3

O GTK é para 'criar' aplicações para desktop usando o PHP, quero saber como ele funciona, é um navegador modificado, com um servidor próprio?

Tenho interesse em fazer algo parecido, algo para transformar o desenvolvimento em PHP, tanto para web quanto para desktop e mobile. E para isso preciso entender o conceito dessas aplicações que fazem isso.

Quais suas vantagens e desvantagens? Ainda que muitos não achem bom criar algo assim, vejo a possibilidade de se tornar algo realmente de qualidade, pois o PHP é uma linguagem de qualidade, e pode ser feito um trabalho para torná-la uma linguagem desktop também.

bloqueada por bfavaretto 13/07/17 às 3:07

This post has been locked while disputes about its content are being resolved. You may discuss this on meta if you have concerns.

Leia mais sobre postagens bloqueadas aqui.

  • 8
    "o PHP é uma linguagem de qualidade, e pode ser feito um trabalho para torna-la uma linguagem desktop também." - na verdade não é uma linguagem de qualidade, e pra desktop tem bastante coisa melhor. PHP presta bem pra scripts rápidos, como o pessoal usava normalmente pra web. Pra trazer pra desktop, só vai estar andando pra trás. É como abrir e fechar gabinete de PC usando faca de ponta. Talvez você fique muito bom nisso, mas usar a chave certa vai ser mais vantajoso. Por exemplo, eu já vi obras de arte feitas com o MS Paint, mas é coisa feita por lazer. Dificilmente viraria profissão. – Bacco 5/06/16 às 3:10
  • 5
    Entendi perfeitamente, mas é que normalmente os defeitos do PHP foram aceitos na web por na época ter sido inovação, e melhor que o Asp da época, que era praticamente a única outra opção. Mas achei importante mencionar, pois hoje o PHP está tentando imitar coisas que já existiam em linguagens de pelo menos 30 anos atrás, e sem a mesma qualidade, e no conceito errado. Como eu disse, pode ser que você faça coisas maravilhosas com isso. Mas é importante entender que sempre vai estar pra trás. E não é só a linguagem que conta, mas a plataforma/runtime que tem por trás dela. – Bacco 5/06/16 às 3:16
  • 1
    Notar que eu estou falando sem nenhum preconceito, eu uso PHP normalmente. Foi apenas uma opinião baseada no que eu conheço da implementação técnica, e não em gosto. E isso não é uma crítica à sua pergunta, que pode até dar respostas interessantes. Foi apenas um contraponto ao trecho que eu destaquei. – Bacco 5/06/16 às 3:19
  • 2
    Só tou dizendo que o PHP é extremamente mal feito. As funções do PHP são completamente mal elaboradas, e sequer tem um padrão na nomenclatura e na ordem dos parâmetros. Não tou falando que um código escrito em PHP não possa ser bem escrito (dentro do que a linguagem permite) Isso só depende das mãos de quem usa. Tem códigos muito bem feitos em PHP, e isso é mérito do programador que está usando, e não da linguagem. O artigo não é muito bom, mas antes de sair alguma resposta, aqui já tem um resumo: pt.wikipedia.org/wiki/PHP-GTK – Bacco 5/06/16 às 3:28
  • 4
    De curiosidade, aqui tem um artigo que idá uma visão geral do PHP: eev.ee/blog/2012/04/09/php-a-fractal-of-bad-design – Bacco 5/06/16 às 3:31
5

Desculpa me intrometer após vários meses no assunto, mas falar que o PHP é mal feito, mostra o quanto você foi mal respondido.

Comparar linguagens como java e C# que nasceram depois de muito tempo, ja com foco no que faz não vale. Ou comparar PHP com C, nada se compara à C.

Me denomido programador, por isso uso mono (C# para windows), Python GTK para linux e php para web, mas tenho muitos projetos em muitas outras linguagens como java, então não estou só defendendo o PHP ok?

Quando ouvir falar que a linguagem é mal feita, leve em consideração que o php 4 para o 5 eles levaram um tombo muito grande, e por isso todas as versões começaram a sair com compatibilidade. 10% dos programadores sabem a diferença entre PHP 5.3 e 5.3.3 por exemplo, usam a função date() achando que a linguagem não presta, por exemplo.

