3

Estou tentando aprender Hibernate com JPA, fiz um teste para gravar no banco JavaDB e percebi que o id autoincrement em vez de gerar uma sequencia inicial de um digito (1,2,3,4...) está gerando uma sequencia que começa no 1 e pula para o 101, 201, 301, 401... Ou seja, a cada novo registro ele adiciona 100 para o ID.

Como fazer para o autoincrement ficar normal, gerando 1,2,3,4?

Porque e qual utilidade dele gerar um id com essa sequencia?

Classe Cliente

@Entity
public class Cliente {

    @Id
    @GeneratedValue
    private int id;
    @Column(nullable=false, length=100)
    private String nome;
    @Column(nullable=false, length=250)
    private String endereco;
    @Column(nullable=false, length=8)
    private int rg;
    @Column(nullable=false, length=12)
    private int cpf;
    @Temporal(TemporalType.DATE)
    private Date date;
    @Temporal(TemporalType.TIME)
    private Date time;

    public int getId() {
        return id;
    }

    public void setId(int id) {
        this.id = id;
    }

    public String getNome() {
        return nome;
    }

    public void setNome(String nome) {
        this.nome = nome;
    }

    public String getEndereco() {
        return endereco;
    }

    public void setEndereco(String endereco) {
        this.endereco = endereco;
    }

    public int getRg() {
        return rg;
    }

    public void setRg(int rg) {
        this.rg = rg;
    }

    public int getCpf() {
        return cpf;
    }

    public void setCpf(int cpf) {
        this.cpf = cpf;
    }

    public Date getDate() {
        return date;
    }

    public void setDate(Date date) {
        this.date = date;
    }

    public Date getTime() {
        return time;
    }

    public void setTime(Date time) {
        this.time = time;
    }

}

O teste na classe Main

public class Main {

    public static void main(String args[]){
        System.out.println("Worked!");
        EntityManagerFactory factory = Persistence.createEntityManagerFactory("teste");

        Cliente cliente = new Cliente();
        cliente.setNome("Joao");
        cliente.setCpf(58756456);
        cliente.setDate(new Date());
        cliente.setTime(new Date());
        cliente.setRg(4568);
        cliente.setEndereco("Rua dos anjos n 666");
        EntityManager entityManager = factory.createEntityManager();
        entityManager.getTransaction().begin();
        entityManager.persist(cliente);
        entityManager.getTransaction().commit();
        entityManager.close();
    }
}

Screenshot da tabela no JavaDB: JavaDB

Edit: (Esqueci de por o persistence.xml)

<?xml version="1.0" encoding="UTF-8"?>
<persistence version="2.1" xmlns="http://xmlns.jcp.org/xml/ns/persistence" xmlns:xsi="http://www.w3.org/2001/XMLSchema-instance" xsi:schemaLocation="http://xmlns.jcp.org/xml/ns/persistence http://xmlns.jcp.org/xml/ns/persistence/persistence_2_1.xsd">
  <persistence-unit name="teste" transaction-type="RESOURCE_LOCAL">
    <provider>org.hibernate.jpa.HibernatePersistenceProvider</provider>
    <properties>
      <property name="dialect" value="org.hibernate.dialect.DerbyDialect"/>
      <property name="connection.driver_class" value="org.apache.derby.jdbc.EmbeddedDriver"/>
      <property name="hibernate.show_sql" value="true"/>
      <property name="hibernate.format_sql" value="true"/>
      <property name="hibernate.hbm2ddl.auto" value="create"/>
      <!--  atualiza o banco, gera as tabelas se for preciso -->
      <property name="javax.persistence.jdbc.url" value="jdbc:derby:Teste01;create=true"/>
      <!--<property name="javax.persistence.jdbc.user" value="root"/> -->
      <property name="javax.persistence.jdbc.driver" value="org.apache.derby.jdbc.EmbeddedDriver"/>
      <!-- <property name="javax.persistence.jdbc.password" value=""/> -->
      <property name="javax.persistence.schema-generation.database.action" value="create"/>
    </properties>
  </persistence-unit>
</persistence>
  • Veja se te ajuda: stackoverflow.com/questions/14316187/… – adelmo00 17/06/16 às 3:40
  • Eu estou usando Hibernate com JPA, o proprio Hibernate gera a tabela... Não crio a tabela manualmente – felipe.rce 17/06/16 às 3:48
  • O problema de alterar a tabela pelo código é que isso não soluciona o problema... Quando ela for gerada de novo (caso seja removida) o problema continua, sem falar que eu teria que usar isso em todas as tabelas – felipe.rce 17/06/16 às 3:49
3

A partir do JPA 2.1 (Java EE 7) a anotação Column ganhou um atributo columnDefinition que pode ser utilizado para mudar a definição de um campo. Exemplo:

@Id
@GeneratedValue
@Column(name="ID", columnDefinition="INTEGER NOT NULL GENERATED ALWAYS AS IDENTITY (START WITH 1, INCREMENT BY 1")
private int id;

Mas no caso do Derby (JavaDB é uma variação do Derby empacotado pela Oracle) incrementar por 1 é o padrão (veja documentação oficial)

Eu chutaria que você está vendo incrementos de 100 devido a prealocação de valores. Provavelmente você não está "desligando" seu database, de forma que cada vez que você executa sua aplicação ela aloca um novo bloco.

Conforme essa resposta no SOen as duas opções são:

  1. Desligar o database (ou seja, abrir uma conexão para o seu database passando o parâmetro ;shutdown=true antes de sair da sua aplicação).
  2. Setar derby.language.sequence.preallocator=1, veja que isso potencialmente piora a concorrência entre sequências.
  • Anthony, para um pool de conexão onde não realiza o fechamento das conexões, apenas as sessões, a "columnDefinition" resolveria o problema? – Matheus 17/06/16 às 11:46
  • Acredito que não, mas o parâmetro resolveria em troca de performance. Eu recomendaria o shutdown (você pode customizar sua aplicação ou o shutdown do seu servidor de aplicação. Alternativamente você pode rodar o JavaDB como um server separado ao invés de embedded e fazer o shutdown manualmente) – Anthony Accioly 17/06/16 às 13:07
  • mas se eu tiro o ;create=true o banco de dados não é gerado na execução, ai como eu faço nesse caso? @AnthonyAccioly – felipe.rce 18/06/16 às 22:16
  • Não entendi sua dúvida Felipe. O seu persistence.xml pode ter create=true se a idéia é gerar um novo banco de dados (novos arquivos físicos) em cada execução. A minha sugestão foi para que você feche o banco ao desligar a aplicação (e.g, abra uma conexão JDBC simples com shutdown=true). Melhor ainda seria startar o Java DB em modo servidor e posteriormente fazer um shutdown manual. – Anthony Accioly 18/06/16 às 23:05
  • eu nunca usei JavaDB, é a primeira vez que vejo essa opção... Então, eu manti a mesma configuração do meu persistence.xml que postei na pergunta, eu alterei somente a parte do jdbc:derby:Teste01;create=true para jdbc:derby:Teste01;shutdown=true acontece que com isso ele da erro afirmando que o DB não existe, e eu preciso que o DB seja gerado caso não exista, não posso usar uma conexão normal do jdbc, tenho que usar só o hibernate. (esqueci de por o persistence.xml na pergunta, agora eu coloquei!!!) @AnthonyAccioly – felipe.rce 18/06/16 às 23:53

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.