3

Preciso utilizar uma table em Lua, mas só posso referenciá-la através de uma string, exemplo:

tabelaA = { "qualquer coisa" }
variavelA = "tabelaA"

print(variavelA)
resultado: "qualquer coisa"

Tendo em mente que não tenho como referenciar esta tabela diretamente, eu vou obter o nome em string.

3

Existe a tabela _G, chamado de o ambiente global, que representa as variáveis existentes:

> print(tabelaA[1])
qualquer coisa
> print(_G["tabelaA"][1])
qualquer coisa

Também, sempre pode construir outra tabela:

tabelaVariaveis = {}
tabelaVariaveis["tabelaA"] = tabelaA

-- e pode acrescentar mais
tabelaB = { "outra coisa" }
tabelaVariaveis["tabelaB"] = tabelaB

e utilizá-la:

> print(tabelaVariaveis["tabelaA"][1])
qualquer coisa
  • Muito Obrigado, Dan Getz Consegui utilizar exemplo, ajudou muito! – Dio 6/06/16 às 13:02
  • @arthurgps2 tentei a sua sugestão, mas print(shared["tabelaA"][1]) não funcionou aqui (Lua 5.1.5). Favor, pode explicar mais? – Dan Getz 2/01/17 às 18:02
  • Também existe _ENV. _ENV e _G são por padrão uma mesma tabela, só que _ENV é o mais principalmente usado pelo Lua, por exemplo, quando você tenta acessar um nome/identificador não local, o Lua pega o valor atual de _ENV e pega o campo com esse nome. Apenas Lua 5.2+ suporta _ENV (LuaJIT). – Hydroper 16/01/17 às 12:29

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.