5

Trabalho com uma simples task do Gulp, criada para realizar um deploy em ambiente de produção. De uma maneira simplificada, a task é:

gulp.task('deploy-prod', function () {
    return gulp.src('dist/**')
        .pipe(sftp({
            host: '000.000.000.000',
            user: 'user',
            pass: 'pass',
            remotePath: '/var/www/html/meusite/',
            port: 22
        }))
        .pipe(gulp.dest('dist'));
});

que eu rodo com o com

$ gulp deploy-prod

Existe um outro ambiente (de homologação) que, obviamente, possuí endereço e credenciais diferentes. Para este, possuo uma task chamada deploy-homolog, cuja lógica é a mesma. Este é apenas um caso, dentre tantos outros, onde acabo tendo que repetir o código das minhas tasks por apresentarem características levemente diferentes em dados momentos do desenvolvimento.

Minha pergunta é: existe uma maneira de parametrizar a execução dessas tasks, via linha de comando? Minha intenção era rodar

$ gulp deploy --prod

ou

$ gulp deploy --homolog

e ter apenas uma task deploy, que executaria uma rotina baseada nesta flag. Isso é possível? Se sim, como?

5
+50

Por padrão o gulp não aceita parâmetros dessa forma, mas, você pode utilizar o módulo yargs para trabalhar com estes argumentos (existem diversos módulos para esta situação).

Vou utilizar um exemplo simples mas que pode ser usado para resolver o seu problema, segue o código:

gulpfile.js

var gulp = require('gulp')
    yargs = require('yargs'),
    args = yargs.argv;

gulp.task(
    'default',
    function () {
        if (args.prod) {
            console.log('Production tasks are running.');
        }
        if (args.dev) {
            console.log('Development tasks are running');
        }
    }
);

Agora, você pode executar as tarefas em produção com o comando gulp --prod, ou, as tarefas em desenvolvimento com o comando gulp --dev por exemplo.

Edição

Vou adicionar uma segunda forma de se obter o mesmo resultado, mas sem o uso de um novo módulo/dependência. Veja como fica:

gulpfile.js

var gulp = require('gulp');

gulp.task(
  'deploy',
  function () {
    var production = process.argv.indexOf('--production') !== -1;

    if (production) {
      console.log('Running production tasks.');
    }
    if (! production) {
      console.log('Running development tasks.');
    }
  }
);

Agora você pode executar o gulp deploy --production para rodar as tarefas de produção, ou executar o gulp deploy, para rodar as tarefas de desenvolvimento.

  • Boa resposta! O uso de mais um módulo não me agrada muito, mas resolve o problema. Vamos ver se mais alguém aparece com uma resposta diferente. Por ora, +1 – Caio Felipe Pereira 19/06/16 às 21:45
  • Entendo a sua implicância com o uso de vários módulos/dependências, adicionei um segundo exemplo a minha resposta anterior, espero ter ajudado, abraços. – Rafael Berro 20/06/16 às 16:52
  • Perfeito, é isso aí. – Caio Felipe Pereira 20/06/16 às 17:18

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.