7

Já tentei usar colnames(), names() e nada funciona.

Os meus dados são algo parecido com (no entanto, tenho 38 mil nomes e 38 mil colunas):

nomes <- c("nome105", "outro.nome_26", "qualquerCoisa")
dados <- as.data.frame(matrix(c(25,37,48,6,32,9,10,111,140,60,72,91), ncol=3))

O que eu preciso é dos arquivos .txt:

write.table(dados[,1], "nome105.txt", sep = "\t", row.names = F, col.names = F)
write.table(dados[,2], "outro.nome_26.txt", sep = "\t", row.names = F, col.names = F)
write.table(dados[,3], "qualquerCoisa.txt", sep = "\t", row.names = F, col.names = F)

No enquanto, gostaria de encontrar uma forma de otimizar o serviço, mas não sei como posso obtê-lo. Eu tentei (não funcionou):

for(i in 1:ncol(dados)){
   write.table(dados[,i], nomes[i]".txt", sep = "\t", 
               row.names = F, col.names = F)
}

Alguém sabe uma solução?

7

Basta você substituir o nomes[i]".txt" por paste0(nomes[i],".txt"). O loop vai ficar assim:

for(i in 1:ncol(dados)){
  write.table(dados[,i], paste0(nomes[i],".txt"), sep = "\t", 
              row.names = F, col.names = F)
}

A função paste é usada para concatenar strings e por padrão usa um espaço para juntá-las. Quando uso paste0 ele concatena sem espaços.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.