1

Descobri recentemente que existe uma grande diferença entre fazer algumas operações, como Select e Where, em Queryable e objetos enumerados, como Enumerable e List. Nesta e nesta pergunta.

Sabendo disso, fiquei curioso para saber se existe diferenças entre iterar valores de uma List e iterar valores direto de um Select.
Eu vi no debug que quando só faço Select estou iterando sobre um {System.Linq.Enumerable.WhereSelectListIterator<string, string>}.

Quando eu faço Where ou Select em uma lista a operação é executada no instante que o método é chamado ou só é executada quando eu acesso os itens ou uso ToList()?

Além disso, existe alguma diferença de performance entre os dois casos?
É mais fácil iterar sobre uma List ou é mais custoso transformar em List para depois iterar?

Diferença disso:

var lista = new List<string>() { ... };
var listaFiltrada = lista.Select(x => x).ToList();

foreach (var item in listaFiltrada) { ... }

Para isso:

var lista = new List<string>() { ... };
var selectFiltrado = lista.Select(x => x);

foreach (var item in selectFiltrado) { ... }
1

Quando eu faço Where ou Select em uma lista a operação é executada no instante que o método é chamado ou só é executada quando eu acesso os itens ou uso ToList()?

Considerando LINQ to SQL ou Entity Framework, apenas no momento da conversão para IEnumerable, ou seja, ToList().

O que Select faz é gerar um iterador que servirá como um filtro na próxima operação, como ToList(), por exemplo. No caso de IQueryable, este filtro do Select será interpretado como as colunas de uma seleção em SQL. Por exemplo:

var listaExemplo = context.Entidades.Select(x => new { x.Coluna1, x.Coluna2, x.Coluna3 }).ToList();

Será gerado um SQL assim:

SELECT COLUNA1, COLUNA2, COLUNA3 FROM ENTIDADES

Para objetos em memória, Select devolve este objeto especial (WhereSelectListIterator<string, string>). Ele é um iterador, assim como GetEnumerator também devolve um iterador.

Aqui:

var listaFiltrada = lista.Select(x => x).ToList();

foreach (var item in listaFiltrada) { ... }

Você resolve a enumeração e passa para o foreach uma lista materializada, enquanto que aqui:

var selectFiltrado = lista.Select(x => x);

foreach (var item in selectFiltrado) { ... }

Você indica que selectFiltrado será um enumerador (iterador) cuja resolução transformará cada objeto da enumeração no predicado de dentro de Select (no exemplo, devolver o próprio objeto sem alteração). A lista, portanto, não se materializa.

O primeiro exemplo tem utilidade quando:

  • Você precisa obter algo da lista como uma lista antes do foreach;
  • Você precisa resolver uma query SQL e só depois manipular o resultado.

O segundo exemplo tem utilidade quando:

  • A lista não precisa ser materializada antes do foreach.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.