2

partindo do pressuposto que todos os names dos inputs possuem o mesmo do nome da coluna do banco de dados.

public function create(){
    // o que está abaixo é um exemplo com os dados já populados
    $arrayDados= Input::all();
    unset($arrayDados["_token"]); 
    /*$arrayDados = array(
        "valor1" => "teste",
        "valor2" => "1234",
        "valor3"=>1234
    );
    DB::table("tabela")->insert($arrayDados );*/
    DB::table("tabela")->insert($arrayDados );
}

//HTML

<input type="text" name="valor1"/>
<input type="text" name="valor2"/>
<input type="text" name="valor3"/>

//Na tabela do banco de dados
coluna de nome: | valor1 | valor2 | valor3 |

Tenho 4 formulários de questionários do ENEM (variando de matéria escolar) com 100 questões cada um. Há vários radios buttons, textareas etc. na minha visão, acho trabalhoso fazer o bind de cada um dos name's do html com a coluna do banco. é uma boa prática? há alguma falha de segurança que poderia acontecer?

1

Antes de qualquer contacto com a base de dados o servidor deve SEMPRE validar os inputs via POST e GET, se vier de formulário HTML/URL.

Isto depende se você quer que as validações sejam iguais para todos os inputs do utilizador. Ex: Partindo do princípio que os names dos inputs do html são os mesmos que os nomes das colunas da tabela onde quer inserir os dados, e só quiser que sejam todos numéricos:

Laravel 5+:

public function receber_dados(Request $request) {
    $inputs = $request->except(['_token']); //todos os inputs (name => input) excpeto o crsf_token

    foreach($inputs as $key => $value) {
        $inputs[$key] = e($value); // versão curta de laravel para htmlentities, prevenção de javascript/html na nossa base de dados
        $rules[$key] = 'numeric';
    }

    $validator = Validator::make($inputs, $rules);
    if ($validator->fails()) {
        return redirect()->back()->withErrors($validator);
    }

    DB::table("tabela")->insert($inputs);
    $success = 'dados inseridos';
    return ...;
}

Mas se quiser validações diferentes. Como por exemplo verificar se um email é unico na tabela que está na Base de Dados, ou verificar se as passwords coincidem e/ou fazer fazer hash à password aí já vai ter de tratar de cada um destes inputs 'excepcionais' à sua maneira.

Em laravel até tem a vida simplificada pois pode usar built-ins validations do Laravel nas validações mais comuns

  • Alguma razão para não utilizar o Validator do Laravel? – gmsantos 22/05/16 às 19:45
  • Claro que não, eu própio recomendo. Essa função foi só um exemplo, num projeto real deve-se usar, se é para usar um framework é para se usar o que ele nos dá, senão mais vale não usar – Miguel 22/05/16 às 19:55
  • Mas tem toda a razão em ter apontado isso. Editei a minha resposta para que seja '100% laravel' – Miguel 22/05/16 às 20:58
  • uma pequena dúvida: é preciso fazer algum tratamento para saber se a query foi salva com sucesso? por exemplo, se a conexão caiu no meio da transação, etc. após o ->insert é preciso verificar algo? por exemplo: no pdo verificamos pelo if ($stmt->execute($data)) – denalioasis 22/05/16 às 22:43
  • Pode criar um try {...} catch(\Illuminate\Database\QueryException $e) { ... erro... } – Miguel 24/05/16 às 21:28

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.