3

Finalmente cheguei a uma versão alpha do meu app Android e resolvi envia-lo ao Play Store pela primeira vez. Como nunca fiz isso antes( sou novo no mundo de desenvolvimento Android), li alguns tutoriais e fui capaz de gerar um app assinado em meu Android Studio e deixa-lo pronto para o Play Store. Como se trata de uma versão alpha, criei um grupo de alpha test em meu Play Store console e adicionei meia duzia de amigos. Tudo funciona perfeitamente bem. Os testadores conseguem baixar o app, instalar e usar.

O problema começa quando preciso adicionar novas funcionalidades ao app. Obviamente o fluxo para isso é programar novas funcionalidades no android studio e assim que elas estiverem prontas gerar novamente o .apk assinado e fazer o upload para o Play Store, para que ele se encarregue de distribui-la aos meus alpha testers. Novamente, estou seguindo este fluxo e esta tudo dando certo.

Porém meu aplicativo usa algumas apis do Google, como o Sign In, Google Play Games e Google Maps. E algumas dessas necessitam da credencial de cliente OAuth 2.0 criada no Google Developer Console(que já foi criada por min e esta funcionando corretamente) para funcionar. Como muitos de vocês devem saber, esta credencial em particular necessita da chave SHA-1 do apk assinado para funcionar corretamente. Ai que vem o problema. Toda vez que estou programando novas funcionalidades para o .apk, tenho que ir na credencial de cliente OAuth 2.0 (no google dev console) e mudar a chave SHA-1 para a chave do .apk de debug. O que obviamente faz com que meus alpha testers que estão usando o release .apk não consigam ter mais acesso as apis do google implementadas no app. Por exemplo, o usuario não consegue mais logar no app via o Google Sign In. E novamente, quando acabo de subir a atualização para o PLay Store, retorno a chave SHA-1 para a chave do release .apk e tudo volta a funcionar para meus alpha testers.

Sei que deve ter uma maneira de contornar este problema, mas por ser novato com o Android não estou sabendo como fazer. Gostaria de alguma luz da galera mais experiente. Valeu =)

  • Thiago, se não estou enganado, você pode cadastrar mais de uma chave sha1 no console do projeto não? Não sei nem se é necessário configurar algo extra no app, preciso verificar. Acho que apenas cadastrar a sua chave sha1 de debug e a sua de release no console deve resolver o problema. – Wakim 11/07/16 às 15:31
  • Não tenho certeza, mas pode ser que sim. Então, supondo que possa, penso que sua linha de raciocínio seria criar uma nova credencial de cliente OAuth 2.0 e configura-la com a chave SHA-1 gerada pelo Android Studio para o debug apk. Estou certo? – sThiago 11/07/16 às 15:35
  • 1
    Então, se você cadastrar apenas o API key, não precisa fazer nenhuma alteração no app. Apenas gerar as duas SHA-1 baseada nos dois build types e cadastrar lá. Em relação ao OAuth 2.0 Client Ids, é a mesma situação. Acredito que você precise cadastrar os 3 artefatos criados no seu google-services.json (a API Key e os 2 Client IDS). – Wakim 11/07/16 às 15:48
  • Acho que intendi. Só uma coisa, quando vc diz gerar as duas SHA-1 baseadas nos dois build types, isso quer dizer build>generate signed APK e mudar o build type pra debug, certo? – sThiago 11/07/16 às 16:10
  • Wakin, muito obrigado. Segui sua linha de raciocínio e deu certo. – sThiago 11/07/16 às 16:31
3

Quando vou trabalhar com alguma Api assinada costumo gerar o .apk de debug assinado, assim, terei apenas um SHA-1.

Para isso, coloque seu .keystore na raiz no seu Projeto (no mesmo nível da pasta app).

Em seu build.grade (do módulo) adicione o seguinte:

android {
    signingConfigs {
        deployer{
            keyAlias KEY_ALIAS
            keyPassword KEY_PASSWORD
            storeFile file(STORE_FILE)
            storePassword STORE_PASSWORD
        }

    }
    buildTypes {
        release {
            …
            signingConfig signingConfigs.deployer
        }
        debug {
            signingConfig signingConfigs.deployer
        }
   }
 …
}

No arquivo grade.propeties adicione:

    STORE_FILE=../nomeDoArquivo.keystore
    STORE_PASSWORD=senhaDoStore
    KEY_ALIAS=seuAlias
    KEY_PASSWORD=suaSenhadoAlias

Com isto, seu .apk de degub será sempre assinado!

Para saber mais, segue a documentação!

  • Hmm, gostei da sua abordagem. Vou tentar desta maneira =) – sThiago 11/07/16 às 18:24
  • Thiago, fiquei com algumas duvidas. o .keystore que você fala pra copior pra raiz do projeto é o debug.keystore que fica na pasta .android? O storeFile é o path do debug.keystore ou o path do meu .jks gerado quando vou assinar meu apk? Valew – sThiago 11/07/16 às 20:22
  • 1
    Cara, agora intendi. As constantes no grade.properties são referenciadas no build.grade – sThiago 11/07/16 às 20:33
  • é o path do debug.keystore! e o STORE_FILE é o caminho pra ele! Então, se voce colocar na raiz no projeto o caminho fica: ../nomeDoArquivo.keystore. – Thiago Luiz Domacoski 11/07/16 às 20:35
  • Exato! Você pode deixar no gradle mesmo!!! Mas colocando no .properties ele não fica tão na cara! – Thiago Luiz Domacoski 11/07/16 às 20:37

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.