O outro ali comparou com crack, que só usam PHP por que outros usam, mesmo sendo uma linguagem que tem mais de 1 commit a cada 2 horas. Se você for pensar assim, só se pode desenvolver pra web de windows, por que pra mim tirando o PHP a unica coisa que presta é C#, dai programadores linux estão fora dessa, por que monodevelop nem se compara ao visual studio.

Então uma dica que posso te dar, é não ouvir quem diz que uma coisa é melhor que outra, ou gosta mais disso do que aquilo, nunca ouça gente assim.

Se for levar esses pontos em consideração, toda linguagem tem seus problemas, como por exemplo compartilhamento de tipos do javascript, ou usar comentários como parte da programação, em java.

Posso te garantir que PHP é uma linguagem e tanto, tem melhorado cada vez mais, e a partir do PHP 6 a linguagem vem se modelando para atingir linguagens grandes com apoio de muitas empresas grandes.

Sobre a pergunta em particular, tento manter o PHP-GTK na comunidade à bastante tempo, tenho muitos projetos escritos para tal, inclusive iniciei o movimento para dar inicio ao php-gtk3. Como você disse, PHP é uma linguagem forte, com uma curva de aprendizado muito grande, porem ela é uma linguagem script, então todo o resto é feito por curioso, se posso dizer isso.

Por experiência própria PHP-GTK é um hobby, uma curiosidade que mato para saber até onde posso ir, já que para desenvolver uma extensão por exemplo, trabalho com no mínimo 3 linguagens, mas segue alguns dos meus pontos de vista

1 - Não faria nada profissional como PHP-GTK 2 - É muito estável e existe muita documentação sobre PHP e sobre GTK 3 - É rápido de fazer fronts que ajudam no dia a dia

Vantagens - Como já citado, é rápido desenvolvimento, rápido aprendizado - É estável, não fica dando crash do nada - É realmente multiplataforma - Comunidade muito receptiva

Desvantagens - Desatualizado - Os temas para windows são horríveis - É lento, pois é um bind de uma lib rodando em um script (apesar de não dar diferença alguma nas maquinas atuais) - e MUITA gente sem propriedade nenhuma fala muito mal

Novamente, desculpa a resposta tardia, mas é que cai na pergunta após uma busca que fiz, e achei que podia acrescentar algo visto que nada acrescentou muito à sua pergunta propriamente dita

  • 3
    Onde na pergunta é falado que php é mal feito ou se compara com. C# e Java? Li 2x e não achei nada disso. – user28595 2/10/16 às 3:44
  • 3
    Eu falo o que é o certo pela minha experiência. Eu sei que essa resposta não é boa. Ela não fala coisa com coisa, mistura coisas, joga um monte de opinião sem base. Tem alguma informação útil, mas apenas diz o que o AP queria ouvir. Foi dado referências que PHP tem problemas. Essa resposta não deu nenhuma que PHP é bem feita. A resposta reclama de manifestações pessoais, mas essa resposta só faz isso. Cada um pode achar o que quiser, cada um pode aceitar o que quiser, cada um pode ignorar o senso comum e teimar em algo. Farei o que já deveria ter feito desde o princípio.Só daria opinião mesmo – Maniero 3/10/16 às 18:09
  • 4
    @BrunoPitteliGonçalves como você mesmo disse, "me achei na obrigação de responder a pergunta, mas não consegui não falar do por que o php não é uma linguagem mal feita.", acho legal da sua parte deixar claro isso (e é realmente algo que eu tinha notado ao ler). Se quiser saber alguns dos pontos técnicos pelos quais tenho tranquilidade absoluta em dizer que é mal-feita, este artigo pode ajudar: eev.ee/blog/2012/04/09/php-a-fractal-of-bad-design - mesmo que tenha ficado desatualizado o artigo, tenho certeza que bem mais da metade dos problemas mencionados ainda é verdade. – Bacco 3/10/16 às 18:14
  • 4
    Além disso, só para você se situar quanto a mim: Eu uso PHP desde as primeiras versões, quando saí do Asp clássico por volta de 2001, e adotei como linguagem-base para aplicações Web desde então. Inclusive, estudei os internals um bocado, pois considerei estender o PHP em C da mesma forma que faço com outras linguagens, mas percebi que para coisas mais complexas, não compensava. Não tenho a mínima pretensão de que isso mude sua opinião, só quis mencionar para você entender que não se trata de um mero curioso opinando, e sim alguém que teve a preocupação de conhecer a ferramenta que usa. – Bacco 3/10/16 às 18:17
  • 3
    Isto posto, toda colocação contrária é bem-vinda, mas fica a sugestão de contextualizar então, para que seja mais produtiva a contraposição de idéias. Só não se esqueça que da minha parte, não se trata de um fã de outra linguagem criticando. Eu uso PHP onde o PHP funciona para o que eu preciso, e outras linguagens onde o PHP não atende bem. E entendo que esse é o normal de qualquer programador que preze por usar a ferramenta mais adequada para cada caso. – Bacco 3/10/16 às 18:26
8
+50

