3

Pergunta

Há algum recurso que alguma linguagem disponibiliza para poder-se adicionar em tempo de execução uma classe ao software em execução, ou seja, o software a reconhecer e assim poder instanciar objetos dessa classe e manipulá-los?


Imaginemos a seguinte situação:
Tomemos com exemplo a linguagem Java. Temos essa classe abstrata disponibilizada como esqueleto para que os usuários possam implementar:

public abstract class TypeGeneral {

    MyAttribute my_atr;   // um objeto qualquer que toda implementação
                          // de TypeGeneral tem que ter
    public General(MyAttribute e) {
         my_atr = e;
    }

    public abstract void run();    // <==

    public MyAttribute getAttr() { /*...*/ }
    public MyAttribute setAttr(MyAttribute e) { /*...*/ }

    // ...
}

Eu queria saber se há algum recurso que dê a possibilidade que, após o usuário fazer a sua classe estendendo a TypeGeneral, e assim implementando o método run(), possa, em tempo de execução, adicioná-la ao sistema que está executando, e o sistema, reconhecendo-a, faça manipulações com o objetos da mesma.

Vi algo sobre Reflection, mas não soube adaptar ao meu problema. Alguém se dispõe?

Linguagens preferenciais

  • Java
  • Python
  • C#
  • C++

1 Resposta 1

0

Isso é muito comum em Java. Os drivers JDBC, por exemplo, são carregados na memória por meio desse tipo de mecanismo. Isso é útil nas situações onde não é possível saber a priori (em tempo de desenvolvimento) a classe que será instanciada.

Um pequeno exemplo. Suponha que exista a seguinte classe em seus sistema:

package com.company;

class TesteClasseDinamica {
    public int x;
    public int y;
}

Suponha agora que você esteja em outra classe e queira instanciar um objeto da classe com.company.TesteClasseDinamica de maneira dinâmica:

public static void main(String[] args) throws ClassNotFoundException, IllegalAccessException, InstantiationException {
    Class clazz = Class.forName("com.company.TesteClasseDinamica");

    TesteClasseDinamica t = (TesteClasseDinamica) clazz.newInstance();
    t.x = 2;
    t.y = 3;

    System.out.print(t.x);
    System.out.print(t.y);
}

Note que, nesse cenário, para instanciar um objeto da classe TesteClasseDinamica utiliza-se o método newInstance() da classe Class.

Isso é muito importante em JDBC, pois a interface precisa ser genérica, de forma a atender qualquer banco de dados relacional. Como não é possível prever qual será a implementação (driver JDBC) utilizado pela aplicação, utiliza-se esse mecanismo para instanciar o driver de forma dinâmica.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.