3

Estou montando um projeto com webApi2 utilizando OAuth.

O sistema tem (por exemplo) cadastro de Usuários (padrão), com permissões de Visualizar, Editar, Novo, Ativar, Inativar, Excluir.

Os métodos padrão de POST, GET, PUT, estão OK, porém para fazer as outras funcionalidades posso utilizar um POST com rotas (que apenas mudam o status do objeto):

[Route("api/usuario/{id}/ativar"), Authorize(Roles = "usuario.ativar")]

public HttpResponseMessage Ativar(int id) { ... }

[Route("api/usuario/{id}/inativar"), Authorize(Roles = "usuario.inativar")]

public HttpResponseMessage Inativar(int id) { ... }

Utilizando HttpPatch, não consegui uma forma de atualizar o status do obj apenas no método autorizado, pois posso passar para a chamada {Status: Inativo}, sendo que o usuário atual só tem permissão de visualizar, e se passar outras propriedades, elas também serão atalizadas (requisição via AngularJS).

Haveria uma forma de utilizar isto com HttpPatch? Porém preciso deixar habilitado ao usuário apenas o que o mesmo tem permissão. Ou neste meu caso o que supriria minha necessidade seria apenas utilizar POST e criar métodos específicos com permissões e rotas?

  • Você está usando o que pra testar o PUT? O navegador ou alguma ferramenta? – Leonel Sanches da Silva 10/05/16 às 2:32
  • O próprio navegador. Está tudo funcionando. A dúvida é de qual a melhor forma de implementar ações diferentes das padrões (PUT,POST,GET), no caso Ativar/Inativar. – Tiago Carneiro 10/05/16 às 12:21
1

Já me frustrei com essa dúvida também: preciso fazer alguma coisa específica mas não cabe o POST, GET, PUT, ou até mesmo o PATCH.

Minha resposta? Use o POST, com as rotas apropriadas. Essa, creio eu, é uma forma simples mas eficaz.

Podemos passar horas e horas discutindo qual verbo HTTP cabe a Ativar, mas acho que no final do dia, POST é o mais apropriado.

  • Certo, entendi. Se não fosse um projeto dependendo de permissões, poderia até fazer em um método PATCH para atualização, pois o usuário poderia efetuar qualquer alteração. – Tiago Carneiro 10/05/16 às 17:04
0

Esta não é a maneira correta de testar. Navegadores HTML não suportam PUT nem DELETE.

Utilize uma ferramenta mais adequada para seus testes, reimplemente [HttpPut] e repita o teste. PATCH seria o mais adequado para seu caso, já que PUT tem o objetivo de substituir o objeto por completo se ele não existir, semanticamente falando.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.