4
namespace WMB.CieloB
{
     internal class FuncoesCielo
     {
           internal FuncoesCielo(int iDC, Boleto boleto) 
           {
                IDCliente = iDC;
                this.boleto = boleto;
            }

            public int IDCliente { get; set; } 

            internal Transaction PagamentoComToken()
            {
                 var holder = cielo.holder(IDCliente);
                 Order orderDadosDoboleto = cielo.order(boleto.BoletoId.ToString(), boleto.Valor );
            }
      }
}

Estou chamando essa classe através do:

namespace WMB.CieloB
{
    public class Cobrancas
    {

        public bool ExecutarRecorrenciaCompleto()
        {
            IDC = 3;
            var boleto = db.boleto.Find(1);//apenas exemplo
            var NewPagamento = new FuncoesCielo(IDC, boleto);
            var transacao = NewPagamento.PagamentoComToken();
}
}}

Ou seja tanto a propriedade IDCliente quanto boleto estarão disponível dentro da classe, porém uma é propriedade (IDCliente), outro é um field (Boleto), normalmente declaro um field igual a uma variável nesse caso nem declarei.

Qual diferença de utilizar o IDCliente como método do que o this.boleto que nem foi declarado (Boleto boleto;) mas posso acessá-lo dentro da classe.

  • Bom, não tem a propriedade ou campo boleto, acho que foi só um deslize, certo? MyVar também surgiu do nada. Não sei bem o que está perguntando. Quer saber porque tem que criar uma propriedade? Quer saber se poderia usar um campo público e não ter a propriedade? Quer saber a diferença entre colocar o valor no campo pelo construtor ou pela propriedade? – Maniero 22/04/16 às 12:35
  • não foi um deslize, mesmo não criando ainda posso acessa-lo! Apenas da diferença entre uma propriedade e um field que nem é declarado. – Dorathoto 22/04/16 às 12:48
  • Talvez seja o caso de por a classe toda para dar mais contexto. Pelo menos coloca como o campo boleto está declarado. – Maniero 22/04/16 às 12:49
  • 1
    Isto está esquisito. Eu acho que sem o contexto, não dá para ver o que está errado. É muito estranho não ter um campo boleto e estranho funcionando. Em situações estranhas, sem contexto fica difícil saber o que está acontecendo. Eu quero tentar reproduzir o problema aqui, mas só com isso não consigo. – Maniero 22/04/16 às 12:59
  • 3
    Eu respondi o que deu, mas depois das edições estou pensando em votar em fechar como não clara. Cada vez vez faz menos sentido. – Maniero 22/04/16 às 13:22
3

Primeiro é bom entender bem para que serve um construtor. Aí já começa clarear porque é diferente fazer a inicialização nele ou na propriedade. A não ser que esteja usando C# 6 ou superior e a inicialize diretamente com um valor padrão. O mesmo pode ser feito com o campo, em todas versões sempre pode inicializar com valor padrão. Fora isto, é possível inicializar as propriedades/campos públicos na inicialização de objeto. Tem efeito semelhante ao de fazer no construtor.

Se o dado não for inicializado durante a construção do objeto, por construtor ou não, o seu valor inicial será um padrão do tipo criado. Será um 0, um nulo, etc. E depois poderá ser alterado se a propriedade/campo permitir isto. Pergunta que ajuda entender isto.

O fato de existir uma propriedade significa que ela pode ser acessada externamente. Se vai poder mudar seu valor ou não, depende de como ela é declarada. Lembrando que toda propriedade sempre tem um campo para guardar o valor, o estado, mesmo que ele não apareça no código. Este campo é privado.

É possível usar um campo público para obter o mesmo efeito, mas isso costuma ferir a abstração e não há controle granular sobre o acesso. Tanto leitura quanto escrita ficam públicos. Outra pergunta pode ajudar entender a propriedade um pouco mais.

Obviamente que se tiver um campo privado somente a própria classe poderá acessá-la. Um campo privado pode ser acessado no construtor ou qualquer método dela, mas nada de fora.

Quanto ao campo boleto acessível eu diria que é impossível, principalmente por ser this.boleto. Mas não vi o contexto completo.

O AP não quis colocar um contexto maior, então agora vou começar especular sobre o fato do campo boleto estar sendo acessível mesmo sem ter sido declarado na classe.

Se a classe herda de uma outra e na outra tem um campo com visibilidade protected, então está acessando o campo da propriedade base. Mas aí seria base.boleto, não poderia ser this.

Se há um campo em outra classe no mesmo assembly com visibilidade internal também daria acesso para as demais classe. Mas novamente não poderia ser this.

Do jeito que está, o código nem compila.

Depois das edições o código ficou mais esquisito ainda.

  • vou colocar completo..e compila sim..rs – Dorathoto 22/04/16 às 13:38
  • realmente tinha um campo field, como a classe era grande não vi que o visual studio colocou lá embaixo private Boleto boleto; – Dorathoto 22/04/16 às 13:49
  • Então, é algo que tem no seu projeto. É difícil responder sem ver o contexto todo. Agora estou pensando em votar pra fechar como não reproduzível (ainda não votei em nada claro, estou te dando a chance de definir melhor o problema). Se puder fornecer mais alguma informação que ajude identificar como está. – Maniero 22/04/16 às 13:53
  • Sei lá, manda screenshot do VS, mostre o que mais tem nesse projeto. Eu realmente queria entender porque está compilando aí. – Maniero 22/04/16 às 14:24
  • 2
    Sim, falha minha total, Como a classe era grande não vi que o visual studio colocou lá embaixo private Boleto boleto; achei que só com o this.Boleto seria acessivel, achei q era alguma ultra super novidade do C# 6..rs – Dorathoto 25/04/16 às 16:47

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.