7

Estou estudando algoritmos com Portugol e estou tendo dificuldade para entender a função do vetor no código. Já sei usar essa estrutura.

  • Não entendi direito se você está com uma duvida em uma função chamada "vetor", ou no uso de vetores em si. Porem, isso pode lhe ajudar: dicasdeprogramacao.com.br/o-que-sao-vetores-e-matrizes-arrays – mau humor 22/04/16 às 20:23
  • Estou com duvida na parte explicativa, pra que serve, como pode ajudar no código. Entendeu ? – Gilmar Santos 22/04/16 às 20:28
  • 1
    Guardar uma coleção de dados em apenas um lugar. Tipo, vc pode puxar os dados cadastrais de 50 clientes em apenas um vetor e depois ir percorrendo ele para exibir o que quiser sem precisar fazer uma nova consulta ao banco de dados por exemplo. É essa a dúvida? – Raylan Soares 22/04/16 às 20:36
  • Ah sim, entendi. Obrigado pela ajuda. – Gilmar Santos 22/04/16 às 20:41
13

Um vetor costuma ser uma variável que pode conter vários valores (pode ser apenas um objeto não armazenado em variável).

Você usa ele quando precisa armazenar na memória uma sequência de valores. Em geral esses valores representam a mesma coisa e é muito comum serem do mesmo tipo. Algumas linguagens até exigem que seja do mesmo tipo, ou seja, que todos sejam inteiros, ou todos sejam do tipo caractere.

Tecnicamente cada um dos elementos do vetor acaba sendo uma variável também. Então podemos dizer que um vetor é uma coleção de variáveis.

Um vetor é uma forma especializada de matriz que todos aprendemos na matemática. Podemos dizer que um vetor é uma única linha ou uma única coluna de uma matriz.

Cada um dos elementos ou itens, como são chamados, são acessados através de um índice, normalmente numérico indicando a sua posição na sequência. Ele pode ser acessado por um literal (um número) ou por uma outra variável que indique o número da posição, ou ainda uma expressão que calcule esse número.

Quando declaramos um vetor estamos reservando um espaço na memória para quantidade de elementos que ele comportará. Então um um vetor de 10 elementos de um tipo inteiro costuma alocar, a grosso modo, 40 bytes (10 x 4 bytes do tamanho do inteiro).

O funcionamento exato pode variar de linguagem para linguagem. Algumas são mais flexíveis. Algumas podem ter perda de performance. Em Portugol isso não é importante.

Dependendo da linguagem pode haver uma definição mais específica. Algumas diferenciam o array do vector, da matrix, da list, etc. Outras usam estes termos de forma intercambiável ou usam termos mais específicos para alguma variação do vetor. O Portugol usa a definição mais simples, para quem está aprendendo não é interessante entender todas as nuances.

Pense que você tem 50 notas de alunos, poderia fazer isto:

leia(nota1)
leia(nota2)
leia(nota3)
.
.
.
leia(nota50)

Complicado fazer isto, né? Poderia simplificar, automatizar a repetição. Como acessar cada uma delas? Como generalizar tudo isto? Usando o vetor:

leia(nota[1])
leia(nota[2])
leia(nota[3])
.
.
.
leia(nota[50])

Agora já tem um vetor, uma mudança simples, mas o código ainda está ruim:

para i de 1 ate 50 faca
    leia(nota[i])
fimpara

Desta forma 50 linhas se transformaram em 3. Ele faz a mesma coisa automatizada. Usa a matemática e o controle de fluxo para obter o mesmo resultado.

  • Eu posso usar vetor para armazenar as notas dos alunos, em um programa que calcule as medias dos alunos e depois exibir-las ? – Gilmar Santos 22/04/16 às 20:45
  • Sim, pode, é uma das funções dele. – Maniero 22/04/16 às 20:46
  • Valeu pela ajuda. É que essa parte de vetores eu achei um pouco chatinha de entender. – Gilmar Santos 22/04/16 às 20:48
  • 1
    É pura matemática. Não tem nada novo na computação. – Maniero 22/04/16 às 20:51

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.