Isto deveria ser mais um comentário, mas ficaria muito longo. E no fundo responde a pergunta, que provavelmente é opinativa (sei lá se deveria estar aberta). Mas pelo menos respondi sobre o uso do GTK no PHP, que é o que pede a pergunta, e tentei ser justo e embasar a resposta como dá, mas admito que tem um pouco de opinião

GTK

GTK é um conjunto de controles de acesso nativo ao gerenciador de janelas de alguns sistemas operacionais. Ele foi feito originalmente para o Linux e portado para outros com maior ou menor grau de sucesso. Ele não é um navegador.

Para dizer sobre vantagens e desvantagens teria que comparar com alguma outra coisa. Entendo que o pedido é sobre o PHP-GTK e não ao GTK puro com outros kits.

GTK (puro) não é dos melhores kits de controles e gerenciadores de janelas. Ele não funciona bem no Windows, especialmente na versão suportada pelo PHP-GTK. Mas dá pra usar bem, pelo menos em Linux.

PHP-GTK

O PHP-GTK comparando com PHP-Qt, wxPHP ou outros kits eu não sei, não conheço usuários destes kits. Certamente eles sofrem dos mesmos problemas do PHP-GTK, inclusive a falta de uma comunidade suportando-os. Um parece abandonado e o outro, quase.

Comparando com tecnologia de outra linguagem

Se a comparação for com o uso do desktop em outras linguagens, a comparação ficaria até injusta. A única vantagem que vejo nele é a pessoa que já conhece bem o PHP continuar nele. Mas isto, por si só, pode ser visto como desvantagem também, inclusive para essa pessoa. Usar a ferramenta errada neste caso pode ser bem mais trágico do que ela aprender outra linguagem. Claro que se ela não tem capacidade de aprender outra linguagem, aí tanto faz, qualquer coisa será ruim. A lista de desvantagens é enorme e vou citando algumas delas ao longo do texto, os problemas mais específicos eu não lembro, faz tempo que fiz isto.

Web X desktop

Os modelos de programação web e desktop são completamente diferentes. A adaptação não é fácil. Aprender uma nova linguagem é mais fácil que aprender um outro jeito de programar. E se a pessoa tentar programar desktop como se fosse web será trágico. A melhor parte será a que não funcionar. Curiosamente o PHP até tem algumas coisas úteis para desktop que ninguém usa para web. Aí ele terá que usar coisas que nunca ouviu falar. O PHP-GTK não foi desenvolvido usando os recursos mais modernos do PHP, que, ironicamente, ajudariam mais uma aplicação desktop. É show de horrores de coisas erradas com isto.

O ambiente de execução do PHP foi feito para executar scripts e não tem nenhuma facilidade que ajude executar uma aplicação desktop. Pelo contrário, ele cria dificuldades para este tipo de aplicação, mesmo no php-win, cujo nome engana bem.

Minha experiência

Eu tenho experiência com isso pra fazer um quebra-galho. Foi a pior decisão que tomei na computação.

