24

Estou tentando criar uma expressão regular par validar um e-mail qualquer, escrevi a expressão abaixo, mas ela não está funcionando do jeito esperado:

var parse_email = /^[a-z0-9.]+@[a-z0-9]+\.[a-z]+\.([a-z]+)?$/i;

O que esperava de cada trecho:

  • [a-z0-9.]+ - parte antes do @ do e-mail, nome do usuário;
  • @ - caractere de arroba obrigatório;
  • [a-z0-9]+ - parte depois do @ do e-mail, nome do provedor;
  • \. - caractere de ponto depois do nome do provedor;
  • [a-z]+ - geralmente onde é colocado o .com;
  • \. - caractere de ponto depois do .com, só deveria ser obrigatório caso haja por exemplo um .br ou a abreviação de qualquer outro país no final do e-mail;
  • ([a-z]+)? - geralmente onde é colocado a abreviação do país.

Como testei a expressão:

var espacos = '                           ';
var parse_email = /^[a-z0-9.]+@[a-z0-9]+\.[a-z]+\.[a-z]?$/i;
console.log("foo.bar@gmail.com" + espacos.substring("foo.bar@gmail.com".length) + parse_email.test("foo.bar@gmail.com"));
console.log("foo.bar@gmail.com.br" + espacos.substring("foo.bar@gmail.com.br".length) + parse_email.test("foo.bar@gmail.com.br"));
console.log("foo.bar@gmail.com.br.br" + espacos.substring("foo.bar@gmail.com.br.br".length) + parse_email.test("foo.bar@gmail.com.br.br"));
console.log("foo.bar@gmail." + espacos.substring("foo.bar@gmail.".length) + parse_email.test("foo.bar@gmail."));
console.log("foo.bar@gmailcom" + espacos.substring("foo.bar@gmailcom".length) + parse_email.test("foo.bar@gmailcom"));
console.log("foo.bargmail.com" + espacos.substring("foo.bargmail.com".length) + parse_email.test("foo.bargmail.com"));
console.log("@gmail.com" + espacos.substring("@gmail.com".length) + parse_email.test("@gmail.com"));
  • 6
    sugestão: valide só o básico, pois se tem uma coisa irritante pro usuário final é tentar se cadastrar com um email válido e não conseguir (eu mesmo tenho o hábito de ligar pro marketing da empresa queimando o programador. parece meio xiita, mas eu penso muito nos leigos que não entendem o que está acontecendo). Tem caracteres, uma arroba, mais caracteres, um ponto ao menos depois e 2 caracteres ou mais? Tá ótimo já. Hoje tem domínio com acento, tem lugar que pode ponto no nome, tem lugar com underline, tem uns com sinal de mais. Melhor não complicar (ou use a RFC atualizada e completa). – Bacco 29/12/13 às 14:47
26

Primeiramente você precisa aceitar que não será capaz de processar todos os e-mails possíveis. A especificação deles é longa e complicada. Por exemplo, aqui está uma regex que aceita todos os emails e nada mais: http://ex-parrot.com/~pdw/Mail-RFC822-Address.html

Tendo isso em mente, parte-se para fazer uma regex que possa acertar na maioria dos casos.

/^[a-z0-9.]+@[a-z0-9]+\.[a-z]+\.([a-z]+)?$/i

(regexplained)

Seu erro aqui foi apenas o de não incluir o último \. dentro dos parênteses. Fazendo isso tenho esse resultado:

zignd.igor@gmail.com       true
zignd.igor@gmail.com.br    true
zignd.igor@gmail.com.br.br false
zignd.igor@gmail.          false
zignd.igor@gmailcom        false
zignd.igorgmail.com        false
@gmail.com                 false

Que acredito ser o que você busca. Mas isso vai falhar em diversos outros casos. Como se o email incluir underlines ou +, ou se o dominio incluir muitos caracteres (como alguns do governo alguem@orgao.uf.gov.br, já tive problemas com esses).

Uma sugestão mais completa, vinda da especificação do HTML5 pela W3C:

The following JavaScript- and Perl-compatible regular expression is an implementation of the above definition.

/^[a-zA-Z0-9.!#$%&'*+/=?^_`{|}~-]+@[a-zA-Z0-9](?:[a-zA-Z0-9-]{0,61}[a-zA-Z0-9])?(?:\.[a-zA-Z0-9](?:[a-zA-Z0-9-]{0,61}[a-zA-Z0-9])?)*$/

(regexplained)

Lembre-se que validações em client-side não devem ser consideradas confiáveis, especialmente em javascript, pois o usuário pode alterar o código e burlar a validação. Deve sempre existir uma validação feita pelo servidor, geralmente enviando um e-mail de confirmação. Usualmente a validação no cliente é usada apenas para melhorar a experiencia de usuário, mostrando o que está errado sem a demora de esperar uma resposta do servidor.

