3

Eu tenho a seguinte estrutura:

struct Implicantes{
    int posicao;
    char binario[5];
    bool dontcare;
    bool tick;
    struct Implicantes *Next;
};

É possível alterar o tamanho do vetor de char "binario" de 5 para o tamanho de uma variável que viria como parâmetro de entrada para a estrutura (não sei se isso é possível também)? Preciso que o tamanho do vetor da estrutura mude durante o código mas não sei como fazer essa alteração.

  • Essa mudança (configuração das instancias da estrurura) precisa acontecer em tempo de compilação ou em tempo de execução? Todas as variáveis da estrutura terão sempre o mesmo tamanho do vetor ? – Intruso 25/07/16 às 15:42
  • O seu programa é em C ou em C++. São linguagens diferentes e, portanto, soluções diferentes. Por exemplo, bool é algo que não existe em C – user5299 26/07/16 às 2:26
  • Quando vejo essas estruturas com um ponteiro chamado Next, já imagino que é trabalho pra faculdade/escola e listas encadeadas..., mas quando vejo o nome Implicantes imagino que alguém esteja fazendo um jogo hehe – Kahler 26/07/16 às 19:55
2

Vou cobrir uma solução em C++ para o seu problema:

É possível alterar o tamanho do vetor de char "binario" (...)

Não é possível alterar o tamanho de uma array durante a execução do programa (usei o termo array ao invés de vetor e já deixarei claro a razão disso). Você terá de usar de outro tipo de variável, como nos exemplos das outras respostas. Em C++, existe uma solução padrão para quando queremos um número variável de elementos do mesmo tipo (no seu caso, um número variável de char), e é uma classe chamada vector:

#include <vector>

struct Implicantes{
  int posicao;
  bool dontcare;
  bool tick;
  struct Implicantes *Next;
  std::vector<char> binario;
};

Agora sim: um vetor, de tamanho variável, de char. Se esse código lhe parece estranho, vou esmiuçar um pouco, mas acho que uma explicação completa sai do escopo da pergunta:

O std:: indica que estamos usando um elemento da biblioteca padrão do C++ (std é uma abreviação de standard), estes elementos ficam todos dentro de um namespace com esse nome. E o <char> indica que tipo de variável o vetor guarda, você pode criar um vector<int>, vector<bool>, vector<Implicantes>, vector<qualquer_classe>.

No seu exemplo, a variável binario tem tamanho cinco, fixo, e espaço reservado para os cinco chars(que é a razão pela qual seu tamanho não pode ser alterado), já o vetor pode ter qualquer tamanho, e por isso ainda não possui espaço reservado. O que leva a segunda parte da questão...

(...) de 5 para o tamanho de uma variável que viria como parâmetro de entrada para a estrutura (não sei se isso é possível também)

Imagino que você seja novo a linguagem e não conheça construtores. Construtores são exatamente funções que recebem parâmetros no momento da criação de um objeto. Por exemplo:

struct Implicantes{
  int posicao;
  bool dontcare;
  bool tick;
  struct Implicantes *Next;
  std::vector<char> binario;
  //construtor recebe parâmetro e define tamanho do vetor [binario]
  Implicantes(unsigned int quantos_binario)
  {
    //resize é um método que altera o número de elementos do vetor
    binario.resize(quantos_binario);
  }
};

Essa função com o mesmo nome da estrutura é um construtor, e agora para criar um Implicantes você vai ter de fornecer um número, como no exemplo:

int main() {
  //cria Implicantes com binario contendo 2 char
  Implicantes A(2);
  //cria Implicantes com binario contendo 7 char
  Implicantes B(7);
}

Se você ainda quer poder criar um Implicantes sem dizer quantos elementos binario deve ter, pode declarar um construtor sem parâmetros, e este será usado quando você não fornecer nenhum parâmetro:

struct Implicantes{
    int posicao;
    bool dontcare;
    bool tick;
    struct Implicantes *Next;
    std::vector<char> binario;
    //construtor recebe parâmetro e define tamanho do vetor [binario]
    Implicantes(unsigned int quantos_binario)
    {
        binario.resize(quantos_binario);
    }
    //construtor sem nenhum parâmetro, define tamanho de vetor [binario] para 5
    Implicantes()
    {
        binario.resize(5);
    }
};

E agora...

int main() {
  //cria Implicantes com binario contendo 2 char
  Implicantes A(2);
  //cria Implicantes com binario contendo 7 char
  Implicantes B(7);
  //cria Implicantes com binario contendo 5 char
  //através do construtor padrão
  Implicantes C;
}

Depois que você definiu o tamanho do vetor, é só usar normalmente como com as arrays:

int main() {
  Implicantes C;
  C.binario[0] = '0';
  C.binario[1] = '1';
  C.binario[2] = 'z';
  //etc...
}
4

No você geralmente resolve isso com um ponteiro do tipo char e malloc para reservar o espaço dinamicamente:

struct Implicantes {
    int posicao;
    char *binario;
    bool dontcare;
    bool tick;
    struct Implicantes *Next;
}; 

struct Implicantes imp;
imp.binario = malloc(50 * sizeof *imp.binario);  
// 50 pode ser substituido por qualquer tamanho  

// ou ainda, se tudo vai ficar em escopo comum
// char s[50];
// imp.binario = s;

No eu simplesmente usaria uma string

struct Implicantes {
    int posicao;
    std::string binario;
    bool dontcare;
    bool tick;
    struct Implicantes *Next;
}; 

struct Implicantes imp = {};
std::string binario = "Essa e uma string chamada binario";
4

Se fosse um vetor em C++ poderia. Um array em C, como foi usado, não pode. Se estiver usando C++, ou muda para vector (no caso de char pode usar string) ou em C ou C++ muda para ponteiro e arca com todas consequências disto, como cuidar da alocação (tem exemplo na resposta do Anthony Accioly, mas note que terá que cuidar disto sempre), talvez não seja o que deseja.

Em qualquer caso se tiver que limitar o tamanho terá que ser feito manualmente. Em C é possível criar algumas facilidades, mas o consumidor dessa estrutura terá que lidar com tudo por vontade própria. Em C++ é possível abstrair todo o controle de acesso, mas dá um pouco mais de trabalho.

Até é possível ter um array único no final de um estrutura sem tamanho definido em C, mas não é compatível com todos compiladores, poucas pessoas usam, não é tão recomendado e acaba funcionando como um ponteiro. Melhor nem tentar.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.