31

Estou iniciando os estudos em C#, e estou com dúvida se a linguagem é compilada ou interpretada?

Minha dúvida surge porque ouvi em uma palestra dizer que é compilada, e outros dizendo que é interpretada.

  • C# linguagem compilada – Eduardo Sampaio 27/04/16 às 15:00
  • Eu também quero saber... Acabei de ver no google (Wikipedia) eles falando que é Interpretada, mas o cara da palestra falou que é compilada – Wallace Maxters 27/04/16 às 15:02
  • 1
    Caio, C# e PHP não precisam ser monoespaçadas – LINQ 27/04/16 às 15:05
  • 3
    @WallaceMaxters nossa a WIkepdia em portugês está cheia de erros. E o pior que você tenta resolver, tem sempre um cara que acha que é dono do verbete e não deixa mexer. Por isso que eu digo que tem que olhar tudo em inglês mesmo: en.wikipedia.org/wiki/C_Sharp_%28programming_language%29 – Maniero 27/04/16 às 16:30
  • 4
    @bigown Cansei de discutir com esses caras da WP em portugues, nem mexo mais lá. Já tive varios bugfixes revertidos pra versão com bug. Tem um mané lá que eu não vou dizer o nome, mas é bem famoso na versão em português que quer ele mesmo mexer. Voce tem que ficar "negociando" a postagem e o cara faz questao de aparecer em todas. – Bacco 27/04/16 às 19:52
32

Ela é completamente compilada. Primeiro para um código intermediário, depois para código nativo.

Bom, esta é a explicação simples.

Nenhuma linguagem de programação é compilada ou interpretada. Linguagem é algo abstrato. Assim como Java, C# normalmente é usada de forma compilada. Mas isso é um detalhe de implementação. Nada exige que seja assim.

Isso pode ser observado também no JS, onde todos pensam ser interpretado (e não está totalmente errado).

Na verdade C# pode ser usada de forma interpretada (em geral as pessoas não usam a não ser como REPL interativo (veja mais).

O que faz as pessoas acharem que C# é interpretada é que ela não costuma gerar o código nativo direto. Isso é feito por um JITter (Wikipedia) em um segundo momento. O JITter é um compilador que gera código de máquina na hora de executar. No caso da plataforma .NET é feito em cima de um código intermediário mais simples de "interpretar". Mas não se engane, após passar pelo JITTer, não há interpretação.

O normal é o .NET rodar em uma máquina virtual, um runtime. Ele é um mecanismo que controla toda execução da aplicação. Algumas máquinas virtuais são interpretadas. Não é o caso do C#. Ele pega o código intermediário (bytecode) produzido pelo compilador principal do C# e transforma em código de máquina na memória. Isso é feito uma vez na execução e depois usa o código igual seria no C, C++, Pascal, etc.

Há uma ferramenta chamada Ngen que faz essa compilação e gera um executável nativo para uso direto sem passar pelo JITter. Isso é feito após a instalação do aplicativo .NET, assim ganha tempo na carga do executável. Pode haver outros tipos de ganho, mas pode ter algumas perdas porque o código deixa de ficar adaptativo, na não ser que use um otimizador global baseado em estatísticas de execução.

Mas nada impede que o código seja nativo desde o princípio. O Mono implementa C# de forma nativa, principalmente no Android e iOS que exigem isso. Já existe o .NET Native. E várias outras implementações de código nativo estão sendo desenvolvidas para o .NET Core (LLILC, IL2CPP, entre outros).

Mas não se engane, esse código que não é inicialmente nativo nada tem a ver com interpretação.

Interpretação

Outro detalhe importante é que toda interpretação, no fundo passa por um processo de compilação. A diferença é que o interpretador já executa o código que encontrou e o compilador normal gera um código transformado que será executado posteriormente. Então o conceito de interpretação precisa ser bem entendido. O problema da interpretação é ficar fazendo a análise do código fonte o tempo todo.

Na verdade linguagens puramente interpretadas quase não existem mais, pelo menos entre as mainstream. O mais comum é ter pelo menos uma compilação para um código intermediário. O que costuma dizer que é interpretado é quando o fonte sempre é necessário para executar. Mas essa definição é muito complicada. JS, por exemplo é interpretado no sentido que tem que analisar o código todo em cada execução. Mas é executado nativo porque após essa interpretação ele roda nativo. Pelo menos é assim nas implementações mais conhecidas.

Note que praticamente 100% das linguagens com implementação interpretada são dinâmicas em sua tipagem e até forma de execução. Muitas vezes isso traz um peso maior até que a interpretação.

  • Dei +1 e aguardo os detalhes. – PauloHDSousa 27/04/16 às 15:14
  • Obrigado pela excelente resposta! – Miguel Batista 27/04/16 às 15:42
7

C# têm seus códigos fontes transformados em uma linguagem intermediária (específica de cada linguagem), que será interpretada pela máquina virtual da linguagem quando o programa for executado. a partir dai podemos dizer que ela é uma linguagem interpretada.

  • 5
    Dá uma lida na minha resposta e siga os links para entender melhor o que é uma linguagem interpretada. C# não é interpretada. – Maniero 27/04/16 às 19:18
5

Cuidado ao comparar Asp.net com C# o asp.net também é compilado mas tem uma forma de rodar interpretado como projetos do tipo web site e não web application.

"Essencialmente, todas as linguagens .NET (incluindo Visual Basic, C#) são compiladas em código IL idênticos IL. Para ASP .NET esta primeira etapa de compilação pode acontecer automaticamente quando a página for solicitada pela primeira vez, ou você pode executá-la com antecedência (um processo conhecido como pré-compilação). O arquivo compilado com código IL é um chamado assembly."

Aqui está uma das grande magicas do .net framework que é a possibilidade de programar na linguagem que mais lhe convém compilar para um código que é interpretado pelo computador sem precisar modificar ou adaptar seu código.

Lembrando que você pode consumir pelo C# componentes feitos em Vb.Net, J#, Cobol.Net e etc. E todas essas linguagens consumir componentes construídos em C#.

Bons estudos.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.