2

Tenho uma estrutura de empresas e categorias organizadas em 3 tabelas:

  • empresa -> Registro de todas as empresas cadastradas.
  • categoria -> Registro de todas as categorias cadastradas.
  • rel_categoria-> Relação entre empresa e categorias.

Onde eu armazeno o dado da seguinte maneira na tabela rel_categoria:

id (primary_key) | id_empresa | id_categoria

E quando preciso obter as categorias de uma empresa, faço a seleção relacionada. Até ai tudo ok.

Mas me surgiu a seguinte dúvida: Por que utilizar uma tabela extra para salvar esses registros sendo que eu posso armazenar os mesmos em uma coluna na tabela empresa?

Exemplo na tabela empresa:

id | nome_empresa |  categorias  | [..etc..]
 1 | 'Lojinha'    | 1, 7, 14, 16 | ...

A única razão que me vem em mente seria no caso de efetuar uma contagem. Ex.: Quantas empresas usam a categoria X?

Existe algum outro motivo? Alguma questão estrutural? De performance? Etc.. Faço o gerenciamento do banco através do MySql e PHP.

  • Posso estar falando bobagem mas em frameworks de ORM como o Hibernate para o Java e o Eloquent para PHP, utilizam esse padrão. Creio que seja mais fácil para retornar por exemplo a categoria(objeto) de uma empresa. – Rafael 14/06/16 às 19:16
  • @Rafael quando você diz 'esse padrão', se refere ao padrão de tabela relacionada? – celsomtrindade 14/06/16 às 19:24
3

A estrutura que você montou, com tabelas empresas e categorias e uma terceira tabela de relacionamento obedece os conceitos utilizados em banco de dados relacional.

Daí podemos partir para questões como modelagem, normalização, formas normais, etc...

Partindo do pressuposto que uma EMPRESA pode ter várias CATEGORIAS, e uma CATEGORIA pode estar presente em várias EMPRESAS, temos um relacionamento N:N que é representado no banco usando esta tabela de relacionamento.

Isso também impacta na performance. Pois se você monta a estrutura normalizada, com chaves primárias e estrangeiras, índices e afins, as consultas são otimizadas.

Imagine se você armazenar todas as categorias de uma empresa em uma coluna do tipo varchar, a performance da consulta vai cair, pois você precisará utilizar funções para tratamento de string para localização das informações desejadas, entre outras coisas.

  • De fato eu faço tratamento de strings quebrando nas virgulas, montando arrays, etc.. É um tipo de estrutura que eu vi muito mas com pouco "por que" de se fazer assim. Mas assim mais claro, obrigado. – celsomtrindade 14/06/16 às 20:03
  • Realmente, algumas vezes a gente vai fazendo as coisas e como vai dando certo não nos preocupamos com a teoria, mas precisamos entender os conceitos e o por quê das coisas. Assim podemos tomar melhores decisões ao implementar nossas soluções. – Emerson JS 14/06/16 às 22:50
1

Você já respondeu.

Embora também dê para fazer a contagem ou outros tipos de busca se fizer uma coluna com as categorias dela. Se compensa ou não depende muito do que pretende fazer. Quase sempre dá para fazer bem com a coluna multi-valorada. É mais complicado acessar os dados das categorias neste formato. Nada exagerado, mas alguém pode olhar pra sua query e não entender de cara o que aquilo faz. Tem mais chance de cometer um erro.

Só precisa de uma tabela extra mesmo quando for acessar categorias sem nenhum vínculo com a empresa. É raro precisar disto. Mas em outras situações isto pode não sr tão verdade. Até dá para fazer sem a tabela extra, mas pode ficar bem lento ter que olhar todas empresas para descobrir o que deseja, mas duvido que isto corra na maioria das situações, principalmente neste caso específico relatado.

Por outro lado criar uma tabela extra vai quase sempre exigir um JOIN que costuma ser uma operação cara e é bom evitar se der para fazer isto decentemente.

Se você estiver algum software que exija de um jeito ou de outro, aí tem que seguir o que mandam. Ou tentar abandonar esse requisito.

Normalmente eu iria de coluna sem tabela extra, pelo menos até ter um indicativo que isto seria ruim, mas não sei seu caso específico.

O pessoal prega muito a normalização sem analisar o caso real. Uma coisa é normalizar o que precisa ser normalizado, o que faz sentido para aquele modelo, outra é forçar normalização onde não precisa só porque a pessoa aprendeu que normalizar é sempre bom.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.