0

Tenho um executável que eu preciso rodar uma base de dados gigante. Como o tempo de processamento seria inviavel se eu fizesse em uma unica Thread.... Seguindo a ideia desta pergunta, resolvi criar um executável que faça N tarefas em paralelo... Então basicamente eu faço sempre a mesma coisa para intervalos de tempo diferente.

static void Main(string[] args)
{
        var dataInicio = DateTime.Now.AddDays(-35);
        var dataFim = DateTime.Now;

        var listaTasks = new List<Task>();

        while (dataInicio > dataFim ? dataInicio >= dataFim : dataInicio <= dataFim)
        {
            var d = dataInicio.Date;
            var meuBll = new MeuBll();
            listaTask.Add(Task.Run(() =>
                                        {
                                           meuBll.Foo(d);
                                        }).ContinueWith(
                                            x => meuBll.Dispose())
                               .ContinueWith(x => GC.Collect()));

            var meuBllNovo = new MeuBll();
            listaTask.Add(Task.Run(() =>
                                        {
                                            meuBllNovo.Boo(d);
                                        }).ContinueWith(
                                            x =>
                                            meuBllNovo.Dispose())
                               .ContinueWith(x => GC.Collect()));

            if (listaTask.Count >= 2 * 5)
            {
                Task.WaitAll(listaTask.ToArray());
                listaTask.Clear();
            }
            dataInicio = dataInicio > dataFim ? dataInicio.AddDays(-1) : dataInicio.AddDays(1);
        }
        Task.WaitAll(listaTask.ToArray());

Então basicamente eu escolhi rodar, por exemplo, um intervalo de 10 dias de uma só vez, como vocês podem ver em if (listaTask.Count >= 2 * 5), o problema é que meus métodos Foo e Boo tem várias conexões com um unico banco de dados oracle...

public class MeuBll : IDisposable 
{
    private readonly OracleDal _oracleDal = new OracleDal();

    public void Foo(DateTime data)
    {

        var t1 = Task.Run(() =>
                     {
                         _listaSucesso = _oracleDal.ObterListaSucesso();
                     });

        var t2 =
            Task.Run(() =>
                         {
                             listaFalhas = _oracleDal.ObterListaFalhas();
                         });

        t1.Wait();
        t2.Wait();

        foreach (var sucesso in _listaSucesso)
        {
            //uma logica para inserir objetos em uma "lista de merge"
        }

        if (listaDeMerge.Any())
            Task.Run(() => _oracleDal.MergearLista(listaDeMerge)).Wait();
    }

    public void Dispose()
    {
        if (_hash != null)
            _hash.Clear();
        _hash = null;

    }
}

E meu método de merge:

    public void MergearLista(List<MyObject> listaMerge)
    {
        using (var conn = new OracleConnection(Connection.ConnectionString))
        {
            if (conn.State != ConnectionState.Open)
                conn.Open();
            using (var oCommand = conn.CreateCommand())
            {
                oCommand.CommandType = CommandType.Text;
                oCommand.CommandText = string.Format(@"
                MERGE INTO MyTable dgn 
                USING (select id from another_table where field = :xpe) d ON ( TO_CHAR(dateHappen, 'DDMMYYYY') = {0} and id = :xId) WHEN MATCHED THEN 
                    UPDATE SET OK = :xOk, dateHappen = SYSDATE
                WHEN NOT MATCHED THEN 
                    INSERT (fields....) 
                    VALUES (values...)");
                oCommand.BindByName = true;
                oCommand.ArrayBindCount = listaMerge.Count;



                oCommand.Parameters.Add(":xId", OracleDbType.Int32,
                                        listaMerge.Select(c => Convert.ToInt32(c.Id)).ToArray(), ParameterDirection.Input);

                oCommand.Parameters.Add(":xPe", OracleDbType.Varchar2,
                                        listaMerge.Select(c => Convert.ToString(c.Xpe)).ToArray(), ParameterDirection.Input);


                oCommand.ExecuteNonQuery();
            }
        }
    }

O problema é que para cada dia de processamento, o processo leva em torno de 2 horas... e diariamente tem uma rotina para fazer backup no banco, o que faz ele ficar fora por 10 minutos aproximadamente, o que irá fazer meu executável lançar alguma Exception ou simplesmente lockar alguma tabela..

O que eu faço? Paro o executável "na mão" e ponho para rodar novamente tirando os dias que ele já executou... Além disso, muitas conexões ficam simplesmente abertas... Então eu mato essas sessões na mão também...

Como resolver isso? Tem alguma forma de forçar todas as conexões em aberto a simplesmente fecharem? Forçar o Dispose delas?

  • Não li sua pergunta ainda mas bati o olho em uma coisa e já te falo pra ler isto antes de mais nada: pt.stackoverflow.com/q/110854/101 – Maniero 25/04/16 às 15:19
  • Vou ler! Mas assim, tava estourando a memória devido à grande quantidade de dados... não vi outra alternativa a não ser forçar o GC assim que eu não precisasse mais dos meus objetos.. – Marllon Nasser 25/04/16 às 15:21
  • Se está estourando a memória, tem duas saídas, coloca mais memória (nem sempre isto resolve) ou muda o algoritmo. Ainda não sei qual é o problema, mas provavelmente o código como um todo tem que ser repensando. O problema não é a coleta de lixo, é o lixo produzido. Não tente acabar com o sintoma, cure a doença. – Maniero 25/04/16 às 15:23
  • @bigown, sim...estava estourando a memória, daí eu melhorei o algoritmo e aparentemente melhorou... mas assim, já tinha implementado a questão de forçar o GC...e não mexi novamente. O problema está em dar Dispose em todas as conexões abertas... – Marllon Nasser 25/04/16 às 15:25
  • Sobre o dispose(): pt.stackoverflow.com/q/22284/101, pt.stackoverflow.com/q/102609/101 e pt.stackoverflow.com/q/98341/101. Eu não entendi a função dele no código. Você tentou fazer este algoritmo sem Task primeiro, deixar ele redondinho e depois aplicar Task? Quase sempre é o jeito certo a se fazer, a não ser, e olhe lá, se dominar muito o uso de Task. Tem vários trechos de código que não fazem o menos sentido. Daí eu concluo que se até em coisas simples está confuso, imagine na parte complicada. – Maniero 25/04/16 às 15:28

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.