5

Estou com alguns projetos já prontos que utilizarão Docker, porém eles ficarão em imagens separadas.

A dúvida é a seguinte: É possível outras imagens serem acessadas através de uma "url amigável".

Exemplo:

  • Container principal está em www.teste.com
  • E os outro serem acessados assim: www.teste.com/projeto2, www.teste.com/projeto3, sendo que seriam outros containers.

2 Respostas 2

1

Dá pra resolver seu problema por meio de diversas abordagens. A que eu usaria seria da seguinte forma.

Um único container seria responsável por responder às requisições por meio da URL www.teste.com, como se fosse um load balancer. Esse container receberia as requisições dos caminhos e, dependendo do caminho, faria outra requisição para um segundo container. Essa estratégia é você quem decide.

Para o meu load balancer, escrevi um código em Go que recebe a requisição e a repassa para outro servidor com base no caminho chamado:

package main

import (
    "fmt"
    "io/ioutil"
    "log"
    "net/http"
)

func router(w http.ResponseWriter, r *http.Request) {

    var url string

    switch r.URL.Path {
    case "/stack":
        url = "http://app1.dev" + r.URL.Path
    case "/overflow":
        url = "http://app2.dev" + r.URL.Path
    default:
        url = "http://app3.dev" + r.URL.Path
    }

    resp, err := http.Get(url)
    if err != nil {
        w.WriteHeader(500)
        w.Write([]byte(fmt.Sprintf("Could not call '%s'.\n", url)))
    }

    body, err := ioutil.ReadAll(resp.Body)
    if err != nil {
        w.WriteHeader(500)
        w.Write([]byte(fmt.Sprintf("Could not read '%s'.\n", url)))
    }

    w.WriteHeader(resp.StatusCode)
    w.Write(body)
}

func main() {
    http.HandleFunc("/", router)
    err := http.ListenAndServe(":80", nil)
    if err != nil {
        log.Fatal("ListenAndServe: ", err)
    }
}

Para orquestrar os containers, optei por escrever um docker-compose.yml, no qual eu discrimino todos os containers da aplicação:

mm_lb:
  image: mm/lb:latest
  container_name: mm_lb
  links:
    - mm_app1:app1.dev
    - mm_app2:app2.dev
    - mm_app3:app3.dev
  ports:
    - "80"

mm_app1:
  image: mm/app1:latest
  container_name: mm_app1
  ports:
    - "80"

mm_app2:
  image: mm/app2:latest
  container_name: mm_app2
  ports:
    - "80"

mm_app3:
  image: mm/app3:latest
  container_name: mm_app3
  ports:
    - "80"

Repare que a configuração referente ao container mm_lb cria links com outros containers. É assim que consigo chamá-los a partir do load balancer que, por sua vez, responde à URL principal.

1

Docker faz apenas redirecionamento de portas. A distribuição com base na url, é uma capacidade atendida por webservers e load balancers.

Nginx, ou HAProxy são excelentes opções para fazer esse tipo de distribuição. Ambos são muito conhecidos, utilizá-los é um pattern ainda sem nome, mas é possível vê-los presentes em diversos diagramas que apresentam múltiplos containers.

Ambos possuem extensa documentação disponível para pesquisa, mas o Nginx é mais simples.

Se estiver usando swarm, então qualquer worker do seu parque poderá redirecionar o trafego para o container adequado, isso é feito de forma transparente, no entanto é ideal colocar um loadbalancer para gerenciar isso.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.