3

Tenho um projeto que contém minhas classes que representam minhas entidades no meu BD. Então, como exemplo vai aí:

Na tabela Endereco, eu recebo uma FK de Bairro(IdBairro). Para representar melhor na minha POCO, qual a melhor ou única forma? Eu faço:

public virtual ICollection<Bairro> Bairros 

ou simplesmente

public virtual int IdBairro

Há um momento em que eu devo usar essa ou aquela abordagem?

  • Estamos falando de Entity Framework? – Leonel Sanches da Silva 1/07/16 às 19:48
  • @CiganoMorrisonMendez sim, nesse caso sim. – pnet 5/07/16 às 19:15
3

O modificador virtual serve para informar que esta propriedade pode ser modificada por alguma classe que herde desta classe, então só faz sentido você marcar uma propriedade como virtual se você planeja criar alguma classe que herde dela e possa modificar o comportamento da mesma.

Usando como exemplo o Entity Framework, você possivelmente teria algo do gênero:

public class Endereco
{
    public int BairroID { get; set; }
    public virtual Bairro Bairro { get; set; }
}

Isto ocorre porque o Entity Framework precisa criar uma classe em tempo de execução. Esta classe irá sobrescrever a propriedade Bairro para que ela realize uma consulta quando for acessada, então teríamos algo do gênero:

public class Endereco_0C88CB7B3C2849FC85E80ECB5A1FAD4B : Endereco
{
    private Bairro _bairro;

    public override Bairro Bairro 
    { 
        get
        {
            if (bairro == null || bairro.BairroID != this.BairroID)
                this._bairro = context.Bairros.Find(this.BairroID);                
            return this._bairro;
        }
        set
        {
            this._bairro = value;
            this.BairroID = this._bairro!= default(Bairro) ? this._bairro.BairroID : default(int);
        }
    }
}

Note que a implementação acima não é nem próxima da implementação feita pelo Entity Framework, está ai apenas para ilustrar o Lazy Loading realizado pelo mesmo.

Agora, quanto à pergunta, o que é melhor, aconselho que siga a recomendação dada pelo ORM/Framework que está utilizando.

No caso do NHibernate, talvez será interessante ter todas as propriedades virtual e não ter a contra-parte para as propriedades de navegação, neste caso você teria apenas a public virtual Bairro Bairro e não teria a public virtual int BairroID.

Já no Entity Framework, eu diria para marcar como virtual apenas as propriedades de navegação, e manter a propriedade de navegação e a sua contra-parte, então você teria tanto public virtual Bairro Bairro, como public int BairroID (este último sem o virtual).

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.