Eu usei a mesma versão do PHP-GTK que está disponível hoje. O fato de não haver evolução depois de tanto tempo já mostra como é uma tecnologia que ninguém quer investir.

PHP não ajuda

PHP não é uma linguagem de qualidade e existem diversas fontes mostrando isso. Ela é usável e dá para fazer bastante coisa interessante com ela. Não é que ela seja trágica, não recomendável, nada disso. Mas não dá pra comparar com outras linguagens mainstream.

É opinião, claro, não nego isto, mas ela é baseada em experiência extensiva de uso real (e sou um apaixonado por linguagens em geral, dedico boa parte do meu tempo livre estudando o funcionamento de linguagens, não sou um leigo no assunto dando uma opinião qualquer, ainda que eu não seja um "doutor" no assunto) e muitos relatos bastantes detalhados sobre isso, entre eles, o linkado em comentário do Bacco.

Inconsistências na pergunta

Até onde sei, PHP não é a linguagem usada para desenvolvimento da maioria da web. Se isso for verdade é preciso apresentar os dados. Eu já vi alguns que mostram o contrário, mas como não são dos mais confiáveis, nem vou postar. Principalmente não é a escolha quando a decisão foi feita de forma profissional. Até os sites mais conhecidos que começaram com PHP foi assim porque o fundador não sabia usar outra coisa. E hoje eles vão migrando para outras coisas.

O problema de quem avalia qualquer coisa é que sempre que a pessoa não tem informação suficiente para fazer isto, ela não tem condições de avaliar sua própria condição de avaliar e entra em um círculo vicioso.

Este fenômeno é conhecido como martelo dourado. As pessoas não lidam bem com informação que a desagrada e ela não costuma perceber isto. PHP não é uma panaceia.

Popularidade

O critério de que algo que é muito usado tem qualidade leva à conclusão que crack (é, falo da pedra) tem qualidade, afinal tem muito mais usuários que o PHP.

A maioria dos usuários de PHP optaram por esta linguagem porque outros optaram por ela (em época que não tinha nada melhor para web). É um fenômeno de manada e não de decisão consciente com critérios científicos bem definidos. E é muito comum que a escolha tenha sido feita porque é o que a pessoa conseguiu aprender (aprender PHP é muito fácil, usar nem tanto, mas a primeira barreira sempre é o que a pessoa se apega, não olha para o que vem a seguir, o que é mais um motivo para a decisão ser errada). Inclusive absurdamente tem cursos superiores que usam esta linguagem como instrumento básico de programação, o que me faz questionar a qualidade do curso. Obviamente que o aluno deste curso também será aquele que só saberá fazer o que foi ensinado neste curso ruim e não criará vida próprio, que deveria ser o principal objetivo de um curso superior.

Mas se for para usar isto como critério de definição, então não use o PHP-GTK, essencialmente ninguém o usa e é um projeto praticamente abandonado e bem mal ajambrado. Não há o menor apoio da comunidade.

Todas as aplicações que eu vi, até mesmo apresentadas pelos criadores deste módulo, sempre foram muito mal feitas. Sim, se o programador for bom, dá pra fazer algo bem feito em PHP, mas por alguma razão ninguém conseguiu demonstrar isso com PHP-GTK. Sempre a pessoa que pega isso acha que vai fazer melhor que os outros. Talvez isto se explique com "as pessoas que optaram por fazer algo em desktop com PHP sejam os piores programadores desta linguagem", sei lá. Mesmo que não seja, grande parte dos consumidores de crack são pessoas inteligentes que acharam que aquilo ia fazer bem pra elas.

Mesmo os mais fanáticos usuários de PHP rechaçam seu uso para desktop deixando isto relegado pra uns poucos gatos pingados que acham que sabem mais do que os outros mais experientes que eles.

Mobile

PHP para mobile chega ser quase uma brincadeira.

Apoio ao que digo

A resposta aceita diz basicamente a mesma coisa que eu disse aqui. No começa a resposta fala de alguns pontos sobre os comentários e o que eu escrevi. Essa parte é bem confusa, mistura coisas, faz comparações incabíveis, não possui base alguma, tem contradições e até foge do senso comum, mostrado até que falta entendimento de alguns assuntos falados.

