2

Boa noite, galera!

Estou desenvolvendo um sistema cliente/servidor multithread. Vários clientes se conectam e, quando enviam a string "Ocupada" 3 vezes, o código sai do while, inicia a contagem do tempo e finaliza a conexão com o mesmo. Quando o cliente é ligado novamente, se o envio não for "Ocupada", ele mostra o tempo que ficou desligado. Código a seguir:

 while (entrada.hasNextLine() && this.cont < 3) {

                saida.println("Situação?");
                String sit = entrada.nextLine();
                System.out.println(sit);//recebe situação

                if ("Ocupada".equals(sit)) {                    
                    this.cont++;                    
                } else if(temporizador.getStop() == 0 && temporizador.getDifTime() == 0 ) { // faz o stop e exibe tempo                                                            
                    temporizador.stop();
                    temporizador.difTempo(this.nomeDispositivo);                    
                }else{
                    this.cont = 0;
                }
                System.out.println(this.cont);                            
            }
            //inicia a contagem aqui e só exibe quando o temporizador.stop() for chamado ( dentro do while)
            if (temporizador.getStart() == 0){
            temporizador.start();
                System.out.println("Start no tempo!");
           }

A classe temporizador é a seguinte:

public class temporizador {

    private static long startValue = 0;
    private static long stopValue = 1;
    private static long difTime = 1;

    public static void start() {
        startValue = System.currentTimeMillis();
        stopValue = 0;
        difTime = 0;
    }

    public static void stop() {
        stopValue = System.currentTimeMillis();
        difTime = stopValue - startValue;            
    }

    public static void difTempo(String nome) throws SQLException {
        String format = String.format("%02d:%02d:%02d", difTime / 3600000, (difTime / 60000) % 60, (difTime / 1000) % 60);
        System.out.println(nome + " levou " + format);

        startValue = 0;
        stopValue = 1;
        difTime = 1;
    }

    public static long getStart(){
        return startValue;
    }
     public static long getStop(){
        return stopValue;
    }
     public static long getDifTime(){
        return difTime;
    }
}

Está funcionando perfeitamente mas para um cliente apenas, já que a contagem não sai de acordo quando mais de um cliente envia "Ocupada".

Gostaria de uma ajuda para implementação do temporizador como thread, de forma que os vários clientes acessem e exiba o tempo de cada um separadamente.

O programa já contabiliza separadamente o número de vezes que cada cliente enviou a string "Ocupada" por meio da variável cont. Entretanto, no temporizador isso não acontece. Para um cliente a contagem é feita perfeitamente, só que os valores não saem de acordo quando mais de um cliente acessa.

Dentro do while, o bloco else if é uma gambiarra que fiz (ainda acho que foi a melhor opção) que garante que o temporizador.stop() e temporizador.difTime(String) não executem antes de um temporizador.start(), já que no início do temporizador está stopValue = 1 e difTime = 1 e o this.cont = 0 zera a contagem caso o cliente envie algo diferente de "Ocupada".

        Temporizador temp = temporizadores.get(this.nomeDispositivo);            
        System.out.println(temp);
        while (entrada.hasNextLine() && this.cont < 3) {

            saida.println("Situação?");
            String sit = entrada.nextLine();
            System.out.println(sit); // Mostra a situação

            if ("Ocupada".equals(sit)) {
                this.cont++;
            } else if (temp != null) { // Para o temporizador e exibe o tempo.
                System.out.println(temp.measureTimeElapsed().getReport());
                temp = null;
                temporizadores.put(this.nomeDispositivo, null);
            } else {
                this.cont = 0;
            }
            System.out.println(this.cont);// Contagem das vezes que esteve ocupada

