7

Tenho um arquivo mais ou menos assim:

%usuario: 'Anônimo'
Olá <b>%{usuario}</b>

(Esse é só um exemplo e não é o caso real), mas creio que se fosse explicar o problema real daria bem mais trabalho para entender, então é o seguinte: eu sou péssimo em expressões regulares e tenho que exibir esse arquivo substituindo as variáveis que sempre estarão nesse modelo:

%var_name = valor;

E exibi-las quando forem requisitadas, dessa forma: %{var_name}

  • Não compreendto qual é o resutado final a que quer chegar. Pode explicar mais na pergunta? – Sergio 11/04/14 às 14:47
  • Se eu declarar uma variável idade com valor de 17, e no arquivo houver 'Eu tenho %{idade} anos de idade' a saída seria 'Eu tenho 17 anos de idade' entendeu? (Eu não posso editar o arquivo por que está fora do meu servidor) – Júnior 11/04/14 às 14:49
  • O que exatamente pode ter em ´valor´? Me parece que vai ter que criar algum tipo de minilinguagem para lidar com strings/números. Um eval não seria legal já que o arquivo não está no seu servidor.. – Guilherme Bernal 11/04/14 às 14:55
  • 2
    vc está montando um sistema de template? – rray 11/04/14 às 14:56
  • 2
    Não é por nada, mas regex é a última coisa a se usar num caso desses. – Bacco 11/04/14 às 14:56

2 Respostas 2

6

Solução recomendada sem regex:

O exemplo a seguir faz a mesclagem de dois textos, um com as variáveis e outro com os templates. Creio que fica bem fácil adaptar para seu uso:

<?php

   $variaveis = <<<DELIMITADOR
      usuario: chico
      mensagens: 17
DELIMITADOR;

   $texto = <<<DELIMITADOR
      Ola %{usuario}, voce tem %{mensagens} mensagens!
DELIMITADOR;

   $linhas = explode(chr(10), $variaveis); // divite o texto em array, pela quebra de linha
   foreach ($linhas as $linha) {
      $partes = explode(':',$linha);       // divide cada linha em 2 partes, pelos ":"
      $variavel = trim($partes[0]);        // Remove os espaços em branco
      $valor= trim($partes[1]);            // Remove os espaços em branco
      // Agora, basta fazer a troca da %{variavel} pelo valor:
      $texto = str_replace('%{'.$variavel.'}',$valor, $texto);
   }

   echo htmlentities($texto);

?>

Resultado:

Ola chico, voce tem 17 mensagens!

Basta adaptar as declarações das variáveis e do texto pro seu caso, ou simplesmente ler ambos de arquivos externos.

Mesmo que esteja tudo num arquivo só, basta usar o mesmo princípio do foreach e do explode para separar o arquivo em várias linhas, e dividir a parte das variáveis da parte do template em si (por exemplo, verificando se a linha inicia com %).

3

Dependendo dos requisitos (já que foi mencionado que a pergunta é um exemplo simplificado), o objetivo de substituir variáveis e gerar conteúdo baseado em um modelo vindo de fora do programa pode ser alcançado com um mecanismo de templates.

Vantagens

Não reinventar a roda

É melhor reaproveitar o árduo trabalho de outros desenvolvedores do que implementar algo assim "do zero". Você evita gastar tempo próprio e evita muitos erros e percalços.

Mais recursos (formatação, listagem, variáveis)

A princípio pode ser que seja necessário apenas substituir um ou dois campos. Mas o que fazer quando a entrada contiver, digamos uma lista de itens? E a formatação de datas?

A vantagem de usar um template engine genérico é que ele já vem "de brinde" com esses recursos, e outros.


Desvantagens

Memória e armazenamento

Usar uma template engine provavelmente vai agregar mais arquivos e classes do que uma solução própria mais simples.

Desempenho

Dependendo dos recursos necessários, uma template engine pode ser menos eficiente, já que tem muitos recursos não usados. Entretanto, dependendo da quantidade de operações realizadas de substituição, isso o quadro pode mudar.


Exemplos de template engines

Blitz

Código de exemplo:

$View = new Blitz();
$View->load('hello {{ BEGIN block }} {{ $name }} {{ END block }}');
$View->block('/block', array('name' => 'Dude'));
$View->display();

Produz:

"hello Dude "

phpTenjin

Template:

Hello {==$name=}!

O template é convertido para PHP:

<?php echo 'Hello ', $name, '!'; ?>

A execução pode ser feita assim:

require_once 'Tenjin.php';
$engine = new Tenjin_Engine();
$context = array('name'=>'World');
$output = $engine->render('ex.phtml', $context);
echo($output);

Saída:

Hello World!

eZ Components - Template

Código para execução:

// Autoload classes ezcomponent 
function __autoload( $className ) {
    ezcBase::autoload( $className );
}

//cria engine com configuração padrão
$t = new ezcTemplate();

//passar variável para o template
$t->send->a = 1;

// compila o template e imprime a saída
echo $t->process( "hello_world.ezt" );

Template:

{use $a, $b = 2}
{$a}, {$b}

Saída:

1, 2

Dwoo

Template:

Hello {$name}

Código para execução:

require 'lib/Dwoo/Autoloader.php';
\Dwoo\Autoloader::register();

$dwoo = new \Dwoo\Core();
$data = array('name'=>'World');
$dwoo->output('caminho/template.tpl', $data);

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.