5

Estou a receber dados de um formulário no php via get.

Estou a tratar a informação da seguinte maneira:

$search = mysql_real_escape_string(htmlspecialchars($_GET["t"], ENT_QUOTES, 'UTF-8'));

Com isso pretendo bloquear ataques por javascript e sql-injection.

As dúvidas são:

  • É a melhor forma de bloquear esses dois tipos de ataques?
  • htmlspecialchars poderia anular de alguma forma a eficácia da função mysql_real_escape_string?

Já li diversos tópicos sobre esses assuntos, mas cada um diz uma coisa e nem sempre é possível verificar se a informação é confiável ou não.

1

PDO ou mysqli são melhores para verificação disso. Confira o artigo Evite SQL Injection usando Prepared Statements no PHP.

Outro fator é que mysql_ está depreciado nas versões mais novas do PHP.

Muito importante é na recuperação, em vez de utilizar $_GET ou $_POST, utilize filter_input().

  • Obrigado pelos links, mas coloquei 2 perguntas e só a primeira foi respondida, sabe alguma coisa sobre a segunda? Obrigado. – Filipe Moraes 12/04/14 às 16:55
  • 1
    Bom @Filipe, a segunda automaticamente foi respondida, porque, o uso mysql_real_escape_string seria já inapropriado pelo fator Deprecate do Mysql_ como já tinha respondido no primeiro, isso é um fator de segurança. Agora, é boa prática utilizar a rotina desenvolvida para isso que seria somente mysql_real_escape_string ou mysql_espace_string, eu sempre utilizei assim e nunca tive problema, apesar que hoje utilizo PDO com prepare e o mesmo faz o trabalho de proteção. Um outra coisa seria utilizar filter_input em vez de $_GET e $_POST eu edite o post e lá tem o link por favor leia o assunto – user6026 12/04/14 às 23:25
  • 1
    Obrigado pelo seu tempo, fiquei esclarecido. – Filipe Moraes 13/04/14 às 14:35
1

Proteger contra XSS e SQL injection ao mesmo tempo pode ser uma tarefa bem complicada e potencialmente com muitos pega ratões que só alguém com perícia em DOM e em SQL pode ter ideia do risco. Contra SQLi, a documentação é farta, porém pensem as seguintes situações aonde javascript pode ser executado:

Propriedades como onload, onclick, onblur (...) permitem executar javascript

< img src="xpto.gif" onload="alert('XSS!')"/>

URLs podem executar javascript com prefixo "javascript:"

< a href="javascript:alert('XSS');">Ola Mundo< /a>

Recomendo leitura do documento https://www.owasp.org/index.php/XSS_Filter_Evasion_Cheat_Sheet. Existem centenas de modos de, mesmo ao usar um filtro contra SQLi, salvar no banco de dados uma string que será um problema de XSS quando for visualizada.

O que fazer?

O modo mais simples de ter certeza que evita SQLi e XSS ao mesmo tempo é, além de usar funções nativas e bem conhecidas contra SQLi, e fazer um filtro agressivo. Se um campo somente aceita inteiro, remover tudo que não for número. Se são letras e números, filtrar para apenas isso. E, mais importante, evitar aceitar HTML numa entrada do usuário.

Se realmente tiver que aceitar HTML, deverá ou usar uma biblioteca pronta que remova todas as referências a Javascript do código, ou então fazer uma lista branca de que tags são permitidas e quais propriedades de tags são permitidas, o que não é trivial.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.