            String sql2 = "UPDATE vagas SET situacao = (?) WHERE nomeID = (?)";

            try (PreparedStatement stmt = conecta.conn.prepareStatement(sql2)) {
                stmt.setString(1, sit);
                stmt.setString(2, this.nomeDispositivo);
                stmt.executeUpdate();
            }
        }            
 //------------------------------------------------------------------------------            
// Inicia a contagem aqui e só exibe quando o measureTimeElapsed() for chamado (dentro do while).            
        if (temp == null) {
            temp = new Temporizador(this.nomeDispositivo);                
            temporizadores.put(this.nomeDispositivo, temp);
            System.out.println("Start no tempo!");
            System.out.println(temporizadores);
        }
  • Ele deve contabilizar o recebimento de "Ocupada" de maneira global (ou seja, três vezes independente de quem enviou), ou ele deve contabilizar separadamente para cada cliente (ou seja, cada cliente tem o seu processamento exclusivo e independente no lado do servidor)? – Victor Stafusa 31/07/16 às 12:56
  • Ele já contabiliza separadamente, o cont (que faz a contagem de vezes que o cliente envia "Ocupada") é feito separadamente para cada cliente. No temporizador que não acontece isso, para um cliente a contagem é feita perfeitamente, só que os valores não saem de acordo quando mais de um cliente acessa. – Leone Azevedo 31/07/16 às 17:12
  • Não entendi a parte do else if(temporizador.getStop() == 0 && temporizador.getDifTime() == 0 ), qual é o propósito disso? Se a string recebida for diferente de Ocupada, o que é que ele está tentando fazer? E o else { this.cont = 0; }? Em que circunstâncias essas estruturas devem ser utilizadas? – Victor Stafusa 31/07/16 às 19:20
  • Essa foi uma "Gambiarra" que fiz (ainda acho que foi a melhor opção), nele o if else garante que o temporizador.stop() e temporizador.DifTime() não executem antes de um temporizador.start(), já que no início do temporizador está stopValue = 1 e difTime =1. e o this.cont=0 zera a contagem caso o cliente envia algo diferente de "Ocupada". – Leone Azevedo 31/07/16 às 20:10
3

Notei que a sua classe temporizador contém todos os métodos e atributos estáticos, o que significa que um mesmo temporizador é compartilhado em todos os clientes. Entretanto, você parece querer que cada cliente tenha o seu próprio temporizador.

Vejamos o comportamento do seu temporizador. O método start() deve ser chamado primeiro, em seguida o stop() deve ser chamado e por fim o difTime(String) obrigatoriamente e necessariamente nessa ordem, caso contrário, o temporizador ficará maluco. Isso é um exemplo de coesão temporal (veja sobre isso nessa resposta), o que é ruim. E também é essa a causa do seu programa falhar, pois com múltiplas threads ao invés de você ter isso:

start(); stop(); difTime(String); start(); stop(); difTime(String); start(); stop(); difTime(String); ...

Terá isso:

start(); start(); stop(); start(); difTime(String); stop(); stop(); start(); difTime(String); difTime(String); stop(); ...

E o resultado será o caos.

Vejamos o que dá para fazer para resolver isso:

  • A primeira ideia seria utilizar instâncias do temporizador ao invés de manter tudo estático. Assim, cada cliente poderá ter o seu próprio temporizador.

  • Além disso, vejo que ao resetar as variáveis startValue, stopValue e difTime no método difTempo(String), você está tentando limpar o temporizador para que ele possa ser reutilizado no futuro. Ao utilizar instâncias isso não é mais necessário, basta você jogar fora a instância antiga (o coletor de lixo a destruirá) e usar uma nova.

  • O nome do processo que está sendo medido pode estar dentro do próprio temporizador ao invés de ser informado apenas no método difTempo. Assim sendo, o nome passaria a ser um parâmetro do construtor do temporizador.

  • Simplesmente ao retirar o static dos métodos e atributos e adicionar um construtor vazio (ou apenas com o nome como parâmetro), a classe teria que ser usada como construtor, start(), stop() e difTime(), necessariamente nessa ordem. O primeiro passo para diminuir o acoplamento temporal seria então unificar o construtor com o start().

  • Para melhorar ainda mais a coesão, eu substituo o stop() por um measureTimeElapsed(), que mede o tempo passado desde que o objeto foi instanciado e o retorna na forma de um outro objeto, que contém o método getDifTime(). Com tudo isso eu passo a ter um nível de coesão melhor (coesão funcional ao invés de temporal).

