2

Eu estou me referenciando por este site aqui Como declarar ponteiros em C

Normalmente quando queremos iniciar uma variável do tipo inteiro, por exemplo, fazemos int inteiro = 4;m mas e se fizéssemos int *inteiro_ptr = 4; pode implicar em alguma coisa no código ou por alguma razão não é aconselhável? Eu já fiz alguns testes e não apresentou nenhum problema.

#include <stdio.h>

int main(void) {

    int inteiro = 4;
    int *inteiro_ptr = 4;

    printf("Valor da variariavel 'inteiro': %d\n", inteiro);
    printf("Endereco da variariavel 'inteiro': %d\n", &inteiro);
    printf("Valor armazenado no ponteiro 'inteiro_ptr': %d\n", inteiro_ptr);
    printf("Endereco armazenado no ponteiro 'inteiro_ptr': %d\n\n", &inteiro_ptr);

    printf("Apos o uso dos ponteiros, vamos aponta-los para NULL\n\n");
    inteiro = NULL;
    inteiro_ptr = NULL;
    printf("Endereco armazenado no ponteiro 'inteiro': %d\n", inteiro);
    printf("Endereco armazenado no ponteiro 'inteiro_ptr': %d\n", inteiro_ptr);

    return 0;
}
  • 1
    O bigown já disse tudo. Só queria complementar dizendo que ,por exemplo,em int *var_ptr; você só está a declarar um ponteiro para um inteiro o que muitas vezes nos confunde é o * porque normalmente quando colocamos o * é para apontar o ponteiro para um certo valor. Quando fazint *var_ptr = &var; já está correto pois é a mesma coisa que int *var_ptr; e depois var_ptr = &var;. O meu conselho é quando quer declarar um ponteiro para uma certa variável de um certo tipo faça int* var_ptr; deixei o * colado ao int invés de colado ao nome da variável penso que confunda menos. – Tiago Martins 22/06/16 às 19:11
  • Concordo com o @MtTech, desde que você nunca declare mais de uma variável na mesma linha, se fizer isto, dá @#$%&!*. – Maniero 22/06/16 às 19:45
  • A resposta resolveu o que procurava saber? Acha que é possível aceitá-la agora? Se não, precisa que algo mais seja melhorado? – Maniero 17/09/16 às 13:17
5

Isso está completamente errado. O que este código está fazendo é dizer que a variável inteiro_ptr tem o valor 4 (depois o valor 0 quando a anula), portando ela se refere à posição 4 (5o. byte) da memória virtual da sua aplicação. Isto certamente não é o que deseja e está acessando um local indevido.

Dependendo das opções de compilação, o código nem compila. Veja no ideone com opções seguras. Também no CodingGround.

Uma variável do tipo ponteiro deve guardar um endereço de memória sempre. Esse endereço será usado para acessar um objeto que conterá o valor que deseja armazenar de verdade. Essa é uma forma de indireção.

Em geral o objeto referenciando é armazenado no heap. Nada obriga que seja lá, o exemplo da pergunta até mostra isso, mas é o mais comum.

Para alocar a memória no heap o mais comum é usar a função malloc(). Ela requisita a memória necessária (se for o caso pede para o sistema operacional) e retorna para o código um ponteiro para essa porção de memória. Aí seu código deve colocar o valor que pretende lá no objeto alocado.

Código melhorado (não sei se faz o que desejava, mas é mais correto):

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>
int main(void) {
    int inteiro = 4;
    int *inteiro_ptr = malloc(sizeof(int));
    *inteiro_ptr = 4; //aqui está colocando o valor no endereço apontado pela variável

    printf("Valor da variariavel 'inteiro': %d\n", inteiro);
    printf("Endereco da variariavel 'inteiro': %p\n", (void *)&inteiro);
    printf("Valor armazenado no ponteiro 'inteiro_ptr': %d\n", *inteiro_ptr);
    printf("Endereco armazenado no ponteiro 'inteiro_ptr': %p\n\n", (void *)inteiro_ptr);

    printf("Apos o uso dos ponteiros, vamos aponta-los para NULL\n\n");
    inteiro = 0; //esta variável não é um ponteiro, quer zerá-la, faça com 0
    inteiro_ptr = NULL;
    printf("Endereco armazenado no ponteiro 'inteiro': %d\n", inteiro);
    printf("Endereco armazenado no ponteiro 'inteiro_ptr': %p\n", (void *)inteiro_ptr);
    return 0;
}

Veja funcionando no ideone e no CodingGround.

Note que eu nem tentei acessar o valor de inteiro_ptr depois de anulá-lo, isso daria erro em tempo de execução. Tive que fazer um cast para atender ao requisito do printf().

Tem um monte de pequenos detalhes mas acho que já foge do escopo da pergunta.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy