73
  1. É recomendável usar em projetos?
  2. Em quais situações Reflection pode ser usado?
68

Reflection é um termo usado para indicar a capacidade de obter metadados sobre o próprio programa compilado, em português pode-se referir a isso como reflexão mesmo.

Como assim, metadados?

Obter informações sobre os tipos de dados, de forma dinâmica, é muito importante para códigos que atuam sobre objetos que não se conhece em tempo de design. É muito usado em bibliotecas que se propõem a lidar com objetos de tipos que elas desconhecem em sua concepção.

O ASP.NET MVC por exemplo, só é um projeto possível por causa da reflexão. De que forma ele poderia chamar os métodos dos controllers, que ele nem conhece?

Visto, isso é preciso dizer que reflexão não é sempre rápido, é necessário verificar permissões, o nível de segurança em que o código está rodando, entre outras. Por isso, quando se obtém um resultado qualquer vindo através da reflexão, geralmente essas informações são colocadas em cache, ou seja, salvas em memória.

É recomendável?

Depende do uso:

  • sim, é recomendável: para criar comportamentos dinâmicos usando atributos, a única opção é reflexão

  • sim, é recomendável: para chamar método que não se conhece durante a concepção do sistema, também é a única opção

  • não, é abuso fazer isso: chamar um método, de uma classe conhecida em design-time usando reflexão... é absurdo

Existem tantas formas de usar reflexão que eu poderia continuar essa lista por muito tempo. Então mais vale o seguinte conselho: bom senso.

Como usar?

Existem alguns vetores de uso de reflexão que eu conheço. Para demonstrá-los, vamos considerar primeiramente a seguinte classe:

public class Pessoa
{
    public string Nome { get; set; }
}
  • Expressões Lambda: esse é um vetor de reflexão, pois é possível usar expressões lambda para chegar aos tipos, métodos entre outros objetos refletidos, que tenham sido usados na expressão. É comumente utilizado para tornar fortemente tipada a obtenção de objetos refletidos de membros de uma classe, antes disso só era possível obter esses objetos indicando uma string com o nome do método.

    Expression<Func<Pessoa, object>> expr = p => p.Nome;
    var lambda = (LambdaExpression)expr;
    var cast = lambda.Body as UnaryExpression;
    var member = (cast != null ? cast.Operand : lambda.Body) as MemberExpression;
    var propInfo = member.Member as PropertyInfo;
    Console.WriteLine(propInfo.Name); // "Nome"
    
  • typeof(Tipo): essa é uma das formas mais comuns de obter informações refletidas do sistema. Serve para obter informações sobre o tipo indicado diretamente.

    var tipo = typeof(Pessoa);
    Console.WriteLine(tipo.Name); // "Pessoa"
    
  • obj.GetType(): tão comum quando typeof, mas ao invés de se referir a um tipo diretamente, refere-se ao tipo do objeto em questão: mas tem um detalhe, não é do tipo declarado da variável, mas sim do objeto em si.

    var p = new Pessoa();    
    var tipo = p.GetType();
    Console.WriteLine(tipo.IsSealed); // "false"
    
  • Assembly: é usada para obter tipos em larga escala: por exemplo, para escanear todos os tipos existentes em um assembly, ou então em todos os assemblies carregados.

    // localizando um tipo, dentre todos os tipos carregados
    var todosOsTiposCarregados = AppDomain.CurrentDomain
        .GetAssemblies()
        .SelectMany(a => a.GetTypes())
        .Where(t => t.Name == "Pessoa");
    

E o namespace Reflection.Emit?

Não está claro na minha mente se considero isso reflexão ou não. Mas de qualquer forma, é necessário usar reflexão para gerar código dinamicamente, então tem uma conexão.

Como disse, esse namespace contém classes usadas para gerar código dinamicamente... e então compilá-los. Lembra do que eu falei sobre cache de reflexão... compilar métodos é um bom alvo de cache, pois depois de compilado os futuros usos serão muitíssimo rápidos.

Referências:

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.