E então a sua classe Temporizador fica assim:

public final class Temporizador {

    private final String nome;
    private final long startValue;

    public Temporizador(String nome) {
        this.nome = nome;
        startValue = System.currentTimeMillis();
    }

    public MeasuredTime measureTimeElapsed() {
        return new MeasuredTime(this);          
    }

    public long getStart() {
        return startValue;
    }

    public String getNome() {
        return nome;
    }
}
public final class MeasuredTime {

    private final Temporizador temp;
    private final long endValue;

    MeasuredTime(Temporizador temp) {
        this.temp = temp;
        this.endValue = System.currentTimeMillis();
    }

    public long getStart() {
        return temp.getStart();
    }

    public long getEnd() {
        return endValue;
    }

    public long getDifTime() {
        return getEnd() - getStart();
    }

    public String getReport() {
        long difTime = getDifTime();
        long horas = difTime / 3_600_000;
        long minutos = (difTime / 60_000) % 60;
        long segundos = (difTime / 1_000) % 60;
        //long millis = difTime % 1_000;
        String format = String.format("%02d:%02d:%02d", horas, minutos, segundos);
        return temp.getNome() + " levou " + format;
    }
}

Note que coloquei Temporizador com letra maiúscula. As convenções de nomes no Java ditam que classes devem ter nomes iniciando por letras maiúsculas, e não costuma ser boa ideia desobedecer a convenção, embora seja permitido pela linguagem.

Além disso, note que as classes Temporizador e MeasuredTime são imutáveis, e portanto são muito mais fáceis de usar e testar e podem até mesmo ser compartilhadas entre muitas threads (embora no seu caso, isso não seja o que você quer).

Para usar o seu temporizador, em algum lugar antes do while você vai precisar declará-lo adequadamente:

// Em algum lugar você coloca isso:
Temporizador temp = null;

Ou então se já quiser começar com o temporizador ligado:

// Em algum lugar você coloca isso:
Temporizador temp = new Temporizador(this.nomeDispositivo);

Entretanto, como cada cliente tem o seu nome único e você vai precisar de um temporizador por cliente, então você usará um Map, assim:

private final Map<String, Temporizador> temporizadores;

No construtor da classe você o inicializa:

temporizadores = new ConcurrentHashMap<>(16);

Observe que as implementações mais comumente utilizadas (HashMap ou LinkedHashMap) não são propícias para serem acessadas por múltiplas threads, e por causa disso usamos o ConcurrentHashMap (do pacote java.util.concurrent).

Mais abaixo, o seu laço fica assim:

Temporizador temp = temporizadores.get(this.nomeDispositivo);

while (entrada.hasNextLine() && this.cont < 3) {
    saida.println("Situação?");
    String sit = entrada.nextLine();
    System.out.println(sit); // Mostra a situação

    if ("Ocupada".equals(sit)) {
        this.cont++;
    } else if (temp != null) { // Para o temporizador e exibe o tempo.
        System.out.println(temp.measureTimeElapsed().getReport());
        temp = null;
        temporizadores.put(this.nomeDispositivo, null);
    } else {
        this.cont = 0;
    }
    System.out.println(this.cont);
}

// Inicia a contagem aqui e só exibe quando o measureTimeElapsed() for chamado (dentro do while).
if (temp == null) {
    temp = new Temporizador(this.nomeDispositivo);
    temporizadores.put(this.nomeDispositivo, temp);
    System.out.println("Start no tempo!");
}

Observe que com isso você não precisa mais da gambiarra de definir que os valores 1 e 1 no stopValue e no difTime têm o significado especial de dizer que o start() não foi chamado. Ao invés disso, se o temp for null é porque o tempo ainda não começou a ser contado, mas se não for null é porque ele já começou, o que é mais intuitivo.

É possível que haja mais um monte de melhorias possíveis neste laço ou em outras partes do seu código que sejam correlatas, mas para isso seria necessário maiores informações sobre o contexto no qual ele é utilizado, e provavelmente já seria assunto para uma outra pergunta.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.