A parte que fala do PHP-GTK é boa e coloca alguns pontos que eu não havia colocado. Destaco:

(PHP ela é uma linguagem script, então todo o resto é feito por curioso

Isto é uma grande verdade. Pena que muita gente ache que não é isso. E softwares com GUI geralmente não são scripts.

iniciei o movimento para dar inicio ao php-gtk3

Isso mesmo, pararam no PHP-GTK 2, que diga-se de passagem não é tão estável assim e a própria comunidade admite isso.

Por experiência própria PHP-GTK é um hobby. Não faria nada profissional como PHP-GTK.

Não questiono o uso por hobby. Eu respondi para uso profissional. Não dá. Ninguém usa. O autor daquela resposta que parece gostar não usa e não mostra alguém que use com sucesso em aplicações profissionais de qualidade.

É muito estável e existe muita documentação sobre PHP e sobre GTK

Minha experiência foi diferente. Veja o site do PHP-GTK e decida por você se é uma tecnologia que tem comunidade, atenção, etc.

É rápido de fazer fronts que ajudam no dia a dia... é rápido desenvolvimento, rápido aprendizado

Isso é característica do GTK e de forma geral todos as GUIs.

É estável, não fica dando crash do nada

Não é minha experiência

É realmente multiplataforma

Há controvérsias, mesmo entre os mais ferrenhos defensores do GTK.

Comunidade muito receptiva

Não tenho dúvida, não tem quase ninguém.

Desatualizado

Sim, muito.

Os temas para windows são horríveis

Dificulta o uso, não é intuitivo para esse usuário, há limitação e até tem coisas que não funcionam corretamente. O mesmo ocorre no MacOS. E em pequeno grau se o Linux usar KDE ou outro gerenciador de desktop.

É lento, pois é um bind de uma lib rodando em um script

Exato.

MUITA gente sem propriedade nenhuma fala muito mal

Muitas com propriedade total falam muito mal. Inclusive todas que tentaram e desistiram da tecnologia. Não tem muita gente falando bem. O próprio autor que tentou falar bem só conseguiu falar que ela não é uma tecnologia adequada.

Em outubro de 2018 em conversei com o Rasmus Lerdof no Intercon e ele disse que PHP é uma linguagem para backend web, nada mais, não há a menor intenção em suportar outros cenários.

Antonio Maniero e Rasmus Lerdof no Intercon 2018

Conclusão

Claramente seu uso não é recomendável com PHP. Com C e outras linguagens (C++, JS, Perl, Python, Lua, talvez Java, entre as mais conhecidas), no Linux dá para usar bem. Mas cada um pode fazer o que bem entende.

Se quiser usar o GTK, até use, mas com outra linguagem. PHP é boa para web.

  • 1
    É claro que nao se sobre sai sobre linguagens consolidadas, mas tem poo, logo não se torna muito diferente para desenvolvimento desktop, porem a maioria dos usuarios estão acostumados com o php estruturao. Um site de estatísticas: w3techs.com/technologies/history_overview/programming_language/… – Leonardo Vilarinho 11/06/16 às 15:01
  • Algum link com as tais falhas? Entendi sobre o gtk, vou me aprofundar nas buscas. – Leonardo Vilarinho 11/06/16 às 15:04
  • 1
    Essa estatística é um completo absurdo. Por isso nem tem metodologia. Os problemas são descritos individualmente, não tem nada que que consolide em um lugar só. – Maniero 11/06/16 às 15:15
1

O GTK é um toolkit para criar interfaces gráficas com "bindings" para várias linguagens, não só o PHP. Ele não é um navegador modificado nem um servidor mas sim uma biblioteca de componentes gráficos que interagem diretamente com a interface gráfica do micro.

Nunca usei com PHP (as aplicações GUI que mantenho são feitas com GTK em C) então não posso opinar muito sobre mas, de cara, posso te adiantar que o código gerado para GTK não serve para uma interface web posto que são conceitos radicalmente diferentes.

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.