3

Olá, eu havia feito uma pergunta anterior sobre este problema, porem consegui solucionar mas não aprender sobre o problema propriamente dito então eu tentei isolar o mesmo criando um código especifico para este problema e gostaria que alguém me ensinasse o que esta acontecendo e porque é errado.

Segue o código:

#include <stdio.h>
#include <stdlib.h>

typedef struct Person
{
    char name[256];
    //char *name;
} person;

typedef struct Population
{
    person p;
    int num;
    struct Population *next;
}people;

void insere_person(person *p){
   printf("insira um nome: ");
   scanf(" %s", p->name);
}

void insere_people(people *ps){
    printf("insira um nome: ");
    scanf(" %s", ps->p.name);
    printf("insira um numero: ");
    scanf(" %d", &ps->num);
}

void insere_person_to_people(person *p, people *ps){
    insere_person(p);
    printf("insira um numero: ");
    scanf(" %d", &ps->num);
    ps->p = *p;
}

short vazia(people *ps){
    if(ps->next == NULL){ return 1; }
    else{ return 0; }
}

void insere_teste(people *ps){
    //char nome[256];
    people *new_ps = (people *)malloc(sizeof(people));
    printf("digite um nome:");
    scanf(" %s", ps->p.name);
    //scanf(" %s", nome);

    new_ps->p = ps->p;
    new_ps->next = NULL;

    if(vazia(ps)){
        ps->next = new_ps;
    }
    else{
        people *tmp = ps->next;
        while(tmp->next != NULL){
            tmp = tmp->next;
        }
        tmp->next = new_ps;
    }
}

void person_to_string(person *p){
    printf("person{nome:%s}\n", p->name);
}

void people_to_string(people *ps){
    printf("people{nome:%s, num:%d}\n", ps->p.name, ps->num);
}

void all_to_string(people *ps){
    if(vazia(ps)){
        printf("ninguem!\n");
        return;
    }
    else{
        people *tmp = ps->next;
        while(tmp != NULL){
            people_to_string(tmp);
            tmp = tmp->next;
        }
    }
}

void menu(person *p, people *ps){
    int op = -1;

    while(op != 0){
        printf("0 - sair\
        \n1 - insere pessoa\
        \n2 - insere populacao\
        \n3 - mostra pessoa\
        \n4 - mostra populacao\
        \nopcao: ");
        scanf(" %d", &op);

        switch(op){
        case 0:
            break;
        case 1:
            insere_person(p);
            break;
        case 2:
            //insere_people(ps); // funciona
            //insere_person_to_people(p, ps); // funciona
            insere_teste(ps); // não funciona
            break;
        case 3:
            person_to_string(p);
            break;
        case 4:
            //people_to_string(ps);
            all_to_string(ps);
            break;
        default:
            printf("Opcao invalida.\n");
            break;
        }
    }
}

int main()
{
    person p;
    people ps;

    menu(&p, &ps);

    return 0;
}

Então após testar diversas formas de inserir os dados eu percebi que no método "insere_teste()" ele da erro na linha:

scanf(" %s", ps->p.name);

Gostaria que alguém me explicasse este erro, pois como resolver eu já sei, mas não me adianta saber como resolver sem entender o que acontece.

Um outro ponto que gostaria de aprender é o porque estão todos sendo modificados juntos, sei que é um ponteiro que esta apontando para o mesmo endereço, mas gostaria de uma explicação mais didática para isto, pois na pratica eu já aprendi.

Desde já, muito obrigado.

2

O erro do seu código não acontece na linha

scanf(" %s", ps->p.name);

O problema é mais para frente em:

while(tmp->next != NULL){
    tmp = tmp->next;
}

A contece que é que tmp->next possui lixo, ou seja, possui um valor diferente de zero, e quando tmp passa a ser tmp->next, não há um next para verificar no while. Isso gera o erro de memória.

Quando se trabalha com pilhas, listas e ponteiros, costuma iniciá-los com 0 para que as estruturas não retornem true assim evita erros desse tipo.

Como você não está usando ponteiros para instanciar sua lista, você deve atribuir NULL ou 0 ao ps.next, assim indicará que não existe um proximo item na sua lista.

main:

people ps;
// ps.next possui lixo (valor != 0)
ps.next = 0; // ao atribuir 0 para ps.next, é definido o final da lista

Assim quando chegar no laço, ira identificar o zero e encerará.

while(tmp->next != NULL){ // NULL == 0
    tmp = tmp->next;
}

Outra observação.

insere_teste:

if(vazia(ps)){
    ps->next = new_ps;
}

Essa condição deveria retornar 1 caso ps esteja vazio, mas ps nunca está vazio, pois é possível acessar os campos p, num e next, o certo de uma lista vazia seria um ponteiro com o valor 0

int main(){
    person p;
    //people ps; // Lista com 1 registro
    people *ps = 0; // lista vazia

    menu(&p, &ps);
    return 0;
}

O que mudaria no meu código?

Ao invés de usar people *ps no métodos, passaria a ser people **ps (ponteiro duplo).

void insere_people(people **ps){

E para acessar o seu item para pegar o valor desejado tem que recolher o endereço dentro do ponteiro

(*ps)->next; // pega o valor dentro do ponteiro duplo

O que é um ponteiro duplo?

O ponteiro duplo é um ponteiro que guarda outros ponteiro(Guardar o endereço de memória). Sua declaração é feita por **.

int var;
int *ptr; // ponteiro normal
int **ptr_d; // ponteiro duplo

Assim como já se sabe, a variável guarda um valor e o ponteiro simples guarda o endereço de memória da variável. Então o ponteiro duplo é responsável por guardar os endereços de memória das variáveis. Ex:

int var = 6;
int *ptr = &var;
int **ptr_d = &ptr;
printf("%i - %i - %i", var, *ptr, **ptr_d); // %i equivale a %d

ptr_d -> ptr -> var
ptr_d aponta para ptr que aponta para var ou seja, o endereço de memória que está salva o endereço de memória de var está salvo em ptr_d

Para entender melhor com exemplos acesse:

Main File - On github

Stack Struct - On github

  • Poderia me explicar o que seria um ponteiro duplo e qual seria a diferença dele para um ponteiro normal? Pois este é um código isolado apenas de um problema que eu tive e consegui resolver, no entanto resolver sem entender não adianta, se quiser eu posso postar aqui o código original (deixei no github, então possui as versões anteriores). – bruno101 27/05/16 às 5:52
  • 1
    @bruno, acrescentei uma explicação sobre o ponteiro duplo, espero não ter ficado muito abstrato. – Brumazzi DB 27/05/16 às 18:55
  • 1
    exatamente o valor é alterado assim. O ponteiro duplo costuma ser usando quando se quer alterar um ponteiro, como listas são normalmente feitas com um ponteiro sim (na maioria dos casos), é usando o ponteiro duplo para alterá-las, assim como no exemplo no link, onde o ponteiro é iniciado com NULL para definir um final. – Brumazzi DB 27/05/16 às 23:27
  • 1
    @bruno, O primeiro motivo é pela semântica do código, o segundo é pelo ponteiro ser responsável por armazenar endereços, é muito provável que de erro de memória ao tentar colocar um endereço em uma variável que não o suporta, isso porque cada tipo de variável precisa reservar uma quantidade x de memória, e os ponteiros já tem o espaço suficiente para isso, por isso que se usa ponteiros duplos para armazenar ponteiros. – Brumazzi DB 28/05/16 às 0:19
  • 1
    Não conflitos, mas buffers sim. – Brumazzi DB 28/05/16 às 0:42

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.