utilizei da seguinte forma: $(document).off('change', '#modulo').on('change', '#modulo', function() { //codigo }); e ele removel apenas o evento delegado ao id modulo. Mantendo todos os outros eventos que eu havia adicionado. Então acho que não faz diferença adicioná-lo no document ou no elemento. Vou pesquisar mais e tentar descobrir se existe alguma diferença! – alan 2/08/16 às 18:30
5

Sim, a segunda forma está correta, conforme a documentação. Ela remove todos os listeners de eventos do elemento que tiverem sido adicionados com on – no caso do seu exemplo, todos os listeners do document serão removidos.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.