3

Boa noite,

Sou novo aqui.

Uma dúvida acho que é básica.

Vou criar uma "aplicação" com PHP e mysql onde controlo as horas de trabalho de cada colaborador com entradas e saídas diárias. A dúvida é o SQL apenas armazena os dados quem faz o "trabalho de contagem é o PHP no caso ? para trabalhar com esse tipo de datas onde o objetivo é contar as horas de trabalho semanais e mensais que tipo de dado utilizo no mysql o tipo DATE ou string e no php faço o casting ?

Desde já agradeço a atenção

2

Irei dividir as perguntas para melhor responder, então depois resolver o problema (ou sugerir uma solução) ao caso.

O MySQL apenas armazena e quem "faz o trabalho" é o PHP no caso?

Sim e não. O MySQL é muito mais do que somente um SELECT coluna FROM, você pode somar, subtrair, concatenar (...) e várias e várias outras operações. Muitas pessoas, eu incluso, recomendam sempre usar as funções do MySQL em relação a processa-los no PHP, quando possível.

Exemplo:

Calcular total de "Ganhos" da tabela "Financeiro" onde "1 = 1" (ou seja, tudo).

Usando MySQL:

$query = mysqli_query($sql, SELECT sum(Ganhos) FROM financeiro WHERE 1 = 1);
list($total) = mysqli_fetch_row($query);

echo $total;

Resposta:

100

Você não precisa ficar fazendo um loop de cada valor para obter a soma de tudo, a soma pode ser feita pelo SUM(). :)

Qual tipo de dado utilizo no MySQL? O tipo DATE ou string e no php faço o casting?

É sempre melhor que use aquilo que foi designado a ele. Justamente para que possa fazer uso das funções nativas do MySQL. No exemplo anterior, se o campo "Ganhos" fosse um VARCHAR seria "impossível" usar o sum(), ou seja seria impossível somar os dados via MySQL. Para usar o sum() nessa condição teria que usar o cast() e ainda poderia ter erros em casos de alguns valores nulos, convenhamos que escolher o INT seria melhor do que um VARCHAR, nesse caso do exemplo.

Você pode usar "VARCHAR para tudo" desde que abra mão de todos os recursos que o MySQL (ou outro banco de dados qualquer) possa oferecer, ou necessitar de "gambiarras" e mais códigos para conseguir usa-los. É logico que alguns casos pode haver mais de um campo a ser escolhido, uma data pode se optar por DATETIME ou TIMESTAMP e pode optar por INT ou BIGINT. No geral, o escolher "erradamente" também pode ter custo de processamento e performance em geral.

Resolvendo o seu problema

Imagine essa tabela:

CREATE TABLE tempo
    (`id` int, `usuario` varchar(32), `dataEntrada` int(11), `dataSaida` int(11))
;

Imagine esses dados:

INSERT INTO tempo
    (`id`, `usuario`, `dataEntrada`, `dataSaida`)
VALUES
    (1, 'Inkeliz', '1451638800', '1451671200'),
    (2, 'Thiago', '1451638800', '1451667600'),
    (3, 'Inkeliz', '1451721600', '1451764800')
;

Os dados de dataEntrada e dataSaida estão em UNIX TIME, isso é medido em segundos desde 01/01/1970, salvo engano. Por isso estou a usar o INT, porque os dados serão inserido como:

mysqli_query($sql, 'UPDATE dataSaida SET dataSaida = "'.time().'" WHERE id = (SELECT * FROM (SELECT id FROM tempo WHERE usuario = "Thiago" ORDER BY id DESC LIMIT 1) as x)');

Isso irá obter o último id onde o usuário é Thiago, então atualizar o horário de saída. O horário de entrada seria definido pelo INSERT anteriormente.

Para você ver por exemplo, o número de horas trabalhadas poderá usar:

$tempoTrabalho = mysqli_query($sql, 'SELECT usuario, TIME_FORMAT(SEC_TO_TIME(SUM(ABS(`dataSaida`- `dataEntrada`))),"%H Horas %i Minutos") FROM tempo WHERE dataSaida != 0 GROUP BY usuario');

foreach(mysqli_fetch_all($tempoTrabalho) as list($usuario, $tempo)){

    echo $usuario.' trabalhou por '.$tempo;
    echo '<br>';

}

Resultado:

Inkeliz trabalhou por 21 Horas 00 Minutos
Thiago trabalhou por 08 Horas 00 Minutos

Esse exemplo pode ser complexo para quem está começando no MySQL/PHP!

A grande diferença desse código é que todo o trabalho é feito pelo MySQL, o PHP apenas tem o trabalho de exibir os dados, "como está".

Como a função está concentrada na query do MySQL, aqui está ela separada:

SELECT 
usuario, 
TIME_FORMAT(
  SEC_TO_TIME(
    SUM(
      ABS(`dataSaida`- `dataEntrada`)
    )
  ),'%H Horas %i Minutos') 

[...]

GROUP BY 
usuario

Veja no SQL Fiddle!

Explicações, de dentro para fora:

No SELECT:

ABS = Retorna o valor bruto (1 - 100 = 99).

SUM = Somará o resultado de todos os (A + B) baseado no GROUP BY.

SEC_TO_TIME = Converterá os segundos (retornados do SUM) para HH:MM:SS.

TIME_FORMAT = Irá entregar os dados (HH:MM:SS) no formato "0 Horas 0 Minutos".

Em resumo o MySQL é muito mais do que armazenar dados, como sugeriu. Nesse caso o PHP apenas teve o trabalho de exibir os dados, nenhum calculo foi feito por ele.

  • 1
    Muito bom, aprendi bastante.;) – MagicHat 31/07/16 às 12:57

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.