  • 3
    +1 Estava para postar a mesma resposta, mas você foi mais rápido... :) Nesse caso, deixo aqui apenas uma referência adicional, com mais opções de regexes e um teste extensivo dos seus falsos positivos e negativos. – mgibsonbr 28/12/13 às 19:44
  • 2
    Sugiro colocar um /g no final da expressão para evitar que um texto qualquer seja injetado no final da String. Exemplo: "zignd.igor@gmail.com xyz" é aceito sem o g. – utluiz 28/12/13 às 20:13
  • @utluiz o ^ e $ já não dariam conta desde caso? Testei com "a@a.com" e "a@a.com x", o primeiro passa enquanto que o segundo falha. Não entendi. – Guilherme Bernal 28/12/13 às 21:20
  • 3
    emails com mais de 2 pontos depois da arroba são perfeitamente válidos, e bem comuns em organizações com subdomínios, especialmente acadêmicas. exemplo tirado de alguns contatos meus: nomedocontato@if.sc.usp.br – Bacco 29/12/13 às 14:19
  • 1
    +1 pelo site regexplained. – Adriano P 2/01/14 às 3:00
12

Dificuldades na Validação de E-mails

Validar e-mails com RegEx, ainda mais via Javascript, pode ser uma faca de dois gumes. E-mails válidos podem ser rejeitados e inválidos podem ser aceitos na maioria das expressões usadas comumente nos sites mundo afora.

Por outro lado, é importante entender que não é necessário, nem é recomendável, validar um e-mail muito rigidamente, afinal somente saberemos se ele é verdadeiramente válido quando enviarmos um e-mail para o endereço em questão.

Uma discussão interessante sobre validação de e-mail pode ser encontrada neste link.

Validação com Regex

Uma expressão regular que valida adequadamente um e-mail de acordo com a definição oficial de e-mails pode ser encontrada neste link. Entretanto, ela é muito complexa e provavelmente não suportada pelas engines de Javascript.

Uma simplificação pode ser encontrada no artigo citado anteriormente (primeiro link), que seria:

/[a-z0-9!#$%&'*+/=?^_`{|}~-]+(?:\.[a-z0-9!#$%&'*+/=?^_`{|}~-]+)*@(?:[a-z0-9](?:[a-z0-9-]*[a-z0-9])?\.)+[a-z0-9](?:[a-z0-9-]*[a-z0-9])?/gi

Veja o jsfiddle.

Note que o sufixo /gi ao final. O i faz com que e-mails com letras maiúsculas e minúsculas sejam aceitos. O g faz com que a expressão verifique a String como um todo. Sem o g, um e-mail como zignd.igor@gmail.com zignd.igor@gmail.com seria aceito.

Ajustando a Expressão Regular da Pergunta

Quanto à expressão original da pergunta, um pequeno ajuste faria ela funcionar:

/^[a-z0-9.]+@[a-z0-9]+\.[a-z]+(\.[a-z]+)?$/i

Note que o último parêntesis aberto está agora antes do último caractere de ponto final, que também deve ser opcional. Por outro lado, esta expressão terá muitos falsos-positivos. A expressão anterior é mais adequada.

Veja o jsfiddle.

Conclusão

A expressão regular proposta na pergunta pode ser facilmente corrigida, mas ela inviabilizará e-mails válidos de serem aceitos. A outra expressão citada mais acima é mais recomendada. Embora e-mails como teste@gmail.com.br.br sejam aceitos, eles são, em teoria, perfeitamente válidos.

  • 2
    Sugiro substituir o ? no último trecho por *, para suportar um número ilimitado de sub-domínios: (\.[a-z]+)* Menos falsos negativos... (ou melhor ainda, junte o \.[a-z]+ anterior a ele, resultando em (\.[a-z]+)+) – mgibsonbr 28/12/13 às 19:53
  • 1
    @mgibsonbr Concordo, mas se está se referindo à seção "Ajustando a Expressão Regular da Pergunta", isso foi apenas para fazer a expressão funcionar no teste. A expressão recomendada mais acima já aceita subdomínios ilimitados. – utluiz 28/12/13 às 19:57
4

Duas expressões que uso sem problema são:

"^[_a-z0-9-]+(\.[_a-z0-9-]+)*@[a-z0-9-]+(\.[a-z0-9-]+).(\.[a-z]{2,3})$"

"^[a-zA-Z0-9_.-]+@[a-zA-Z0-9-]+.[a-zA-Z0-9-.]+$"

Dessa maneira:

 <script type="text/javascript">
function validateEmail(email)
{
 var reg = /^\w+([-+.']\w+)*@\w+([-.]\w+)*\.\w+([-.]\w+)*$/
 if (reg.test(email)){
 return true; }
 else{
 return false;
 }
} 
</script> 

Porém, adianto que não é mais interessante utilizar essas validações, pois elas erram muito com os novos domínios e extensões. Aconselho você a dar uma olhada no artigo do Douglas Lovell, que é para PHP mas facilmente se converte para JS.

0

Crie uma função com o nome exemplo: validEmail. Essa função deve receber o e-mail por parâmetro e verificar se é um e-mail válido.

O nome do usuário (antes do arroba), pode ser qualquer caractere alfanumérico, incluindo o underscore, sinal de "+" e o ponto

Após o arroba, o domínio pode conter somente caracteres alfanuméricos e o underscore;

Para a extensão, o domínio deve vir seguido de um ponto, e no mínimo 2 caracteres alfanuméricos;

O final do domínio é opcional, mas se existir, deve começar com um ponto, seguido de no máximo 2 caracteres alfanuméricos

inserir a descrição da imagem aqui

Após as devidas explicações segue o código javascript da função com o regex

function validEmail(email){
    return /^[\w+.]+@\w+\.\w{2,}(?:\.\w{2})?$/.test(email)
}

Essa função ira retornar true ou false

0

Com syntax do HTML5 também é possível fazer uma validação no HTML mesmo definindo o type do input para "email".

<input type="email" name="email"/>

-4

Pode usar sem medo, funciona até em Typescript.

[A-Za-z0-9\\._-]+@[A-Za-z0-9]+\\..(\\.[A-Za-z]+)*

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.