4

Esta pergunta já tem uma resposta aqui:

Galera tenho um sistema em PHP que venho desenvolvendo a mais de um ano. Ele foi escrito praticamente de forma procedural, pois me adaptei melhor, e acho mais simples de trabalhar. Minha dúvida é a seguinte:

E ruim misturar POO dentro de um sistema procedural?

marcada como duplicata por Maniero php 10/05/16 às 1:01

Esta pergunta foi feita antes e já tem uma resposta. Se essas respostas não abordarem completamente sua pergunta, faça uma nova pergunta.

  • 1
    Se o paradigma procedural funciona bem para você não sei qual é a necessidade de você mudar de paradigma ou misturar com outro. Eu diria para você fazer o que funciona melhor e vai garantir menos problemas no futuro :D rsrs. – gato 10/05/16 às 0:45
  • 2
    Misturando você estará aproveitando o melhor de cada um. Quem tem experiência faz isso normalmente quando a linguagem permite. Só não acontece muito, pois a boa parte das pessoas não se aprofunda nem em um, quanto mais em dois paradigmas, por isso se atrapalham um bocado. Agora, se domina o procedural, OOP não vai te acrescentar nada de bom em PHP especificamente. Só é bom conhecer para consumir o que já tem pronto, pois as maiores vantagens que a orientação a objeto poderia trazer, não fazem tanta diferença numa linguagem que é pra fazer um punhado de scripts. – Bacco 10/05/16 às 0:49
  • Entendo, bom deixa eu tentar explicar melhor meu caso. Eu tento manter o meu código o mais organizado possível. Exemplo, tenho uma paina caixa.php, onde tenho o php fazendo o select e montando o html. A página esta toda documentada, dentada. Isso e o correto? Tipo não sei como e feito em grandes empresas, não quero desenvolver um sistema todo gambiarra entende. – Hugo Borges 10/05/16 às 0:50
  • 2
    Se tiver a curiosidade, veja essa postagem:PHP mistura códigos de orientação a objetos e linguagem procedural? – Bacco 10/05/16 às 0:51
  • 1
    @HugoBorges não caia no mito do "como é feito em grandes empresas", muitas vezes as grandes empresas fazem cada coisa horrenda. Aliás, tem empresa grande demais que perde o controle do tamanho do soft, e contrata os tais "arquitetos" (existem uns bons, mas não sei se a maioria é), que implantam tudo que tá na moda, aí você precisa de 5 programadores acadêmicos no lugar de cada programador pragmático pra conseguir fazer o sistema continuar rodando. – Bacco 10/05/16 às 0:56